10 Praias Para Visitar No Nordeste Que Você Precisa Conhecer

10 Praias Para Visitar No Nordeste Que Você Precisa Conhecer

As praias para visitar no Nordeste brasileiro são um pedaço do paraíso. Com beleza única, a diversidade do que se pode encontrar por lá atrai igualmente turistas brasileiros e estrangeiros. Você pode até pensar que é muito caro conhecer tanto destino bom, mas não precisa ser, pode botar fé.

Importante lembrar que no Nordeste a época de chuva acontece no inverno, entre maio e agosto pode ser que você encontre chuva ocasionalmente, mas é o Nordeste, né, a maior parte do tempo faz sol. O ano todo é temporada.

Já que falei em fé, veja 10 praias lindas para visitar no Nordeste para se encantar ainda mais com o Brasil, começando pelo sul da querida Bahia de todos os santos:

1. Caraíva

📷@juniorvolcato

Natureza e muita beleza para passar uns dias esquecendo do resto do mundo em pleno sossego. Por lá, os carros não existem. Caso esteja motorizado, o ideal é deixar o veículo em Caraíva Nova, na beira do rio e ir de barco.

Depois do descanso, o mais gostoso por ali é desbravar a região. Um pouquinho ao norte é possível conhecer a praia do Satu, que tem uma lagoa deliciosa para se refrescar no final e repor as energias caso queria andar mais um pouco.

Quem tem o espírito mais aventureiro – ok, ir para um lugar isoladinho já requer essa vibe – pode se divertir andando de caiaque, fazendo mergulho em Corumbau ou se arriscando no paraglider. Mas o que garante mais risadas com os companheiros de viagem é descer com a galera de boia pelo rio. Lembranças boas? CHECK!

Quanto custa: Se estiver de carro, o estacionamento na beira do rio fica por R$ 15 e o barco para chegar até lá R$ 5. Já de Porto Seguro, é possível ir de táxi, mas é preciso ficar atento: marque ida e volta com antecedência e peça referências de taxistas que podem fazer o trajeto mais em conta. Sem pesquisar antes, o transporte pode chegar a R$ 250.

Para comer, aposte nas iguarias do Nordeste: um peixinho com pirão. Dá pra comer bem entre R$ 30 e R$ 50. Sobre a hospedagem, o hostel Ondas Caraíva tem diárias que custam, em média, R$ 100

2. Praia do Espelho

📷@dani_nmarques

Continuando bem pertinho, quem está no Sul da Bahia precisa conhecer a Praia do Espelho. Considerada, não só por mim, uma das praias mais bonitas do Brasil. O acesso pode ser um pouco difícil, se estiver de carro é preciso deixá-lo no estacionamento, mas o visual compensa tudo.

Falésias belíssimas, água cristalina, delícias do mar para degustar: tudo isso tem. Os preços podem acabar sendo mais salgados do que em outros locais, por isso um bate-volta para aproveitar um dia pode ser suficiente. Além de conhecer, pare, tome um sol e beba uma água de coco, a experiência de toda praia tem uma atmosfera completamente diversa por ali. Ah e tire muitas fotos, você vai querer lembrar de cada detalhe.

Quanto custa: As barracas da praia cobram consumação mínima, em média R$ 60. É possível também fazer o passeio por agências de turismo e, com elas, onde ficar na praia já estará incluso no preço. Para se hospedar, se quiser ficar bem pertinho, a dica é Arraial Dajuda, que tem o Adiós Amigos hostel – diárias entre R$ 55 e R$ 140.

3. Praia do Forte

📷@isa_geris

Se você conhece o Projeto Tamar, destinado a cuidar e salvar tartarugas, sabe que a Praia do Forte levanta essa bandeira, de verdade. A preservação da natureza é assunto sério por lá. Tanto que além das tartarugas, o Instituto Baleia Jubarte também está lá para proteger essa espécie.

Na Reserva ecológica de Sapiranga, você pode andar, pedalar e até ir de cavalo. As trilhas são bem sinalizadas e contam com muitas espécies de flores que é difícil de ser ver em outro lugar. Para ser mais radical em meio à tranquilidade, pegue um quadriciclo!

À noite, a vila é a grande atração para comer, beber e ouvir música. Além das lojas de lembrancinhas, para levar um pedacinho do Nordeste com você.

Quanto custa: Para se alimentar, há preços para todos os bolsos. É possível encontrar desde pratos mais requintados até mais em conta. As refeições mais simples podem custar em torno de R$ 20 a R$ 40, mas há também restaurantes com pratos maiores, para dividir. Pesquisando é possível encontrar de tudo. Para se hospedar, o hostel  HI Praia do Forte tem diárias de R$ 90.

4. Praia do Gunga

📷@iamigerbase

Falar de Alagoas é ter uma lista imensa de praias lindas para se visitar. De norte a sul do Estado dá pra encontrar piscinas naturais, águas claras e quentinhas, boa comida – saudades caldinho de sururu – e uma recepção maravilhosa do povo alagoano.

O melhor a fazer na Praia do Gunga, em primeiro lugar, é relaxar e aproveitar um dia maravilhoso na praia, seja no mar ou na Lagoa do roteiro – de água salgada. Depois de dar uma boa olhada, recomendo muito o passeio de buggy pelas dunas e conhecer o mirante.  Há ainda diversas outras opções de passeios e, se você for de barco, saindo da Barra de São Miguel, ainda dá pra ver peixinhos e corais pelo caminho.

As barracas são muitas, a maioria não cobra mínimo de consumação, mas é preciso ficar atento a isso se for na alta temporada, especialmente aos finais de semana.

Quanto custa: As barracas no Gunga oferecem porções e bebidas em variados preços, dependendo do que pedir, a conta pode ficar entre R$ 60 a R$ 180, o bom é poder escolher. Uma boa opção de hospedagem para ficar mais ao Sul do Estado é o Brazuka Hostel, com diárias em quartas compartilhados de R$ 50 a R$ 120.

5. Japaratinga

📷@crsepulv

O norte de Alagoas também é um destino que deve ser sempre recomendado. Sempre. O litoral alagoano tem muitas praias, mas Japaratinga tem um destaque que conquistou totalmente meu coração e que é difícil não conquistar qualquer um.

Andar por Japaratinga é uma experiência deliciosa. Como já é pertinho de Maragogi, a região tem piscinas naturais que são espetaculares. Dá pra chegar nelas de jangada, embarcação usada por pescadores, que já faz você se sentir um pouco mais próximo da cultura local. Para visitá-las, é preciso se informar sobre a maré, pois quando está alta as piscinas somem.

Quanto custa:  A cidade oferece preços muitos bons. É possível comer uma refeição local entre R$ 13 e R$ 20 por pessoa. Japaratinga tem o Casinha Hostel com dormitório misto por R$ 70

6. Maragogi

📷@lindsellceci

Não dá para deixar de fora a merecidamente reconhecida Maragogi. As piscinas naturais mais cobiçadas são desse lugar. Esse passeio precisa ser marcado com antecedência, pois a área de preservação natural requer esses cuidados. Chegando às piscinas, você terá toda experiência da praia, com comidas e bebidas…dentro da água! sempre rodeada de cardumes e com belos corais, ali é também o lugar ideal para praticar mergulho.

Observar toda a beleza da região nos lembra porque tantos consideram o Nordeste brasileiro um paraíso e um lugar onde sempre se quer voltar.

Quanto custa: Os passeios até as piscinas custam em média R$ 75 por pessoa, mergulhos superficiais R$ 15 e mais profundos R$ 120. Para se hospedar, a dica é o Brazuka Hostel  com dormitórios a partir de R$ 50.

7. Porto de Galinhas

Esse é outro ponto do Brasil que desperta o encantamento nas pessoas. Localizada em Ipojuca, Porto de Galinhas tem algumas das paisagens mais belas do Nordeste, que reúne a natureza preservada, a badalação – especialmente na alta temporada – e o clima relax, tudo em um só. Não é à toa que já foi diversas vezes considerada a praia mais bonita do País.

Já na praia principal, é possível ir até uma barreira de corais que fica ali pertinho, mas chegue cedo; são distribuídas senhas e só vai um grupo de cada vez, as senhas acabam logo. Se puder, faça o passeio de buggy que te leva a três praias diferentes pela BR – sentindo o vento no rosto – e termina no Pontal de Maracaípe dentro de um rio com o pôr-do-sol mais incrível que você pode imaginar.

Quanto custa: Você pode comer bem por lá numa faixa entre R$ 18 e R$ 40. O Che Lagarto é a opção de hostel entre R$ 70 e R$ 200.

8. Calhetas

📷@luiza_fernandes

Pedras, morros e um visual deslumbrante. Essa é a marca registrada da Praia de Calhetas, em Pernambuco. Tão pertinho do Recife e, ao mesmo tempo, tão tranquila e preservada. O local tem estrutura e diversas barracas. Para quem quer literalmente se jogar no mar, a queda de tirolesa é a aposta certeira e tem também o teleférico que te leva até a areia.

Quem quiser conhecer o entorno, pode pegar a trilha para a Praia de Gaibu. Uma opção para chegar lá é ficar em Porto de Galinhas e já conhecer tudo de uma vez.

Quanto custa: O passeio de tirolesa pode ser feito por R$ 20 por pessoa. Para comer e beber, uma pessoa gasta em torno de R$ 40. É possível se hospedar tanto em Porto de Galinhas quanto em Recife, na capital o Piratas da Praia tem valores entre R$ 48 e R$ 155

9. Praia da Pipa

📷@vivalapipa

O Rio Grande do Norte abriga uma beleza indescritível. Paradisíaca, a Praia da Pipa é ainda um bom lugar para quem quer praticar surf, standup paddle, sandboard entre outros. Ela fica no maior santuário ecológico do Estado e também já figurou entre as praias mais bonitas do Brasil.

Os carros não tem muita vez por lá, mas todas as outras opções – barco, a pé, de bicicleta ou até mesmo com agências de viagem que promovem a ida até lá.

A praia recebe muita gente jovem e na temporada é cheia de festas, mas também dá pra descansar e curtir o visual e passear muito pelas belezas ao redor.

Quanto custa: Os preços de uma almoço na Pipa ficam entre R$ 50 e R$ 70 por pessoa. para se hospedar o Hostel Lagarto na Banana tem preços a partir de R$ 40 a R$ 100.

10. Jericoacoara

📷@iamigerbase

Muitos clichês existem por uma razão, certo? É o caso de Jericoacoara, carinhosamente chamada pelos fãs de Jeri: todo mundo que vai ao Ceará quer conhecer, e com razão. Uma vila de pescadores que recebe gente de todo o mundo.

De ruas de areia, o melhor jeito de andar por lá é de buggy, o que já conta como um belo passeio, assim como a opção de andar a cavalo. Os esportes radicais também estão contemplados. O buggy deve ser contratado com os locais e com ele é possível conhecer Tatajuba, por exemplo.

📷 @iamigerbase

A água clara e quentinha, típica do Nordeste, agrega ainda mais destaque para o lugar a natureza é a melhor parte durante o dia e, à noite, conte com forró até o sol raiar.

Quanto custa: As refeições por lá ficam entre R$15 e R$ 45 por pessoa. Ficar em hostel é a melhor maneira de interagir com os turistas de diversas partes do mundo que geralmente estão por lá. Para isso, o Jericoacoara Hostel tem valores entre R$ 40 e R$ 110.

Conheça o Nordeste!

Quando o assunto é Nordeste, opções não faltam. Por isso, o mais importante para economizar e mesmo assim conseguir fazer tudo o que gostaria é ter em mente duas coisas: conversar com locais é sempre uma boa estratégia, principalmente para comer bem e gastar pouco; a segunda é planejar, veja o que tem por perto dos principais destinos e você vai conseguir conhecer o que deseja e descobrir muitos outros cantos encantadores dessa região tão rica e apaixonante.

Poderia ser considerada “suspeita” pois o Nordeste é minha região preferida no Brasil, mas basta ir lá e conferir. Cada estado tem suas particularidades e, claro, a culinária não decepciona nunca, afinal, unir viajar com comer bem é o melhor combo, certo?

📚 Sobre A Autora 📚

Amanda Cruz é jornalista por pura paixão, só quer escrever e conhecer o mundo. Paulistana com carinho especial pelo Nordeste, sabe que ainda há muito para conhecer. Por isso, após uma passagem por São Luis, Maranhão, e anos enraizada em São Paulo, agora começa a desbravar Floripa.

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/praias-para-visitar-no-nordeste/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Laura Carniel

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.