Dicas práticas de segurança para uma viagem pela Colômbia

Dicas práticas de segurança para uma viagem pela Colômbia

Durante décadas, a Colômbia esteve no noticiário internacional por todos os motivos errados – tráfico de drogas, sequestros e guerra civil. Agora, com um acordo de paz entre as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia)  e o governo colombiano e uma redução significativa na violência relacionada às drogas, a Colômbia está muito mais segura e viu seu turismo disparar nos últimos dez anos. De café e praias inspiradoras ao espírito contagiante de seu povo, o país vai deixar sua marca (de todas as maneiras certas) nos viajantes.

Viajar pela Colômbia ainda pede cautela, mas com planejamento e algumas precauções inteligentes, você pode ter uma experiência segura e positiva nesse país notável. Passamos três meses viajando pela Colômbia e provavelmente é o nosso lugar preferido na América do Sul. Essas são as nossas principais dicas sobre fazer uma viagem em segurança pela Colômbia.

colombia flag and mountains -staying safe in Colombia

Roubos e crimes contra os viajantes

O povo colombiano está orgulhoso e feliz por você escolher visitar seu país e ansioso em olhar para frente. Mas embora as taxas de criminalidade estejam mais baixas do que nos anos anteriores, ainda há um risco de furtos e roubos.

Há uma ótima frase na Colômbia: “no dar un papaya” – que pode ser traduzido como “não dê mamão” – ou seja, não seja um alvo fácil. Usar o bom senso e seguir algumas dicas simples de segurança vai diminuir enormemente a probabilidade de ser vítima de algum crime ou roubo:

  • Não use drogas. Sério. Essa é a capital da cocaína no mundo, mas o consumo de drogas é completamente ilegal. Há muitas histórias de policiais disfarçados de traficantes com objetivo de conseguir um suborno, de viajantes sendo assaltados pelos fornecedores de drogas e turistas estrangeiros que acabam na prisão por não respeitarem as leis locais.
  • Nunca deixe suas malas desacompanhadas em um ônibus. Sempre mantenha sua mochila no colo.
  • Evite andar sozinho após o anoitecer, especialmente se for mulher. Há vários aplicativos de táxi disponíveis na Colômbia (como Tappsi e Cabify) que permitem que qualquer pessoa com acesso à internet móvel chegue em segurança.
  • Evite pegar táxis de rua, dê preferência aos aplicativos. O roubo de passageiros é um risco real e é importante reservar um táxi licenciado para evitar essa situação.
  • Consulte a equipe do hostel sobre as áreas que você não deve ir, afinal, esta é a casa deles e eles conhecem bem esse tipo de informação.
  • Saia com o mínimo possível de dinheiro e cartões na bolsa. Ao sair para explorar as cidades, mantenha o restante trancado em segurança no armário do hostel.
  • Os ônibus são seguros, mas evite viajar em veículos antigos durante a noite.
  • Deixe as joias caras em casa.
  • Preste atenção no que está ao seu redor, e não ao que aparece na tela do smartphone.

Dito isto, até mesmo o viajante mais precavido pode se encontrar em alguma situação perigosa. Se isso acontecer com você, faça o que o agressor mandar e entregue suas coisas. As chances de assalto à mão armada por aqui podem ser bem maiores do que em outros lugares do mundo, e nenhum bem material vale a sua vida.

girl walking down street- staying safe in Colombia

📷 Brás Cubas

Golpes na Colômbia

Embora não sejam abundantes, podem ocorrer algumas tentativas de golpes na Colômbia, principalmente nas grandes cidades.

Ande apenas em táxis oficiais e confirme as tarifas antes de começar as corridas. Isso vai impedir que os motoristas transformem um percurso de 10 minutos em um ganho de meia hora. Ao fim da corrida, confira o troco. Substituir notas altas por mais baixas ou entregar notas falsas como troco não é incomum, então o ideal é pagar a quantia exata, se puder, e ficar de olho nos movimentos do motorista.

Esteja atento às técnicas de distração. Mantenha o foco em seus pertences, não deixe telefones ou câmeras caras expostas nas mesas de restaurantes e, se alguém insistir em prolongar uma conversa, fique atento ao que está ao seu redor – e especialmente a qualquer coisa que possa estar ao alcance deles (ou de seus comparsas).

Não confie sempre em um policial. Tecnicamente, é ilegal andar pelas ruas colombianas sem uma identificação oficial (embora uma cópia de seu passaporte seja adequada, geralmente). Se um policial te abordar e pedir para checar seus documentos ou fazer uma revista, peça para ser levado a uma delegacia de polícia ou outro prédio público. Policiais corruptos e/ou falsos podem roubar dinheiro ou plantar drogas em indivíduos desavisados.

hilly street in colombia - staying safe in Colombia

📷 creatifartiste

Áreas a evitar

Em geral, você vai ter uma experiência segura nos destinos turísticos mais populares da Colômbia. Mas tenha cuidado ao se aventurar em outras regiões. Em particular, evite as províncias de Antioquia, Arauca, Caqueta, Cauca, Choco, Guainia, Guaviare, Meta, Narino, Norte de Santander, Putumayo, Valle de Cauca e Vichada. Locais como Medellin, Popayan, Quibdo, Villavicencio, Pasto, Ipiales e Cali têm risco um pouco menor.

As fronteiras com a Venezuela e o Equador apresentam altos níveis de criminalidade relacionada ao tráfico de drogas, então essas áreas devem ser completamente evitadas.

Bebidas batizadas na Colômbia

Como em qualquer cidade cosmopolita, tome cuidado ao curtir a noite. Preste muita atenção às suas bebidas para evitar que elas sejam batizadas com o borrachero. Também conhecida como “sopro do diabo”, essa substância alucinógena insípida e sem odores pode ser adicionada a qualquer coisa, incluindo alimentos, bebidas e cigarros. Menos usada em viajantes do que as lendas urbanas podem fazer você acreditar, sua existência é uma advertência importante para nunca aceitar bebidas de estranhos ou deixar seus copos e garrafas fora de vista.

Segurança em Cartagena

Poucos lugares na Colômbia estão vendo seu turismo renascer como a bela Cartagena, na costa caribenha do país – e com isso, aparece a questão familiar, “é seguro viajar para lá?”.

A resposta é sim, absolutamente. Mas, além das dicas de segurança gerais mencionadas anteriormente, há uma série de coisas importantes a serem lembradas especificamente em Cartagena:

  • Evite as muralhas da cidade tarde da noite. Pode ser lindo, mas os passeios românticos de fim de noite podem terminar mal nessa parte da cidade.
  • Fique atento aos vendedores de rua insistindo em exibir os itens na sua frente – isso geralmente faz parte de uma técnica de distração. Enquanto você tenta dizer não, outra pessoa está pegando suas coisas.
  • Tirar fotos das “pelanqueras”, vendedoras de frutas que se tornaram um dos símbolos de Cartagena, sem pagar não é uma boa ideia. Se quiser fazer o registro, compre uma fruta de uma delas, que vai ficar feliz em tirar uma foto com você. Boas maneiras custam só um pedaço de fruta…
  • Se você estiver na região de Getsemani (onde ficam a maior parte do hostels), não esqueça de sempre voltar para casa com um amigo. Provavelmente você não volta das festas e baladas desacompanhados em outros lugares do mundo, então também não faça isso por aqui.
  • Alguns agentes independentes encontraram um ótimo negócio ao oferecer passeios particulares pelas redondezas da cidade. Embora as excursões em si não representem um risco real, muitos turistas pagam mais do que a média. Se você quiser fazer uma excursão, reserve através de seu hostel ou em uma empresa de turismo estabelecida.

cartagena at night - staying safe in colombia

📷 creatifartiste

O bom, o mau, o belo e o feio podem ser encontrados em toda parte, desde Coventry, (ok, talvez lá não seja tão bonito assim), na Inglaterra, até Cartagena, de Marraquesh a Medellin, e muito além. A Colômbia é um dos destinos de viagem em ascensão no mundo por uma boa razão e, quando visitada com bom senso e consciência sobre seus problemas gerais de segurança, os mochileiros vão entender o que faz o lugar ser tão amado. Se mantenha em segurança e aproveite este belíssimo país.

📚 Sobre o autor 📚

Com o blog Along Dusty Roads, Andrew e Emily inspiram seus leitores a viajar mais, melhor e de maneira mais bonita. Seja descobrindo a região hipster de uma antiga cidade da Europa, caminhando pela floresta tropical na América do Sul ou viajando pelas Terras Altas da Escócia, eles sabem que existe uma aventura, uma história e uma nova descoberta em qualquer lugar que você vá – e te mostram onde procurar tudo isso! Você também pode acompanhar o Along Dusty Roads no Instagram, Facebook e Twitter.

Porque não guardar esse artigo no Pinterest para ler mais tarde? 👇👇

 

Vai viajar para a Colômbia? Confira também:

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/seguranca-colombia/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Iami Gerbase (Hostelworld)

Brazilian journalist tired of hearing "You don't look Brazilian". Loves to taste street food, read at the beach and watch Naked and Afraid. Would also like to be able to live in Florianópolis, Hanoi and Paris at the same time.

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.