Guia para sobreviver ao Natal quando você está viajando pelo mundo

Guia para sobreviver ao Natal quando você está viajando pelo mundo

As nozes começam a aparecer nos corredores dos supermercados, as pessoas começam a pensar nas metas de ano novo que não serão cumpridas, Simone e Mariah Carey já estão fazendo o aquecimento vocal… Bem, o Natal está chegando, e você aí, perdido pelo mundo.

Por experiência própria eu sei que, mesmo que você seja o típico Grinch que odeia o Natal e fuja das árvores com luzinhas como diabo foge da cruz, algo curioso acontece nestas datas: quanto mais distância entre você e sua família, mais nostálgico você fica.

Mas não tem problema! Estou aqui para te dar dicas para sobreviver ao Natal quando você estiver viajando pelo mundo. Porque se você não vai até o Natal, o Natal vai até você (é a tal magia natalina, a esta altura da vida você já sabe como funciona).

Passo 1: fique em um hostel

Os hostel são lugares incríveis: você se apega rapidinho aos companheiros de quarto (sim, incluindo aquele cara que mais parece um lobisomem em lua cheia, a julgar pelo seu ronco rs) que conseguem, em muito pouco tempo, fazer com que você se sinta em casa.

Muitos hostels que você encontra pelo Hostelworld organizam eventos que incluem karaokê, noites de cinema, jantares em grupo, happy hours… Vá lá, tipo um Natal permanente. E o melhor de tudo nem são as atividades, mas as amizades internacionais que se fazem nos hostels.

🌟 Leia mais sobre hostels

Passo 2: sem Natal, sem festa

Junte-se aos outros viajantes do hostel e organize uma festa de Natal em que cada um possa preparar um prato típico do seu país. Você também pode decorar uma árvore (não importa se você está nas Filipinas, palmeiras de Natal são super bem-vindas) e até mesmo organizar um amigo oculto, um presentinho não faz mal a ninguém!

Aprenda sobre as tradições locais e, se você estiver em um país onde o Natal não é comemorado, você pode organizar o seu próprio ou até mesmo inventar novas tradições! Você vai ver, este vai acabar sendo um Natal único, sem regras e aberto a todos.

Uma coisa é certa, existem mil e uma maneiras de viver esta época tão especial:

  • Você sabia que muitos japoneses celebram o dia de Natal jantando no KFC? Sim, é isso mesmo que você ouviu: uma celebração baseada em frango frito!
  • E que na Sérvia as crianças amarram a mãe em uma cadeira e a soltam apenas se tiverem presentes?
  • Na Espanha, uma das tradições de Natal mais surpreendentes acontece na Catalunha. Estamos falando do caganer, um dos bonecos do presépio que é um pastor em posição… dá pra adivinhar pelo nome, né? Eles dizem que é um símbolo de saúde e prosperidade (o pastor está fertilizando a terra, preparando para o novo ano).
  • Com é verão no Hemisfério Sul: em países como o Brasíl, a África do Sul, a Austrália e a Nova Zelândia, o conceito de “White Christmas” só pode ser resumido a um grande churrasco em uma praia de areia branca!

Não te falei? Se correr o Natal te pega, se ficar o Natal te come e você vai encontrar novas tradições que com certeza vão te surpreender.

Passo 3: que não te falte música

Abre o Spotify, dá o play nos clássicos (quem não conhece “Bate o sino pequenino sino de Belém”?), na Mariah Carey (desconfie de quem não sabe cantar de “all I want for Christmaaaaaaas iiiis yooooooou!”), Michael Bublé (é proibido de colocar a música “Home” na playlist) e, claro, Wham e seu “Laaaaaast Christmas”.

Uma idéia engraçada é organizar um karaokê, tenho certeza vai ser divertido.

Passo 4: maratona de filmes

Achou que eu ia esquecer os filmes típicos de Natal? Amigo, sua dúvida chega a me ofender. Não é Natal sem uma maratona “Esqueceram de Mim”, sem ver “O Estranho Mundo de Jack” ou “Simplesmente Amor”. Ah, e não esqueça de “Eduardo Mãos de Tesoura” ou “Milagre em Manhattan”. A maioria dos hostels no Hostelworld tem áreas comuns onde você pode assistir filmes, basta ler a descrição do hostel para ter certeza antes de reservar.

Passo 5: para fechar a festa…

Uma ideia original para o fim da sua festa de Natal no hostel é escrever o nome de todo mundo que estava presente em pedaço de papel, colocar em um potinho e pedir para que cada um retire um. Escreva um cartão postal para a pessoa que você tirou e envie por correio para que eles só leiam quando voltarem para casa. Será uma lembrança única de um Natal único.

Passo 6: faça um Skype com a sua família

Porque no fundo você sabe que não seria Natal sem eles. Sim, incluindo aquele tio que sempre acaba discutindo política com todo mundo ou aquele primo que fica perguntando se “e @s namoradinh@s?”. Isso sem falar na comida da avó.

Em uma chamada de vídeo não dá pra trocar abraços, nem apreciar o cheiro da farofa da sua mãe, mas é melhor que nada, certo? Mas com certeza você vai fazer a alegria da sua família e eles vão te dar aquela energia extra para continuar sua aventura.

Passo 7: se dê um presente

Talvez aquele pacote de meias de todos os anos esteja te esperando na volta para casa, mas se você quiser um ganhar um presente mais imediato, você merece, não é mesmo? Claro que sim! E que melhor presente para um viajante inveterado do que uma nova escapada? Dependendo do seu orçamento, é claro, mas a esta altura do campeonato nós temos certeza que você já sabe que viajar não é tão caro quanto as pessoas pensam. Talvez um dia extra no lugar onde você está, ou melhor ainda, uma passagem de avião para o seu próximo destino… Seja o que for, aproveite!

 

Passo extra: crie um presente

Certamente você já ouviu falar do “espírito natalino”. Se você não estiver muito a fim de fazer uma festa no hostel, há uma alternativa igualmente boa: aproveite esta época do ano para voluntariar. Você vai ajudar o próximo e. de quebra, vai viver uma experiência maravilhosa. Existem muitas opções, uma delas é a Giving Way, que oferece diferentes tipos de trabalho voluntário em todo o mundo. Claro, você também pode descobrir mais sobre as ONGs locais, certamente uma mãozinha sempre vem a calhar.

🌟 Veja aqui algumas dicas para fazer trabalho voluntário em outro país

O que quer que você decida, uma coisa é certa: o seu Natal vai ser diferente e inesquecível.

 

Ho ho ho, Feliz Natal, querido viajante!

Obrigado Jack Levick pela foto da capa!

Gostou do artigo? Continue no clima natalino!

🎄 As diferenças entre passar o Natal em um país quente e em um país frio 

🎄 Tradições de Natal ao redor do mundo

 

🖋 Sobre os autores 🖋

 

“Viagem, gastronomia e arte são as grandes paixões de Rober e Lety, um casal que ganhou perspectiva ao contemplar o nascer do sol na Birmânia, viajou em um ônibus com uma cabra no telhado nas Filipinas, se banhou sob o céu estrelado na Nova Zelândia… descubra mais aventuras no blog Mochileando por el mundo.

O lema deles: “Se muitos sonham o mesmo sonho que você, sonhe mais alto!”

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/sobreviver-ao-natal-quando-viajando/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Iami Gerbase (Hostelworld)

Brazilian journalist tired of hearing "You don't look Brazilian". Loves to taste street food, read at the beach and watch Naked and Afraid. Would also like to be able to live in Florianópolis, Hanoi and Paris at the same time.

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.