9 motivos para você conhecer a Lituânia já! 

9 motivos para você conhecer a Lituânia já! 

Eu poderia passar horas contando muitas coisas sobre esse pequeno país de aproximadamente três milhões de habitantes, que consegue ser imponente com a sua arquitetura que ainda carrega marcas do passado, suas belíssimas igrejas e castelos, e ao mesmo tempo tem uma atmosfera que trás um encantamento e uma doçura que eu jamais achei que encontraria por ali. A Lituânia fica na região báltica, próxima à Bielorrússia, Polônia, Estônia e Letônia. A língua oficial é a língua lituana e a moeda é o euro, o que cá pra nós facilita a vida de nós turistas, nos poupando da chatinha conversão.

E pra chegar lá é mais fácil que você imagina, a queridinha Ryanair (companhia aérea lowcost, famosa pelos precinhos e promoções) opera voos vindos de muitos países, como Irlanda, França, Alemanha e Reino Unido. O charmoso centro de histórico da capital Vílnius, a culinária curiosa/deliciosa e a pequena grande Trakai são apenas alguns dos vários motivos que farão você querer mergulhar nesse país recheado de história e magia!

1- Vilnius e sua arquitetura!

Um centro histórico colorido e que ainda carrega marcas do passado. Entre as edificações imponentes encontramos becos e ruelas que nos levam a pequenos jardins carregados de história e cultura. O centro histórico (Old Town) considerado patrimônio da Unesco mistura o charme medieval com fachadas de grifes como Armani e Hugo Boss, tem suas calçadas repletas de pequenos cafés e belos restaurantes que fica até difícil escolher o mais atraente para sentar.

A cidade é uma das mais limpas da Europa, e vi muitas flores e recantos espalhados pela cidade (não sei se tem a ver com a época que fui – abril – mas acredito que no inverno as flores dão lugar pra neve).

2- Faça um free walking tour!

Como uma boa mochileira que se preze, ainda quando planejada a viagem pesquisei no Google os horários dos free tours para começar o dia batendo perna e ouvindo histórias e curiosidades do local. Ao chegar ao ponto de encontro, conheci a guia Milda, uma simpática lituana que adora o Brasil e entre uma conversa e outra fomos trocando figurinhas sobre nossas culturas. Depois do passeio ela nos levou a um restaurante local, mas isso já é papo pra outro tópico!

Você não paga pelo serviço do free tour, mas é de muito bom grado deixar uma quantia para o guia. No caso da Milda, ainda valeu uma ida ao Trip Advisor pra deixar um comentário positivo sobre o trabalho dela.

3-  A República de Uzupis!

Bem próximo ao centro histórico de Vílnius existe um distrito chamado “Uzupio Res Publika”, que foi declarado independente no ano de 1997, considerado um país dentro da própria Lituânia. Dizem que para o governo da Lituânia isso não fez diferença alguma. Eles têm seu próprio presidente e hino. Fomos até lá caminhando e você percebe que está em um ambiente diferente quando vê objetos criados pelos artistas locais espalhados pelas ruas.

A estátua de um anjo bem no centrinho do distrito é considerada o guardião da Republica. Existe também a constituição local, com leis como “todo mundo tem o direito de morrer, mas isso não é uma obrigação”.

4- Custo beneficio!

Alimentação e hospedagem são uns dos pontos chaves para o budget de uma viagem. Ao escolher o hostel, prezei pela localização central, feedback dos hóspedes e preço. E foi tiro e queda. No hostel B&B&B&B&B (o nome é engraçado, mas é isso mesmo) limpeza é o ponto alto, os quartos são grandes, com ponto de tomada para todos os beliches (importante!!!), além de conseguir fazer tudo a pé. Para os que curtem uma baladinha, o hostel tem um bar com musica eletrônica que vai até altas horas. Fica pertinho da estação que te leva ao aeroporto, terminais rodoviários e cidades próximas, e é claro, da pra ir caminhando até o centrinho.

Além do Mc Donald’s (não, por favor, pule essa parte e experimente a culinária local!!!) é possível encontrar restaurantes com preço amigo e comida boa. E é disso que vou falar no próximo tópico.

5- A diferente-saborosa-curiosa culinária!

Já tinha ouvido falar que a batata era o carro chefe da culinária no país, mas quando pedi um prato bem famoso, o Cepelinai, que era algo tipo “batata com molho de gordura” me assustei, mas resolvi provar. A batata é algo gelatinoso, meio mole, e literalmente o molho era à base de gordura com pedacinhos de carne. Deliciosamente calórico, bem servido e diferente. Não deixem de experimentar o Ceburekai, uma espécie de pastel ou empanada recheada com variedade de carnes.

O hot dog local também é uma ótima pedida, o pão francês em formato cilíndrico repleto de molho à sua escolha é vendido em quiosques pela cidade e cai muito bem como um lanche rápido ou pra quem não quer se aventurar nos pratos típicos. Sem falar nas cervejas locais que em sua maioria têm um aroma floral/frutal e valem a pena serem degustadas.

6- Monumentos curiosos!

Você vai encontrar um ovo decorado em forma de estátua em uma das ruas de Vílnius. Nada de especial e não se vê muita gente em volta, mas é uma das curiosidades da cidade. Na república de Uzupis sim, há diversas coisinhas interessantes como a estátua de Jesus Backpacker, um tanto curiosa e que vale a pena um registro.

Ainda no pequeno distrito, há criações de artistas locais, como um balanço embaixo da ponte que está repleta de cadeados dos turistas apaixonados e algumas paredes grafitadas.

7- A Catedral de Vílnius!

Também chamada de Basílica de São Estanislau, sua arquitetura é de estilo romana, considerada a principal igreja católica da Lituânia. Fica em uma praça gigante no centro histórico cheia de turistas e suas câmeras em busca do ângulo perfeito. Próximo à entrada da catedral há um monumento na calçada, a Stebuklas, uma espécie de placa que acreditam que ao pisar e girar em torno de si por três vezes, terá seu desejo realizado. E lá fui eu girar, enquanto outros turistas aguardavam pra fazerem o mesmo.

O lituano foi o ultimo povo pagão da Europa, mas hoje os lituanos são de um cristianismo fervoroso, e é inacreditável a quantidade de igrejas no país.

8- A proximidade com as vizinhas e também bálticas Riga, na Letônia e Tallinn, na Estônia!

Em mais ou menos 4 horas de ônibus embarcando na rodoviária de Vilnius você chega à bela Letônia, mais precisamente na capital Riga. Os ônibus da Lux Express e da Ecolines fazem esse trajeto, são limpos e confortáveis, têm televisão á bordo e depois de 2 ou 3 filmes você estará no próximo destino pronto mais uma aventura!

E vai uma dica: em mais 4 horinhas você poderá conhecer também a linda capital da Estônia, Tallinn, fazendo o percurso pelas mesmas empresas de ônibus. No trajeto entre a Letônia e a Estônia assistimos a um por do sol incrível, o motorista parou para que pudéssemos contemplar esse espetáculo (um dos mais lindos que já vi).

9- A cereja do bolo, Trakai!

Localizada a mais ou menos 45 minutos de ônibus da capital, Trakai foi de longe o ápice da minha passagem pela Lituânia. Ao descer na pequena rodoviária vale a pena a caminhada até o castelo, contemplando o lago, o letreiro com o nome da cidade e as casinhas coloridas (cenários que rendem muitas fotos). Uma mistura de paisagem romântica e aventureira, um por do sol de tirar o fôlego, o castelo de tijolinhos vermelhos que leva o mesmo nome da cidade envolto por um lago, árvores e muito verde são apenas alguns dos seus atrativos.

A plenitude do castelo é tão grande que nem entrei pra visita-lo, me contentei com seu exterior e toda aquela vibe medieval, mas consegui ir ate o portão e dar uma espiadinha. Em dos aconchegantes restaurantes provei mais da cerveja local e o delicioso pastel (Ceburekai) com uma vista de suspirar! Indico fortemente para viagens românticas, mas os viajantes solos também irão amar essa experiência.

📚 Sobre a autora 📚

Paula é brasileira, mineira, mas constantemente confundida com estrangeira. Apaixonada por viagens e moda. Amo brigadeiro na mesma intensidade que detesto comida japonesa. Lugar favorito no mundo: Holanda. Sonho realizado: ter conhecido Israel. Curta minhas selfies e fotos tiradas por desconhecidos no meu Instagram.

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/motivos-para-voce-querer-conhecer-a-lituania-ja/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Laura Carniel

I'm Laura, Brazilian, and I'm obsessed with dogs, films, sharing good stories with friends and discovering quirky places. Social Media & Content Executive and #HostelworldInsider at Hostelworld. 🌏 Favourite place on earth: London, UK. 🏠 Favourite hostel: Oki Doki Hostel - Warsaw, Poland. Follow my travel adventures and loads of dogs on Instagram @astaclivo 🐶✈️

Inspire-se

One Response to “9 motivos para você conhecer a Lituânia já! ”

  1. Thiago Sillman Borges Responder

    Parabéns pelo artigo, Paula!

    Já coloquei a Lituânia na minha lista.

    Sucesso na carreira de colunista!

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.