Viagem sustentável – como arrumar a mala

Viagem sustentável – como arrumar a mala

Você já parou pra pensar nos impactos ambientais que você causa enquanto está viajando? Já pensou na quantidade de plástico e outros resíduos que você produz em um único dia de “turistagem”? O lixo que você produz dentro do avião, já pensou nele? E quem já visitou uma atração turística incrível mas que estava cheia de lixo?

Ouso dizer que nossos resíduos são possivelmente os maiores vilões no que diz respeito à poluição ambiental. Ao longo do desenvolvimento econômico mundial e da evolução tecnológica, nós perdemos o controle do que consumimos e do que descartamos. Chamamos de lixo o que na verdade não é lixo, produzimos resíduos desnessários sem consciência disso e despejamos tudo por aí, sem pensar nas consequências dos nossos atos. Felizmente, hoje em dia, com a crescente atenção da mídia para os problemas ambientais e também com a facilidade de acesso à informação, tem muita gente se conscientizando e tentando viver uma vida mais sustentável, fazendo o que pode para cuidar do planeta e diminuir seu impacto negativo sobre o meio ambiente.

E você não precisa ser hippie, vegano e sair abraçando árvores para se preocupar com essas questões. Se você é dessas pessoas que gosta de colocar uma mochila nas costas e sair por aí, isso deve bastar para que você queira preservar e cuidar do planeta, que é a sua casa. Não é sensacionalismo… Mas se a gente não preservar agora, não se preocupar agora, daqui a uns anos não vai mais existir. E, fala sério, ainda tem muito lugar incrível nesse mundo pra gente visitar, né?

Pensando nisso, separei 9 dicas que realmente funcionam pra você se precaver e já arrumar sua mala de maneira sustentável, produzindo a menor quantidade possível de resíduos durante as suas viagens. Acredite, são nas atitudes pequenas que nós fazemos a diferença.

1. Faça um checklist

Essa dica é provavelmente a mais boba, mas com certeza é a mais eficiente. Não tem coisa pior do que chegar no seu destino e perceber que você esqueceu alguma coisa importante (você disse calcinhas?). Isso já aconteceu comigo e eu poderia apostar que já aconteceu com você. Terminou de almoçar, foi escovar os dentes e… “Ué, cadê minha escova?”.

Fazer um checklist evita que você fique na mão em alguma situação, mas também evita que você precise comprar coisas que já tenha em casa só porque esqueceu de colocar na mala. E, quando você deixa de comprar alguma coisa, você indiretamente deixa de produzir novos resíduos, seja com embalagens, com sacolas ou com rejeitos. Percebe? Então, sugiro que uma semana antes da viagem você tire um tempinho do seu dia para pensar em tudo o que vai precisar, sejam roupas, produtos de beleza e higiene pessoal, eletrônicos, calçados, enfim… Uma outra dica valiosa é averiguar as condições climáticas das cidades que você vai visitar. Previsão de chuva? Já coloca a sombrinha ou a capa de chuva na mala… Leve só o que você precisa, mas leve tudo o que precisa!

2. Use o que você já tem

Esse é um dos primeiros passos pra quem quer levar uma vida mais sustentável: ser um consumidor consciente. É da nossa cultura comprar coisas novas sem realmente precisarmos delas, mas esse estilo de vida é basicamente o motivo de o mundo estar do jeito que está: cheio de lixo. Por isso, te convido a viajar apenas com coisas que você já possui. Faça combinações diferentes com as roupas que você está acostumado a usar. Ou repita a mesma blusa várias vezes, não há problema nenhum nisso. E sabe aquele casaco que você usou na viagem passada? Ele tá inteirinho no seu armário, use ele ao invés de comprar outro! A grande jogada aqui é que você está indo para um lugar diferente onde ninguém te conhece nem nunca te viu, então tudo em você será novidade, percebe? Mesmo aquela calça que você usa toda semana para ir pro trabalho, ou aquele tênis surrado de três anos atrás… Valorize o que você já possui e ressignifique o que você já está cansado de usar, assim você evita consumir de forma desnecessária e ainda economiza.

“Mas e se eu precisar levar alguma coisa que ainda não tenho?”

3. Não compre, pegue emprestado

Um ótimo jeito de economizar e de produzir resíduos desnecessários, é pegar emprestado as coisas que você não tem. Essa dica é muito boa, por exemplo, pra quem vai viajar pra algum lugar frio e vai precisar de roupas mais quentes. Ao invés de gastar dinheiro com casacos e acessórios que talvez você nunca mais volte a usar, peça emprestado a um amigo ou parente. E isso não se restringe só às roupas de frio. Vale pedir emprestado caso você precise de mala, colchonete, bota, mochilão, câmera fotográfica, enfim… Eu tenho certeza que alguém vai poder te ajudar. É só tomar aquele cuidado extra com as coisas do coleguinha, devolver em perfeito estado e pronto…

4. Monte seu kit lixo zero

Ok, essa aqui é a dica mais importante… Leve um kit lixo zero na viagem e ande sempre com ele! Por “kit lixo zero” entenda: copo, caneca, canudo, garrafinha de água, talheres, guardanapo de pano e qualquer outra coisa que substitua os descartáveis. Você tem noção de quanto resíduo você vai deixar de gerar só de montar um kit desse tipo? E óbvio que aqui se encaixam as dicas número 2 e 3: use o que você já tem ou pegue emprestado com alguém. Você não precisa comprar o copo retrátil da moda nem um kit de talheres de bambu só porque é bonitinho. Pegue talheres da sua casa mesmo, aquela caneca que você ganhou naquele aniversário, qualquer paninho que você tenha guardado, e por aí vai… Esse kit é muito importante principalmente pra usar dentro do avião. Infelizmente você vai produzir resíduos na hora de comer, mas sempre que quiser água ou café você entrega seu próprio copo ou caneca pra comissária de bordo e já evita vários copos descartáveis. Também pode usar seus próprios talheres. Enfim, faça o que puder, mas faça. Ah, e não se esqueça de levar uma garrafinha de água em suas viagens! Em muitos países você pode beber água direto da torneira, o que é ótimo, e outros tantos possuem bebedouros e fontes com água potável pelas cidades. Se ficar hospedado em hostel, sempre encha sua garrafinha antes de ir pra rua. Com a simples ação de andar com uma garrafinha reutilizável, você vai se manter hidratado, vai economizar dinheiro e vai deixar de produzir um resíduo que é, na minha opinião, o mais fácil de ser evitado.

5. Leve uma ecobag sempre com você

Mesmo no dia a dia, ter uma ecobag é essencial pra quem tá tentando viver uma vida mais sustentável. É ela que vai garantir que você não use sacolas plásticas, seja no mercado, na feira, na farmácia, e afins… Durante a viagem, uma ecobag tem todas essas utilidades, mas eu sempre uso a minha pra levar minhas coisas pro banheiro do hostel na hora de tomar banho, por exemplo. Ou pra levar minhas roupas sujas pra lavanderia. Percebe quantas utilidades ela tem? E, mais uma vez, você não precisa comprar uma ecobag linda e cara feita da seda dos monges do Himalaia (risos), você pode usar qualquer bolsa de pano ou sacola de loja que você tenha em casa. Ou customizar a sua própria ecobag também. Enfim, mais uma dica simples com uma importância enorme.

6.Use e abuse dos saquinhos de pano

Ok, somos pessoas conscientes e não vamos “abusar” de nada, mas uma forma simples e muito eficaz de você arrumar a sua mala sem usar nenhuma sacola plástica (que provavelmente iria pro lixo depois da viagem), é apostar nos saquinhos de pano. Pensa em tudo que você usualmente colocaria em uma sacolinha de supermercado: seus sapatos, meias, remédios, produtos de higiene pessoal, maquiagem, lanchinhos, enfim… Agora, troque a sacolinha pelo saquinho de pano et voilà! Além de serem reutilizáveis, eles são bem mais resistentes que as sacolas de plástico, ou seja, outra substituição incrível.

Leve também alguns saquinhos vazios dentro da mala, pra usar durante a viagem. Eles servem pra colocar frutas e lanches pra comer ao longo do dia, pra guardar e proteger objetos de valor, pra comprar alimentos em lojas a granel e até pra armazenar qualquer lixinho que você produza durante seus passeios. Vou te dizer, depois que comecei a usar saquinhos de pano eu nunca mais nem encostei numa sacola plástica. Esses da foto foram feitos de retalhos que iriam para o lixo, uma boa ideia pra você adquirir os seus, caso tenha contato com costureiras ou lojas de confecção de roupas. Existem também algumas marcas e lojinhas online que vendem saquinhos de pano de vários tamanhos, então, abrindo uma exceção aqui, acho que vale à pena o investimento.

7. Invista em produtos de higiene pessoal ecologicamente corretos

Se você ainda não usa esses produtos, eu vou te dar a dica: invista em shampoos, condicionadores, pastas de dente e desodorantes sólidos. A grande vantagem não é nem por eles não virem embalados em plástico, mas porque eles são sólidos e você pode levá-los livremente na sua mala de mão, visto que as companhias aéreas estão limitando a quantidade de produtos líquidos na bagagem. Outra vantagem é que eles são orgânicos, naturais e fazem muito bem pra sua saúde e pra saúde do planeta. E eu ainda tenho mais uma vantagem: geralmente esses produtos são “vários em um”, e um sabão sozinho serve como shampoo, condicionador e sabonete. Genial, né? Em uma saboneteira você leva tudo o que precisa pro banho e pronto. Existem várias marcas e lojinhas online vendendo produtos desse tipo – e aqui eu vou abrir mais uma exceção -, então invista sua grana e compre um shampoo sólido (que serve como condicionador e sabonete), um creme dental em pastilha e um desodorante sólido. Prometo que você não vai se arrepender.

8.Descasque mais, desembale menos

O que seria da nossa vida sem o bom e velho clichê, não é mesmo? Essa frase aí de cima pode até parecer romantizada, mas faz todo o sentido do mundo e serve para a vida, não só pra hora de viajar. Programe-se para que as suas refeições produzam a menor quantidade possível de resíduos! Como? Descascando mais e embalando menos (: Eu sei que às vezes nós ficamos o dia inteiro turistando e não dá tempo de cozinhar, nem de se preocupar o tempo inteiro com nossos resíduos, principalmente quando a grana tá curta e precisamos optar por comer em lugares mais baratos. Mas, uma forma simples de evitar a produção excessiva de lixo é você comprar tudo no supermercado, como frutas e verduras, e preparar você mesmo suas próprias refeições. Principalmente se você for se hospedar em um hostel, isso funciona muito bem e é uma ótima forma de você economizar. Prepare sanduíches, separe umas frutinhas, coloque tudo em um saquinho de pano e seja um ótimo turista consciente!

Mas, se mesmo assim você precisar consumir produtos cheios de embalagens…

9. Aposte no sistema de reciclagem e coleta seletiva dos lugares que você for visitar

Todas as dicas que eu dei acima foram com o intuito de você evitar a produção de resíduos durante a sua viagem. Acredite, mesmo que sua intenção seja a melhor possível, a única forma realmente efetiva de o seu lixo não ir parar no meio ambiente é você deixando de produzi-lo.

Entretanto, contudo, todavia…

Eu sei por experiência própria que nem sempre a gente consegue deixar de produzir lixo, ainda mais se estivermos batendo perna o dia inteiro e com pouca grana. Então, em casos como este, apostar nos serviços de reciclagem da região que você tá visitando serve como um último recurso. Muitos países da Europa, como Alemanha e Itália, possuem serviços de coleta seletiva que são realmente efetivos. Infelizmente, por conta disso, eu percebi que, por apostarem tanto na reciclagem, tudo nesses países vêm embalado em plástico. É bizarro você ir num supermercado e ver um tomate embalado em plástico filme. Por isso é que às vezes vai ser desafiador você evitar a produção de resíduos, então apostar na reciclagem é uma boa. Muitos países da Europa contam com lixeiras de coleta seletiva espalhadas pelas cidades mas, caso você não encontre nenhuma, guarde seu resíduo com você até voltar pro hostel ou até encontrar uma lixeira apropriada. Mas que fique claro que a reciclagem não deve servir de desculpa pra você produzir lixo aonde é que você for. Ela deve ser seu último recurso.

Acredito que você vai concordar comigo se eu disser que viajar é a melhor coisa que existe! É tão bom chegar num lugar completamente novo, com uma cultura diferente e um clima diferente do que você está acostumado… Sem contar nas paisagens incríveis que existem nesse mundão afora. Então, falando de espírito livre para espírito livre, eu te convido a levar em consideração essas dicas que dei aqui e a tentar viver de forma mais sustentável. Nós temos o poder de fazer desse mundão um lugar melhor para se viver e temos a obrigação de cuidar do lugar que a gente vive. Faça tudo o que estiver ao seu alcance, já será suficiente. Boa viagem!

📚 Sobre a Autora  📚

Luiza é Oceanógrafa e Consultora Sustentável na Ecofriends Consultoria. Ela e mais duas amigas compartilham com as pessoas todos os tipos de dicas sobre como fazer as coisas que a gente mais gosta de forma sustentável, como viajar. Você pode ver seus posts sobre sustentabilidade no Instagram comercial e suas selfies no Instagram pessoal.

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/viagem-sustentavel-como-arrumar-a-mala/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Laura Carniel

I'm Laura, Brazilian, and I'm obsessed with dogs, films, sharing good stories with friends and discovering quirky places. Social Media & Content Executive and #HostelworldInsider at Hostelworld. 🌏 Favourite place on earth: London, UK. 🏠 Favourite hostel: Oki Doki Hostel - Warsaw, Poland. Follow my travel adventures and loads of dogs on Instagram @astaclivo 🐶✈️

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − quatro =

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.