Guia da Tailândia: tudo o que você precisa para o seu mochilão pelo país

Guia da Tailândia: tudo o que você precisa para o seu mochilão pelo país

Sawasdee! Espero que você já esteja tirando o pó da sua mochila de viagem, reservando o seu vôo e partindo para a terra dos sorrisos. Se você ainda não está fazendo isso, de repente esse guia vai ser uma motivação para você reservar tudo para as férias – afinal, ninguém nunca se arrepende de uma viagem né?

A Tailândia é provavelmente o principal destino para mochileiros do mundo todo. Perfeita para viajantes solos, casais ou amigos coloridos, a Tailândia atraia mochileiros super diferentes durante todo o ano. Não é difícil de ver porque muitos viajantes viajam para esse centro da cultura asiática. É super saudável para a sua conta bancária, a comida de rua é super fresca e, como já sabemos, os tailandeses são extremamente amigáveis.

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre mochilar pela Tailândia. Leia antes de embarcar no avião e leve como um guia de bolso quando você se sentir um pouco perdido.

Pule direto para:

  1. Melhor época para visitar a Tailândia
  2. Onde visitar na Tailândia
  3. Hostels na Tailândia
  4. Melhores praias na Tailândia
  5. Melhores Parques Nacionais na Tailândia 
  6. Rotas de mochilão pela Tailândia
  7. Viajando pela Tailândia
  8. Comida Tailandesa
  9. Vida Noturna Tailandesa
  10. Visto para a Tailândia
  11. Vacina na Tailândia
  12. Trabalho para Mochileiros na Tailândia
  13. Cultura e Costumes Tailandeses 
  14. Dicas de viagem para a Tailândia
  15. Custo de Viagem para a Tailândia

 

backpacking thailand - yellow sign

📷 @hopewarren

 

Melhor época para visitar a Tailândia

Clima na Tailândia

A Tailândia é quente durante 24 horas por dia e sete dias na semana, com a temperatura raramente abaixo dos 25 graus no nível do mar ou 15 graus nas montanhas na Tailândia do Norte. 15 graus pode não parecer muito frio, mas depois de ficar acostumado com o clima tropical, esse friozinho pode te pegar de surpresa!

Sendo um país tropical, a chuva é super esperada e é importante que você fique atento sobre as estações quando estiver planejando a sua viagem. A época das monções na Tailândia começa em junho e termina em novembro, com as piores chuvas acontecendo no mês de setembro. E quando a chuva começa, uma umidade super intensa vêm junto! Porém, se a sua viagem coincidir com o período das monções, você vai se beneficiar com menos viajantes e preços mais baixos.

Clima em Bangkok

Existem três temporadas de viagens em Bangkok, sendo que a época mais visitada é durante os meses menos quentes entre Novembro e Fevereiro. O clima quente começa em Março e termina três meses depois, em junho. De junho até novembro, Bangkok tem muitas monções fazendo com que setembro seja a época menos favorável para viajar.

Clima em Phuket

A melhor época para relaxar nas praias de Phuket é de dezembro a fevereiro. A temperatura geralmente fica entre 23 e 32 graus, ideal para explorar e tomar um banho de sol. A partir de fevereiro, o calor e a humanidade começam mas não chove até o fim de abril.

Clima em Chiang Mai

Chiang Mai tende a ser mais frio, com a temperatura na noite caindo para os 14 graus nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro. A probabilidade de chover também é muito baixa, fazendo com que seja a época perfeita para visitar. Em abril a temperatura chega aos 35 graus, com as monções chegando durante o mês de maio.

Qual a melhor época para visitar a Tailândia?

Se você tem um calendário livre para seus planos de viagem, a gente recomenda que você viaje para a Tailândia entre os meses de dezembro e março. Visto que é a época de pico, você pode esperar que os preços sejam um pouco mais altos, mas o clima vai ser bem mais agradável.

Novembro, abril e maio são meses de transição e mesmo que chova um pouco, o clima é normalmente bom. Viajar durante esses meses vai ser mais amigável para o seu bolso e seu dinheiro vai durar muito mais.

Festivais tailandeses

Temporada alta = época de festivais. Songkran, Loi Krathong e outras cidades são um ótimo jeito de conhecer de verdade a cultura tailandesa.

Festa da Lua Cheia

Converse com qualquer pessoa que esteve mochilando pela Tailândia e você vai ouvir, quase que com certeza, algumas histórias sobre uma festa na praia fluorescente em Koh Phangan. Essa é a famosa festa da lua cheia – a maior e mais renomada festa no Sudoeste Asiático. Todos os meses em torno de 30.000 pessoas do mundo inteiro se unem para festejar até o sol nascer nessa ilha tailandesa. A praia fica cheia de palcos com música ao vivo e acesa com objetos luminosos e cordas de pular pegando fogo (elas podem parecer divertidas, mas é melhor você evitar, não importa o quanto você acha que sabe pular corda super bem).

backpacking thailand - full moon party

A festa principal acontece em Haad Rin Sands com tickets custando apenas 150 baht (R$17). Os custos continuam relativamente baixos durante o festival com cestas de alcool custando em torno de 200-300 baht (R$22- R$34), comida de rua por 50 baht (R$5) e banheiros (sim, você tem que pagar para usar o banheiro) por 5-10 baht (R$1 – R$2)

A Festa de Lua Cheia costuma ser bem intensa, mas dificilmente se houve falar de algum problema ou pessoas sendo violentas – todo mundo está lá para aproveitar a vibe.

A parte principal acontece em Haad Rin Sands, mas você precisa reservar acomodação por pelo menos quatro dias antes da festa, porque tudo é reservado muito rápido. O preço também aumenta quando chega mais perto da festa. Se você não conseguir encontrar um hostel em  Koh Phangan, Koh Samui é a sua outra opção. Na noite da Festa da Lua Cheia barcos transitam entre as ilhas a cada hora, fazendo com que seja muito simples voltar para o seu hostel. Só esteja avisando que pode ser que você tenha que esperar um pouco.

A Sophie recomenda que você fique no  Love Station Hostel durante a Festa de Lua Cheia.

Songkran

Libere a sua criança interior e se junte a um dos maiores festivais no Sudoeste Asiático. Imagine milhares de pessoas se reunindo nas ruas para uma guerra de água enorme.

Songkran vêm do Sânscrito e pode ser traduzido como “se mover para”, uma referência a crenças budistas. A água simboliza bênção que se concretiza com as pessoas lavando os seus pecados e dos seus amigos jogando água neles.

O Songkran é a celebração do ano novo tailandês e tem muita festa envolvida. Espere beber álcool de baldes de plástico e ficar completamente encharcado da cabeça aos pés.

Quando: Abril

Melhores lugares: Bangkok (Silom & Khoa San Road) e Chiang Mai (as celebrações duram uma semana lá.)

Loi Krathong

Você provavelmente já viu fotos de centenas de lanternas douradas flutuando no céu durante a noite. Se você não viu, é como aquela última cena de Enrolados quando a Rapunzel e o Flynn confessam estarem apaixonados. É realmente um sonho! Isso é o que acontece em Loi Krathong, o Festival Anual da Luz.

Todo mês de novembro, a lua cheia se depara com muitas luzes – fogos de artifício, velas e as mais vívidas lanternas flutuantes. As velas honram Buddha e o fato de elas estarem flutuando simboliza deixar ir embora toda a raiva e antipatia.

Quando: A lua cheia de novembro

Melhor lugar: Chiang Mai

Festival de Flores, Chiang Mai

Durante todo o ano, a Tailândia tem as flores mais lindas – lírios, orquídeas, jasmins e tudo mais que você puder imaginar. No final da temporada de crescimento, toda essa beleza é colocada em um grande show em Chiang Main e você já pode imaginar que é maravilhoso demais. O festival dura três dias e acontecem muitas paradas com temas envolvendo as flores e  comida de rua incrível!

Quando: Primeiro final de semana de February

Ùnico lugar para ver: Chiang Mai

Planejando a sua viagem

Desde praias lindas com água transparente até templos impressionantes e montanhas que vão te tirar o fôlego (figurativamente e literalmente), a Tailândia tem de tudo. Aqui está tudo o que você precisa saber sobre planejar a sua viagem e alguns itinerários que você pode seguir.

Onde visitar na Tailândia

Bangkok

Não vão te faltar opções de coisas para fazer em Bangkok e não tem jeito melhor de começar a sua viagem para a Tailândia se jogando nessa cidade caótica e insana. As primeiras impressões podem ser um pouco intimidantes, mas Bangkok é uma cidade incrível e excitante que você precisa conhecer.

Coisas que você não pode perder:

Grande Palácio: O Grande Palácio é, bem, muito grande. A gente ter certeza que você vai se surpreender com os detalhes incríveis. Mesmo que não seja mais o lar da família real, ele ainda é usado para cerimônias reais e religiosas e está raramente fechado. Essa é a atração turística mais popular em Bangkok, então é melhor visitar de manhã bem cedo para evitar as multidões.

Custo: 500 baht (R$56)

Horário de abertura:  08:30 – 15:30

Reserve: 1.5 horas

bakpacking thailand - Grand Palace

📷 @hopewarren

Wat Pho:O favorito de muitos e um meio garantido de fazer você virar a cabeça enquanto olha para o Buddha reclinado de 46 metros. Wat Pho também é o lar da maior coleção de imagens budistas de toda a Tailândia. Enquanto estiver aqui, não deixe de ir para uma massagem na sede nacional de ensinamentos de massagem e medicina tailandesa.

Custo: 100 baht (R$12)

Horário de abertura: 08:30 – 17:30

Reserve: 1 hora (2  se você quiser uma massagem)

Wat Arun: Também conhecido como O Templo do Amanhecer, o impressionante Wat Arun fica localizado na beira do Chao Phraya. A parte mais alta do templo tem 70 metros de altura e é ornamentado com porcelana chinesa e copos coloridos. Diferentemente de outros templos, você pode subir no Wat Arun e ter uma vista incrível de Bangkok. Só esteja avisado, os degraus são muito íngremes.

Custo: 50 baht (R$6)

Horário de abertura: 08:00 – 17:30

Reserve: 1 hora

Wat Traimit: Wat Traimit tem o maior Buddha de ouro sentado, pesado 5.5 toneladas. O Buddha já esteve coberto em gesso e o seu verdadeiro valor não foi descoberto até 1955 quando caiu acidentalmente e o ouro foi descoberto.

Custo: De graça para ver o Buddha, 100 baht (R$12) para visitar o museu

Horário de abertura: 09:00 – 17:00

Reserve: 30 minutos

Mercado de final de semana de Chatuchak :Chatuchak é a experiência mais autêntica de mercado em Bangkok e é daqueles tipos de lugares que tem algo para todo mundo. Seja se você estiver procurando por um souvenir perfeito para o seu melhor amigo, um presentinho para o seu crush ou uma peça de arte tradicional tailandesa para levar para casa, você vai encontrar em Chatuchak.

Custo: De graça, traga dinheiro se você quiser fazer compras

Horário de abertura: 07:00 – 18:00

Reserve: 1 – 2 horas

Compare hostels em Bangkok

Chiang Mai

Quando comida de rua, beleza natural e cultura se unem, você tem a cidade de Chiang Mai. Conhecida como “A rosa do Norte”, Chiang Main é um playground para os viajantes curiosos, com mais de cem templos budistas para você visitar.

Coisas que você não pode perder:

Wat Pra That Doi Suthep: Você precisa conhecer esse templo do lado da montanha. Os rumores dizem que esse templo foi construído para guardar um pedaço do osso do ombro do Buddha. Dependendo de quanta energia você tiver, você pode caminhar para o templo ou pular em um dos caminhões vermelhos que partem na Rua Huay Kaew. Se você estiver viajando de grupo, você pode pegar um desde o centro por em torno 300-500 baht (R$35 – R$60). A maioria dos viajantes vai até lá para conhecer o templo, mas também tem muitas cachoeiras por perto e trilhas. Você também vai ter a melhor vista da cidade se você estiver disposto a trabalhar por isso e subir mais de 300 degraus até o topo!

Custot: 50 baht (R$6)

Horário de abertura: 06:00 – 18:00 (vá cedo para evitar as multidões)

Reserve: 3 horas

Wat Chedi Luang: Pode ser que você acabe passando por  Wat Chedi Luang mesmo sem planejar e com certeza vai chamar a sua atenção. Eles costumam ter um Buddha Esmeralda, o símbolo mais sagrado na Tailândia, mas ele foi realocado depois de ter sido danificado em um terremoto. Você não pode entrar no templo, mas pode apreciar toda a sua beleza do lado de fora.

Custo: De graça

Reserve: 15 minutos

backpacking thailand - Wat Chedi Luang

📷 @hopewarren

Mercado de domingo de noite: Bem-vindo a um dos mercados mais malucos que você vai conhecer. O mercado Chiang Mai acontece todos os domingos, então planeje a sua estadia pensando nisso, se você quiser comprar alguns souvenirs. Não só eles tem centenas de bancas vendendo roupas e arte, mas também muita comida de rua! Você vai experimentar o melhor pad Thai da sua vida.

Custo: De graça, mas traga dinheiro para comprar comida e o que mais você achar legal

Horário de abertura: 17:00 – 22:00

Reserve: 1 – 2 horas

Grande Cânion Chiang Mai: Escape o calor da cidade se aventurando um pouco mais longe para o Grande Cânion de Chiang Mai . Essa pedreira enorme é maravilhosa para mergulhar e nadar!

Custo: 300 baht (R$34)

Horário de abertura: 10:00 – 19:00

Reserve:: o dia todo!

Compare hostels em Chiang Mai

Pai

Imagine acordar de frente para montanhas, fazer um passeio de bike até cachoeiras escondidas e depois relaxar em um café super cool. Você tem tudo isso em Pai, uma cidade que estava totalmente fora do radar dos mochileiros até um tempo atrás. Se você ama a vibe da natureza, fazer yoga ou só quer passar o dia numa rede conversando com outros viajantes, Pai é o seu lugar!

Coisas que você não pode perder:

Assistir o pôr do sol no cânion Pai: Quem não ama fazer uma trilha para ver o pôr do sol? Especialmente quando terminar com uma vista 360 das montanhas de Pai. Muitas pessoas sabem sobre os melhores lugares para ver o pôr do sol na cidade, então você provavelmente não estará sozinho, mas quanto mais melhor, não é mesmo?

não estará sozinho, mas quanto mais melhor, não é mesmo?

Tham Lod: Uma das mais maravilhosas e fáceis de acessar cavernas na Tailândia. A caverna tem mais ou menos 2km de comprimento e 50m de altura em um dos seus pontos, um lugar realmente impressionante. Você pode flutuar pelo rio em um “bamboo raft” que passa por Tham Lod.

Caçando cachoeiras: Alugue uma moto, uma scooter ou uma bicicleta e vá atrás de cachoeiras. A cachoeira Mo Paeng  é a mais perto e mais acessível, o que também quer dizer que atrai mais multidões. Se você estiver procurando por serenidade e não se importa de fugir um pouco do conhecido, você precisa visitar a cachoeira Pombok e, bem pertinho, a Land Crack que é, como você pode imaginar pelo nome, um buraco no chão. È maravilhoso!

Wat Phra That Mae Yen: Você vai precisar subir 350 degraus para ficar cara a cara com o famoso Buddha branco de Pai. Vá até o topo para ver de perto uma das atrações mais incríveis da Tailândia e aproveite vistas incríveis da cidade de Pai.

backpacking thailand - pai - Wat Phra That Mae Yen

📷 @hopewarren

Compare hostels em Pai

Chiang Rai

Chiang Rai é normalmente visitado em uma viagem de um dia a partir de Chiang Mai e é super procurado por viajantes por causa dos seus templos incríveis. Você pode esperar muitas cachoeiras lindas e trilhas menos conhecidas que você possivelmente fará sozinho. O transporte público é limitado, então os templos podem ser visitados com uma empresa de tours ou de moto, se você tem um gosto pela aventura (e um seguro saúde). Quando você chegar lá, tudo vai valer a pena!

Coisas que você não pode perder:

Wat Rong Khun: Conhecido como o Templo Branco, Wat Rong Khun é um dos templos mais lindos que você vai visitar na vida. Já se prepare para ficar extremamente surpreso (e de repente até um pouco assustado) pelos detalhes feitos a mão e pelas cabeças na entrada, referência para crenças budistas.

backpacking thailand - chiang rai

📷 @adventuresofsophh

Baan Dam: O templo engro Baan Dam é mais assustador do que o Wat Rong Khun. Os prédios são um contraste de cabanas de madeira tradicionais e estruturas contemporâneas – tem até mesmo uma com formato de baleia. Se você só consegue lidar com animais vivos e passando bem, de repente esse não é o lugar para você – o interior do templo é cheio de pele de cobras, esqueletos de animais e outras peças absurdas.  

Compare hostels em Chiang Rai

Koh Tao

Koh Tao é a menor das três ilhas principais da Tailândia, mas vale muito a pena visitar. A água ao redor da ilha tem um tom de azul turquesa linda e vai deixar o feed do seu Instagram lindo. Koh Tao é o melhor lugar da Tailândia para fazer scuba diving, mas se  você não gosta muito do fundo do mar, o lugar tem tem muitas trilhas lindas que vão te dar vistas incríveis.

Coisas que você não pode perder:

Miradouro do John-Suwan: Fazer essa visita não vai ser tão fácil, mas você vai ser recompensado com uma das vistas mais incríveis de toda a Tailândia. A trilha para chegar lá é cheia de mata densa, mas felizmente demora só 10 minutos! A gente definitivamente não recomenda que você vá de chinelo e não se esqueça que você tem que pagar uma entrada de 100 baht, porque é uma terra privada.

Scuba diving:  A vibe de Koh Tão é super relax e descontraída. Se jogue no fundo do mar – literalmente – fazendo um curso de scuba diving. Tem mil empresas para você escolher, então não se sinta pressionado de reservar antes da sua viagem. Rocktopus Dive é uma boa empresa e com experiência na área!

Compare hostels em Koh Tao

Koh Samui

A irmã mais velha de Phangan e Tão, Koh Samui é a segunda maior ilha na Tailândia. Em termos de festa, essa ilha é a menos agitada. Isso porque ela é cheia de famílias e pessoas interessadas em turismo de natureza. Não veja isso como uma coisa negativa. Samui é um paraíso cheia de coisas super interessantes para explorar.

Coisas que você não pode perder:

Mercado noturno da vila de pescadores: Toda sexta-feira a noite o mercado da vila dos pescadores vai encher as ruas com lanternas luminosas e coloridas e pad Thai suficiente para te alimentar por uma vida inteira. Esse é o lugar perfeito para comprar presentes para seus amigos e família.

Crystal Bay: Você quer o luxo de ter uma praia inteira para você? Bem, isso é totalmente possível em Crystal Bay. Essa área maravilhosa não foi muito explorada pela indústria do turismo o que significa que não vai ter ninguém tentando te vender coisas enquanto você aproveita o sol.

Parque Marinho Ang Thong: Esse parque não fica em Koh Samui, mas você pode fazer uma viagem de um dia facilmente. O parque é uma combinação de 42 ilhas espalhadas pelo oceano, cada uma mais maravilhosa que a outra. Koh Mae é a ilha mais popular e é  tão linda que nem parece real.

Compare hostels em  Koh Samui

Koh Phangan

Famosa por sua Festa da Lua Cheia, Koh Phangan é cheia de mochileiros super jovens. Se você quiser ter umas férias um pouco mais intensa, esse é o lugar perfeito para fazer isso. A parte norte de Koh Phangan tem uma vibe mais relax e hippie, então também é possível você aproveitar o melhor dos dois mundos.

backpacking thailand - Koh Phangan - beach

📷 @cwithoutborder

Coisas que você não pode perder:

Festa da Lua Cheia: Esse é o motivo pelo qual 90% das pessoas visitam Koh Phangan. Para mais detalhes veja a seção da Festa da Lua cheia e se prepare para ter um dia incrível.

Festa da Meia Lua: Se você não conseguir alinhar a sua data com a lua cheia, você pode ir também na festa da Meia Lua. A entrada custa 1000 bath, então é mais ou menos a mesma coisa, mas sem as grandes multidões!

Mercado noturno de Thong Sala: Se você gosta muito de comida, então você vai amar muito Thong Sala. Você vai encontrar muitas opções de comida de rua e muitas coisas diferentes para provar. Não deixe de experimentar os frutos do mar super frescos, recém saídos do barco.

Praia Chaloklum: Procurando por um lugar mais quieto? Experimente a Praia Chaloklum. Ela fica um pouco afastada das partes mais agitadas da ilha e tem menos lugar que vende bebida – o lugar perfeito para curar a sua ressaca.

Compare hostels em Koh Phangan

Ilha Krabi & Offshore

Krabi é a parada mais relax na costa oeste da Tailândia, com paisagens incríveis de natureza e mar. Esse é o lugar perfeito para abrir um livro, achar uma rede e passar o dia ouvindo as ondas batendo. Quando você encontrar a motivação para finalmente sair da sua rede, você pode pegar um barco e conhecer as ilhas de Koh Lanta. Tem mais ou menos 150 ilhas na costa de Kabri, mas os destinos mais populares são Koh Phi Phi, Koh Lanta e Praia Railay.

backpacking thailand - Krabi & the Offshore Islands

📷 Luke Moss

Coisas que você não pode perder:

Parque Natural Floresta: Comumente conhecido como as Piscinas Esmeraldas, Thung Teao é um lugar incrível para nada. Com uma trilha de 2.7km na natureza pelo parque, você pode passar horas admirando a flora e fauna. Não deixe de ficar atento para ver o pássaro Pitta Gurney, que acredita-se estar extinto, mas alguns viajantes já viram por lá!

Wat Tham Sua: Logo depois da cidade de Krabi, você vai encontrar Wat Tham Sua, também conhecida como a Caverna do Tigre. Esse complexo de templos é o lar de monges budistas e a vista do topo de torra é realmente de outro mundo. Se você ama ver o  pôr do sol, você vai amar esse lugar.

Ya’ escola de Culinárias: Depois de experimentar toda comida de rua incrível da Tailândia e chegar a conclusão de que você não pode viver sem um pad Thai de extrema qualidade, você vai querer aprender a cozinhar. A escola de culinária Ya’s é a melhor do ramo e fica num lugar lindo, com a floresta tropical logo atrás. Você vai comer tudo que cozinhar, e tudo o que você não comer, você leva para casa.

Compare hostels em Krabi

Phuket

Phuket é provavelmente o destino mais popular para turistas que procuram aquela vibe típica de verão. Isso significa quer ter a praia inteira só para você é extremamente improvável e que vão ter mais opções de comida ocidental do que tailandesa. Você também vai ver muitos vendedores na praia vendendo coisas, devido ao grande número de turistas.

Coisas que você não pode perder:

O grande  Buddha: Esse é o ponto turístico mais famoso de Phuket  e tem 45 metros. É tão enorme que você consegue ver desde a cidade de Phuket e a Praia de Karon. Vale a pena chegar perto para admirar toda a sua beleza.

Rua Bangla: Se você quer ter uma noite louca, então o melhor lugar para ir é a Rua Bangla. Essa é rua de Phuket onde todos os mochileiros se reúnem e as coisas costumam acontecer muito rápido. Não vai ser uma surpresa se você não lembrar muito bem o que aconteceu na noite anterior.

Ilhas Similian: Phuket é a melhor cidade para ficar e fazer uma viagem de um dia para as ilhas Similian, um dos parques nacionais mais bonitos do Sudoeste Asiático. Esse é o lugar onde você pode fazer scuva dive com os tubarões baleias – dependendo da estação, é claro!

Compare hostels em Phuket

Ainda não tem certeza o que fazer na Tailândia? Cheque as 11 melhores coisas para fazer!

Melhores lugares para ficar na Tailândia

Bangkok

Fazer um mochilão em Bangkok é um rito de passagem para todo viajante, mas é uma cidade muito intensa e pode ser que você fique um pouco intimidade no começo, especialmente no que diz respeito a que área da cidade ficar. Essas três áreas são os destinos principais para mochileiros – cheias de bares, hostels e pertinho das atrações principais.

Rua Khao San: Essa rua é com certeza a mais conhecida, extremamente popular com viajantes que amam beber e conhecer novas pessoas. A Rua Khao San é cheia de bares, hostels baratos e sons típicos da cidade de Bangkok. Não é a toa que virou um dos pontos de encontro de mochileiros na Tailândia.

Desde a rua principal, você pode caminhar até o Grande Palácio, Wat Pho, Wat Traimit e muitos outros mercados. Se você está procurando por luzes neons e noites super intensas, Khao San Road é o lugar perfeito para você.

Sukhumvit: Com uma vibe mais urbana, Sukhumvit é super na moda para os viajantes modernos. Se você gosta de pão com abacate, beber em bares da moda e comprar coisas com desconto (estamos falando de shoppings com ar condicionado, não mercados de rua), então esse é o lugar para você. Explorar essa área vai te mostrar como Bangkok é diverso.

backpacking thailand - Khao San Road - neon ilghts

📷 @hopewarren

Sukhumvit ganha o prêmio do bar no terraço mais legal. Octave Bar & Lounge fica no andar 45 do Marriot Hotel e é o melhor lugar para beber um drink com classe vendo o pôr do sol e uma vista 360 da cidade. Mais tarde, vá para vários bares diferentes sob as luzes vívidas de Soi Cowboy.

Chinatown: Você não precisa amar comida chinesa para ficar em Chinatown, mas a comida aqui é um ótimo bônus. Tem muitas ruelas super convidativas para você passear e muita história para você conhecer nessa parte de Bangkok. Durante a noite, as ruas ficam super vivas e cheias de lanternas vermelhas e bancas de comida de rua.

Compare hostels em Bangkok

Chiang Mai

Chiang Mai é muito menor do Bangkok, fazendo com que seja muito mais fácil escolher onde ficar. Se você ficar pertinho do portão da cidade antiga ou a entrada para o portão Thae Pae, então você vai estar em uma localização incrível. Isso não quer dizer que você não deveria ficar fora dos muros, isso só significa que você vai ter que caminhar mais para chegar aos pontos turísticos, bares e restaurantes. Mas de repente isso vai ser até bom para queimar todas aquelas calorias do arroz de manga?

Compare hostels em Chiang Mai

Pai

Mesmo que seja pequena, é importante pensar onde você vai ficar em Pai porque a cidade não tem um sistema de transporte público.Se você quiser caminhar para todos os lugares, então a vila de Pai é o melhor lugar para ficar. Se você quiser ficar um pouco mais longe do centro, então ficar perto do rio Pai vai ser perfeito.

Pai é incrivelmente relax, então faz sentido você ficar em uma cabana ou tenda. Só não fique chocado se a primeira coisa que você ver na manhã seja uma vaca te encarando. É totalmente normal.

Compare hostels em Pai

Krabi e Ilhas ao redor

Krabi é geralmente confundida por um destino de ilhas, mas é essencialmente um destino de praia com muitas ilhas ao redor. Você vai encontrar muitos tours, privados ou em grupo, que vão visitar as ilhas todos os dias. A província de Kabri geralmente tem penhascos de calcário e baías turquesas, fazendo com que o lugar seja um dos destinos mais procurados por mochileiros na Tailândia.

Praia Ao Nang Beach: Praia Ao Nang Beach é um lugar para passar o dia no sol e bebendo coquetéis. Uma massagem na praia não vai te custar muito e nem mesmo os deliciosos mojitos. Soa como o paraíso para você? Bem, é o mais perto que você vai conseguir chegar.

Compare hostels em Krabi

Ilha Koh Phi Phi: Feito por sete ilhas, Phi Phi fica entre Phuket e Kraci, fazendo com que seja uma escapadinha perfeito do agito dos dois destinos. Com muitas opções de atividades de aventura oferecidas e uma vida noturna super agitada, Phi Phi é perfeita para os viajantes em busca de adrenalina. Tenha em mente que o lugar tem muitos resorts de luxo, mas também muitos hostels!

Compare hostels em Koh Phi Phi

Koh Lanta:Conhecida por suas praias coral, cumes de calcário e florestas tropicais lindas, Koh Lanta é um paraíso para os amantes da natureza. A melhor praia para os mochileiros é Kantiang, com águas azuis incríveis e um 1km de areia branca. Mesmo que seja um pouco básica, tem tudo que você precisa, com um mercado, algumas lojinhas e muitos bares e restaurantes.

Compare hostels em Koh Lanta

Koh Tao

Não importa aonde você ficar em Koh Tao você vai estar no paraíso. Se você quiser ficar com os mochileiros da moda, a praia Sairee é onde tudo acontece. A cidade é cheia de escolas de mergulho e muitos mochileiros felizes e de ressaca. Se essa não é a sua vibe, é melhor você ficar em Chalok Bay.

Compare hostels em Koh Tao

Koh Phangan

Se você é um dos milhares de mochileiros vindo para Koh Phangan para a Festa da Lua Cheia, então você não deveria deixar de visitar Haad Rin. Para relaxar ainda mais, vá para o Norte Oeste de Koh Phangan, onde você vai encontrar o balanço perfeito entre uma vibe agitada e momentos para relaxar.

backpacking thailand - Koh Phangan

📷 Luke Moss

Compare hostels em Koh Phangan

Koh Samui

Sendo a segunda maior ilha da Tailândia, você vai ter muitas opções de acomodação.A área mais popular para ficar é a praia Chaweng, o lugar perfeito para fazer esportes na água e uma vida noturna maravilhosa. Por outro lado, a praia Maenam é perfeita para quem busca a paz enquanto mantém um bom relacionamento com a conta bancária.

Compare hostels em Koh Samui

Phuket

Phuket é o destino de praia mais visitado na Tailândia e não é difícil ver porque. Tem tanta coisa acontecendo aqui que você vai ficar super ocupado e ter várias opções de acomodações. Se você quiser ficar perto de toda ação, Patong é o lugar perfeito para você. Praias como Rawai e Nai Yang são bem mais calmas, mas mais difíceis de chegar.

Compare hostels em Phuket

Hostels na Tailândia

Sendo um paraíso de mochileiros, hostels são com certeza uma coisa que a Tailândia  não tá em falta e tem um perfeito para todo tipo de mochileiro. Se você puder ficar em um hostel por R$20 s noite, ficar na área mais cool da cidade e conhecer MUITAS pessoas incríveis no caminho, porque você ficaria em qualquer outro lugar?

Se você estiver viajando sozinho, procure por hostels mais cheios e socializar vai ser super natural devido às áreas comuns e atividades oferecidas. Você só precisa ler algumas reviews para entender qual é a vibe do hostel. Você pode entrar no hostel sozinho, mas a gente tem certeza que já na sua primeira noite você vai estar cheio de amigos.

O país é cheio de party hostels, especialmente em Bangkok ou nas super agitadas ilhas de Koh Phangan e Phi Phi. Nesses hostels, você vai participar dos famosos “drinking games” e não existe nada parecido com horário de silêncio. Esses hostels são perfeitos para quem quer aproveitar muito, sem ficar muito tempo na mesma cidade. Lendas dizem que os sinais para reconhecer esse tipo de hostel são bares no terraço, baldes de plástico e pub crawls.  

Você quer se recuperar depois de uma noite pesado? Viajar pode ser cansativo e é importante encontrar um lugar para relaxar. A Tailândia também tem hostels perfeitos para isso. Quartos privativos de luxo por uma barganha? Tem. Piscinas infinitas dignas de um resort? Tem também. Redes de frente para a praia? Sim- Vá para Pai ou outras ilhas para relaxar e encontrar os hostels perfeitos para esse vibe.

A gente tem mais de 1,000 hostels na Tailândia – Dá uma olhada!

Melhores praias na Tailândia

As praias não são todas iguais. Dependendo da vibe que você está atrás, a sua praia ideal poderia ser aquela onde milhares de pessoas fazem festa a noite toda, ou aquela que você provavelmente não vai ver ninguém. Apesar das diferenças, todas essas praias vão te oferecer areia branca, água cristalina e a certeza de que você vai aproveitar muito. .

backpacking thailand - the beach

📷 @hopewarren

Praias para fazer festa:

  • Praia Patong, Phuket
  • Praia Sairee, Koh Tao
  • Praia Sunrise em Haad Rin, Koh Phangan
  • Phi Phi Don, Ilha Phi Phi
  • Praia Chaweng, Koh Samui

Praias para relaxar:

  • Praia Bottle, Koh Phangan
  • Ilha Bamboo, na costa de Krabi
  • Para ver o pôr do sol e nascer do sol , Koh Lipe (Você pode chegar de barco desde Phuket)
  • Phra Nang Beach,  na costa de Krabi
  • Ao Bang Bao, Koh Kood (você pode chegar de barco desde Bangkok)

backpackig thailand - coconuts

📷 @hopewarren

Praias para aventura:

  • Praia Railay, Krabi: melhores para escalar
  • Praia Choeng Mon, Koh Samui: melhor para esportes de água e scuba diving
  • Koh Tachai, Ilha Similan (viaje desde Phuket ou Khao Lak): melhor para fazer scuba diving com baleias e tubarões leopardos
  • Hua Hin, Koh Phangan: melhor para fazer kitesurfing
  • Chumphon Pinnacle, Koh Tao: melhor para fazer scuba diving

Você gosta da vida na praia ? Leia o nosso guia para viajar de ilha em ilha na Tailândia (em inglês)

Os melhores Parques Nacionais na Tailândia

  • Doi Inthanon: Visite esse parque para ver o topo mais alto da Tailândia. Esse parque tem 182m2 e uma paisagem maravilhosa, desde agricultura e lagos lindos até um templo incrível no topo da montanha.

backpacking thailand - Doi Inthanon

📷 @adventuresofsophh

  • Erawan: Para uma cachoeira incrível que você pode nadar. Também tem cavernas que você pode visitar com um guia turístico. O melhor jeito de visitar é fazendo uma viagem de um dia desde Bangkok ou Chiang Mai.
  • Mu Ko Similan: Para paisagens intocadas, água da cor turquesa e a chance de nadar com tubarões baleias. As ilhas granito são cobertas por florestas tropicais e cercadas por alguns dos melhores recifes de corais do sudeste asiático.
  •  Ao Phang Nga: Para viver o seu sonho James Bond e visitar cavernas incríveis. O parque consiste em 42 ilhas com lagoas, falésias de calcário e cavernas que vão te deixar sem palavras.
  • Khao Sok: Para manhãs passados fazendo trilhas em uma floresta tropical e tardes andando de caiaque no lago Cheow Larn. Você também pode ter a sua experiência com elefantes aqui, chegando perto desses fantásticos animais, aprendendo sobre a sua saúde e alimentando e dando banho neles.

 

Rotas de mochilão pela Tailândia

Siga qualquer um desses itinerários para cobrir alguns dos melhores lugares para visitar na Tailândia. Escolha o melhor para você baseado em quanto tempo você pode ficar no país.

Itinerário para mochilar por três semanas na Tailândia

Bangkok – 2 noites 👉 Passar a noite em um trem ou ônibus  👉 Chiang Mai – 4 noites 👉 mini bus 👉 Pai – 3 noites 👉 mini bus, trem durante a noite, ônibus ou balsa Koh Tao – 3 noites 👉 balsa 👉 Koh Samui – 3 noites 👉 balsa e ônibus 👉 Phuket – 2 noites 👉 balsa ou ônibus 👉 Krabi – 3 noites

backpacking thailand -3 weeks backpacking Thailand itinerary

 

2 semanas mochilando pela Tailândia– rota de mochilão pelo norte da Tailândia

Bangkok – 3 noites 👉 trem ou ônibus durante a noite  👉 Chiang Mai – 4 noites 👉 moto/ônibus  👉 Doi Inthanon – 3 noites 👉 moto/ônibus 👉 Chiang Mai👉 mini bus👉 Pai – 3 noites

 

backpacking thailand - 2 weeks backpacking Thailand itinerary

 

 

Itinerário de mochilão por duas semanas na Tailândia – melhores praias na Tailândia

Krabi – 3 noites (com uma viagem de um dia para Koh Lanta) 👉 ônibus ➡️ Koh Tao – 3 noites 👉  Balsa 👉 Koh Phangan – 3 noites👉 Balsa👉 Koh Samui – 3 noites 👉 Balsa e ônibus👉 Phuket – 2 noites

backpacking thailand - best beaches in thailand

 

Itinerário de um mês mochilando pela Tailândia

Rota pela Tailândia do Norte + melhores rotas de praias!

backpacking thailand - 1 month backpacking Thailand itinerary

 

Se você é abençoado com tema e tem a flexibilidade de adicionar mais uma semana na sua viagem, então você pode aumentar a sua estadia em alguma das ilhas!

Viajando pela Tailândia

Embora as estradas tailandesas pareçam um pouco intimidantes, não é difícil ir de um lugar para o outro. Seja uma corrida rápida de tuk-tuk, uma longa jornada de trem noturna ou um vôo doméstico, esta seção vai falar de tudo que você precisa saber.

Transporte Local

Tuk-tuks: você não pode ir embora da Tailândia sem andar em um tuk-tuk. Talvez você fique todo arrepiado ou  fale alguns palavrões sem perceber, mas eles são relativamente seguros e, quando você se acostuma, podem ser muito divertidos. Apenas tenha cuidado com golpes e, para corridas mais longas, pegar um táxi sai mais em conta.

backpacking thailand - tuk tuks

📷 @adventuresofsophh

Songthaews: Songthaews são um tipo de taxi coletivo que você pode encontrar no norte da Tailândia e são um ótimo meio de transporte barato, especialmente em grupo. Conhecidos popularmente como ‘carros vermelhos’, você simplesmente fala ao motorista seu destino final e ele vai decidir se está na rota dele. Para andar em Chiang Mai, qualquer viagem dentro do centro da cidade irá custar apenas 30 baht.

Táxis: Táxis são geralmente mais baratos e confortáveis do que os tuk-tuks – se o taxímetro estiver ligado. Tenha certeza de checar antes, e se o motorista recusar continue procurando por outros táxis até que você ache um honesto. Apenas fique ligado com o trânsito de Bangkok!

MRT: O sistema de metrô de Bangkok. Se você não quer encarar as ruas para pegar um taxi mas precisa chegar a um lugar rápido, você pode usar o MRT. É limpo, eficiente e custa cerca de R$ 5.

Trem: Pegar trem na Tailândia é uma experiência autêntica. Embora provavelmente mais agradável do que andar de ônibus, o trem é, surpreendentemente, o meio de transporte mais lento, razão pela qual as pessoas geralmente escolhem jornadas noturnas. As passagens também tendem a serem vendidas com alguns dias de antecedência, então é melhor planejar sua jornada se você precisa ir de trem. Você pode fazer isso através de uma agência de viagens ou, para evitar pagar comissão, ir até uma estação de trem e comprar diretamente lá.

Há três tipos de classes: primeira, segunda e terceira. A primeira somente está disponível em trens noturnos e tem vagões com ar condicionado e espaço para duas pessoas dormirem. A segunda é a mais econômica, com a opção de ir sentado ou deitado e ar condicionado ou ventilador. A não ser que você esteja viajando uma distância curta, a terceira classe não é recomendada devido à falta de conforto e ventilação.

Ônibus: Pegar ônibus é a forma preferida para longas jornadas na Tailândia por diversos motivos. Há sempre vários ônibus disponíveis, o que significa que é fácil de conseguir passagens de última hora e é muito mais rápido do que ir de trem. Os ônibus funcionam durante o dia e à noite, mas se você tem pouco tempo, opte pela segunda opção. As passagens podem ser adquiridas na estação de ônibus ou através de uma agência no dia da viagem. Se você gosta de se organizar você pode comprar as passagens com antecedência.

Os ônibus podem ser bem frios, por isso leve um cachecol, casaco e algumas meias. Há banheiros à bordo e durante a jornada há algumas paradas onde você pode se alongar e comprar algo para comer.

Balsas: Se você estiver viajando pelas ilhas, as balsas são suas melhores amigas, e com dezenas de empresas diferentes, você nunca vai ter problemas em chegar ao seu próximo destino. Você pode comprar a passagem online no site das operadoras ou através de uma agência. Se você pegar um trem ou ônibus até a balsa é melhor comprar uma passagem que inclui ambos no valor.

Você pode ver os horários e comprar passagens de ônibus, trem e balsa aqui.

Avião: Embora geralmente a opção mais cara, vôos internos na Tailândia podem ser baratos se você planejar com antecedência. Você pode encontrar vôos por cerca de R$ 120 reais e pelo tempo que você economiza viajando, pode valer à  pena. No entanto, se você estiver viajando com bagagem que precisa ser despachada, os vôos podem ficar bem caros.

As empresas aéreas que oferecem vôos domésticos na Tailândia são:

  • Nok Airlines
  • Air Asia
  • Thai Airways
  • Bangkok Airways

Scooters: Faça como os locais e alugue uma scooter para explorar o país no seu ritmo. Se você não tem experiência dirigindo uma, então é melhor não tentar já que as ruas tendem a ser perigosas, especialmente nas cidades. Os preços variam dependendo do tipo, de onde você alugar e por quanto tempo. A maioria dos lugares alugam por 24 horas, mas se você estiver planejando uma viagem longa você pode tentar um desconto. Para uma scooter automática, você vai pagar cerca de R$ 20 reais por 24 horas e para uma scooter mais potente, cerca de R$ 65 reais por 24 horas.

Você vai precisar deixar seu passaporte e/ou cerca de 5,000 bahts de caução, bem como mostrar sua carteira de motorista.

Travelling to and from Bangkok

Viajando de e para Bangkok

De Bangkok para Chiang Mai

  • De trem diurno: 12 hours / R$120
  • De trem noturno: 13 hours / R$120
  • De ônibus: 10 horas 45 minutos / a partir de R$60

De Bangkok para Krabi

  • De ônibus saindo da Estrada Khoa San: 15 horas / R$120
  • De ônibus saindo do Terminal Sul: 12 horas / R$70

De Bangkok para Koh Tao

  • De ônibus + balsa saindo da estrada Khoa San com Lomprayah: a partir de 9 horas / R$120
  • De ônibus + balsa saindo da estrada Khoa San com Songserm: 16 horas / R$120

De Bangkok para Koh Phangan

  • De ônibus + balsa saindo da estrada Khoa San com Lomprayah: a partir de 10 horas / R$150
  • De ônibus + balsa saindo da estrada Khoa San com Songserm: 18 horas / R$85

De Bangkok para Koh Samui

  • De ônibus + balsa saindo da estrada Khoa San com Lomprayah: a partir de 10.5 horas / R$150
  • De ônibus + balsa saindo da estrada Khoa San com Songserm: 17 horas / R$85

De Bangkok para Phuket

  • De ônibus saindo do Terminal Sul: 13 horas / R$70
  • De avião de Don Mueang com Thai Lion Air ou Air Asia: 1.5 horas / R$120

Pegar um trem de Bangkok a Phuket não é a melhor forma de viajar já que você precisa trocar de veículo em Surat Thani e pegar um ônibus para continuar.

Viajando fora de Bangkok

De Krabi para Koh Phi Phi

  • De balsa: 1.5 horas / R$21

De Chiang Mai para Pai

  • De minivan: 3 horas / R$22

A melhor forma de ir até Pai de Chiang Mai (e vice-versa) é de minivan. Com saídas da Arcada de Chiang Mai a cada hora é rápido, fácil e barato ir até o paraíso no topo das montanhas.

De Chiang Mai para Koh Samui

A única compania aérea que conecta Chiang Mai com Koh Samui é a Bangkok Airways. Há aviões duas vezes ao dia mas os preços iniciam em cerca de R$ 680. A melhor forma de fazer o trajeto é saindo de Bangkok então prepare um lanche para a viagem e descanse bem antes porque é uma longa jornada. Foque em como será incrível quando você estiver nadando em águas transparentes como cristal!

De Krabi para Koh Samui

  • De ônibus e balsa para Ao Nang Beach com Lomprayah: 4 horas / R$60

 

Comida Tailandesa

Uma das melhores coisas de viajar é experimentar todas as combinações deliciosas e exóticas de sabores que existem no mundo. A comida tailandesa é uma das mais saborosas cozinhas, com tudo de curries à noodles até as mais frescas frutas tropicais e sobremesas.

É essencial experimentar a comida de rua tailandesa, já que é onde você encontra os mais autênticos sabores. Ao escolher onde e o que comer, preste atenção às condições das barraquinhas e como a comida é feita e mantida. Também é melhor não beber nada com gelo, a não ser que você saiba que seja feito com água mineral. Ninguém aqui tem tempo para passar mal!

10 comidas e bebidas que você PRECISA experimentar na Tailândia

  1. Pad Thai: Ninguém pode pensar em ir até a Tailândia e não encher a barriga com um bom Pad Thai. Uma das comidas tailandesas mais populares, não é estranho ver centenas de barraquinhas de rua vendendo o prato. É uma simples combinação de sabores de noodles fritas de arroz com ovos, cebola, tofu/frango/camarões mergulhadas em molho de peixe, tamarindo e limão. Finalizada com amendoim por cima para uma textura crocante.
    backpacking thailand - pad thai
  2. Pad see eiw: Pad see eiw é um prato parecido com o pad Thai, mas as noodles são mais grossas e mergulhadas em molho de soja. É servido com repolho, brócolis chinês e carne da sua preferência. É o prato perfeito para quem não gosta muito de pimenta e ainda assim quer experimentar os temperos do país.
  3. Geng kheaw wan gai (curry verde): A curry verde é originária do centro do país e é uma das curries mais picantes que existem por lá. Mas não se preocupe, as pimentas verdes são aliviadas com o sabor doce do leite de coco e absorvidas pelo arroz.
  4. Arroz grudento com manga: Arroz grudento com manga é um prato de arroz feito com leite de coco e manga. Sim, apenas isso! É um prato que prova para você que não é necessário um monte de ingredientes para criar algo absolutamente delicioso. Embora seja considerado uma sobremesa, você pode comê-lo em qualquer parte do dia – café da manhã, almoço ou jantar.
  5. Guay teow (sopa de noodles): Outro prato bem popular é o guay teow, uma sopa de noodles com frango, porco ou gado (desculpe, vegetarianos, esta não tem para vocês). As noodles são feitas de ovo ou arroz e mergulhadas em um caldo de carne leve e saboroso. A maioria das sopas de noodles não são picantes, já que combinam açúcar, limão e pimentas secas.
  6. Som tam: Também conhecida como salada de mamão verde, som tam é uma sensação de sabores – doce, salgado, picante e amargo ao mesmo tempo. Se você estiver procurando por algo fresco, leve e saudável, este é o prato perfeito, mesmo se você não gostar de mamão! Você pode pedir como um acompanhamento, prato principal ou comprar em barraquinhas na rua.  
  7. Rolinho Primavera: Todo mundo ama um rolinho primavera – e se você não gosta é hora de dar outra chance a eles! Os rolinhos primavera são popularmente um aperitivo ou lanches disponíveis na maioria de barraquinhas de rua e geralmente bem em conta. São servidos de diversas formas; as combinações mais conhecidas sendo camarão, porco, frango ou vegetais.
  8. Tom yum goong (sopa de camarão picante): Tom yum goong é feito de ingredientes essencialmente tailandeses e é o epítome de comida fresca e saborosa. Se você não é muito bom com comidas picantes, esteja preparado para seus olhos arderem, escolha outro prato ou compre uma garrafa de água e mande a ver (vale 100% à pena).
  9. Roti: Embora comparado à uma panqueca, rotis são mais parecidos com crepes. Você pode preenchê-los com Nutella, morangos, manga e creme, mas o recheio mais comum é banana. É um lanche barato e delicioso (especialmente num dia de ressaca) que vai te dar energia em segundos.
  10. Cha yen (chá tailandês com leite): Um chá com cor de ferrugem que pode ser servido quente ou frio. Geralmente chá preto Ceylon misturado com leite condensado ou evaporado, mas você pode encontrar variedades que misturam chá preto com chá verde, deixando a bebida ainda mais saborosa.

Café da manhã Tailandês

Quando você precisar de algo para encher a barriga depois de uma noite pesada você tem várias opções. A maioria das refeições tailandesas, como guay teow e pad Thai são servidas o dia inteiro, mas há algumas que são específicas para o café da manhã:

  1. Khao tom: Esta sopa densa de arroz é geralmente feita com bolinho de frango ou porco e não é muito apimentada. Pelo contrário, é feita com ervas frescas como erva-cidreira e coentro.
  2. Omelete de ovos: Omeletes na Tailândia são feitas de forma um pouco diferente do que estamos acostumados, mas de forma absolutamente incrível (e bem menos saudável). Ao invés de fritar os ovos em uma frigideira, eles são fritos em uma panela com óleo, deixando a omelete bem crocante por fora e molinha por dentro. A maioria das omeletes são servidas com arroz, principalmente se você sentar para comer.
  3. Frutas frescas: Se você está procurando por algo rápido, então você pode escolher uma das muitas frutas tropicais que você pode encontrar nos mercados e feiras. Você vai ver uma abundância de mangostões, lichias, mangas em pedaços, melancia e rosa maçãs (uma maçã extra crocante e saborosa).
  4. Jok: Um mingau denso e cremoso que é perfeito para manhãs frias. Diferente da maioria dos mingaus, o jok é servido como um prato salgado, com muito alho, gengibre, molho de soja e porco.

Aulas de culinária Tailandesa

Uma das melhores coisas para se fazer na Tailândia é participar de uma aula de culinária tailandesa, especialmente se você se apaixonou pelos sabores do país. Veja aqui algumas das melhores escolhas de gastronomia do país para aprender a cozinhar um delicioso pad Thai e mostrar para todo mundo quando você voltar para casa o gênio da gastronomia que você é.

 

Vida noturna na Tailândia

Uma coisa é certa – os tailandeses sabem fazer festa. Se você gosta de uma noite agitada, então você está com corte. Bebidas são baratas tanto em mercados como nos bares, então não é necessário beber em casa. A maioria das pessoas escolhe um balde de álcool nas festas e bares, o que é basicamente quatro bebidas em uma… não que estejamos tentando te encorajar!

Vida Noturna Bangkok

A vida noturna de Bangkok é a mais agitada do país. Esteja preparado para uma ressaca daquelas no dia seguinte! A estrada Khao San é o centro dos mochileiros onde você vai encontrar multidões de pessoas e música alta, tanto nos bares e baladas como nas ruas. Atravesse para a rua paralela, Soi Rambuttri, e a vibe é bem diferente. Você vai ver bares de reggae, ótima comida e espaços para beber na rua como se fosse um bar na parte de trás de uma van! Vá para Sukhumvit para uma noite mais cosmopolita onde as luzes são mais fortes e as bebidas mais caras. Aqui você vai encontrar lounges de coqueteis em terraços onde você pode curtir o famoso pôr-do-sol da cidade. Os melhores bares em Bangkok para mochileiros incluem o  Brick Bar e o The Club na estrada Khao San e o Demo & Funky Villa e Q Bar em Sukhumvit.

backpacking thailand - bangkok nightlife

📷 @hopewarren

Vida Noturna em Chiang Mai

Chiang Mai é muito mais tranquilo que Bangkok, e isso reflete na vida noturna da cidade também. A cidade é muito menos hedonista mas tem sua cena noturna única. Os melhores bares para mochileiros ficam no centro histórico da cidade, em volta de uma boate ao ar livre chamado Zoe in Yellow. Há cerca de sete ou oito bares ali onde você pode ter certeza que vai ver centenas de viajantes e locais dançando até de manhã qualquer dia da semana.

Vida Noturna em Phuket

A vida noturna de Phuket é incrivelmente brega e bizarra. Para uma melhor chance de conhecer pessoas locais, evite a região turística de Patong e vá até o centro histórico da cidade. Timber Hut é um bom lugar para ver música ao vivo e Kor Tor Mor é uma boate cheia de estilo caso você esteja se sentindo chique. Uma alternativa é ir até o Stone Bar na Praia Kata para beber barato e curtir uma vibe mais despojada.

Vida Noturna nas Ilhas do Sul

As melhores ilhas para curtir a noite são, sem dúvida, Koh Phagan e Koh Phi Phi. A primeira é famosa por sua Festa da Lua Cheia, mas se você não estiver visitando durante o festival, há muitos outros lugares para aproveitar, com uma grande concentração de bares e boates em volta de Haad Rin no sul da ilha. Koh Phi Phi é outro paraíso para mochileiros, e à noite você vai encontrar a maioria deles bebendo nos bares e boates na Vila Tonsai, Leste de Tonsai e na Baía de Loh Dalum. Para experimentar um pouco da vida noturna tailandesa mais despojada, visite as ilhas de Koh Chang, Koh Tao ou Koh Lanta.

backpacking thailand - southern islands nightlife

📷 @hopewarren

Visto para a Tailândia

Os requisitos para entrar na Tailândia dependem de que país você vem. Mas quer saber uma notícia boa demais? Brasileiros não precisam de NADA.

É só chegar no país com seu passaporte válido por 6 meses, o certificado de vacinação internacional com a vacina para Febre Amarela (veja abaixo) e um sorriso no rosto que você vai receber um carimbo e a possibilidade de permanência por até 90 dias no país. Bom demais né?! Para muitos outros viajantes, europeus principalmente, os trâmites são bem mais chatos, então comemora aí 😉

Mais informações no site da Embaixada do Brasil em Bangkok.

Vacinas na Tailândia

As vacinas recomendadas para a Tailândia são hepatite A, tétano e tifóide, bem como hepatite B e raiva se você planeja visitar as áreas mais rurais.

Existe um pequeno risco de malária na Tailândia, principalmente nas áreas florestais em torno das fronteiras internacionais. A maioria das cidades e principais áreas turísticas são classificadas como baixo-risco e portanto comprimidos anti-malária não são indicados. Você deve checar as recomendações para essas áreas caso você deseje visitá-las. A Tailândia também foi categorizada como risco moderado de transmissão do Zika vírus. Ambas doenças são transmitidas através de picadas de mosquito, portanto é recomendado cobrir as pernas e braços sempre que possível e usar repelente de insetos contendo alta porcentagem de DEET.

Leia mais dicas de saúde para viajar na Tailândia aqui.

*Brasileiros precisam comprovar vacinação para Febre Amarela ao entrar na Tailândia. É bem fácil: basta se vacinar gratuitamente em um posto de saúde, pegar o comprovante e levá-lo a uma unidade da Anvisa que então emitirá o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia. Todas as informações estão bem detalhadinhas aqui.

Trabalho na Tailândia para mochileiros

Trabalhando na Tailândia

Há inúmeros trabalhos na Tailândia para mochileiros e você com certeza vai encontrar muitos trabalhando em hostels e bares. É um ótimo jeito de economizar enquanto viaja e fazer amigos, mas você vai precisar aplicar para um visto de trabalho.

A melhor forma de encontrar trabalhos é enquanto estiver viajando. A maioria dos hostels e bares vão ter anúncios visíveis se estiverem procurando por trabalhadores, e você sempre pode perguntar. Na maioria dos casos, você vai trabalhar alguns dias em troca de cama, comida e bebidas e, dependendo do seu visto, dinheiro. Isso significa que você pode diminuir suas despesas e ter mais tempo para explorar a área.

Trabalho voluntário na Tailândia

A Tailândia tem muitas oportunidades de trabalho voluntário, com programas variando de educação até bem estar de animais e trabalhos médicos. Você pode achar que trabalho voluntário não tem custos, mas você tem que pagar quando se candidatar a um programa por uma empresa certificada. É aconselhado fazer isso, apenas tenha certeza que a empresa é de confiança antes de pagar. Veja aqui algumas organizações recomendadas e com boa reputação:

Você também pode ajudar com as limpezas regulares nas praias no sul do país. Para acompanhar, veja Trash Hero.

backpacking thailand - elephants

📷 @hopewarren

 

Cultura e costumes Tailandeses

Se você passar por um tailandês na rua e seus olhos se encontrarem, sorria e você certamente receberá um sorriso de volta. Tailandeses têm coração de ouro e farão qualquer coisa para tornar sua experiência na Tailândia ainda mais especial.

Religião na Tailândia

Aproximadamente 95% dos tailandeses seguem o Budismo Theravada, refletido nos espetaculares templos que podem ser vistos por todo o país. A outra pequena porcentagem é formada de Islamismo, Cristianismo e Judaísmo. A religião é importante na Tailândia e os viajantes devem respeitar quando visitarem locais sagrados. Os ombros e joelhos deve sempre estar cobertos e os sapatos devem ser removidos antes de entrar. É também considerado desrespeitoso apontar seus pés em direção do Buda ou outra pessoa, então se você sentar no chão, cruze suas pernas.

backpacking thailand - thai religion

📷 @hopewarren

Frases Tailandesas Úteis

Novos idiomas podem ser intimidantes mas aprender os básicos pode ajudar muito. Saber como dizer oi em tailandês pode te ajudar a ganhar uma colher extra de arroz grudento com manga!

Olá: Sawasdee

Tudo bem? Sa bai dee mai

Tchau: La gorn

Sim: Chai

Não: Mai

Talvez: Aaj ja

Obrigada: Khop khun

Desculpa/Com licença: Khor thoad

Quanto custa? Ra ka tao rai

Pode dar um desconto? Lot noi dai ma

Onde fica o banheiro? Mee Hong-num mai

Bom saber: se você for homem, é considerado educado adicionar ‘khrup’ no final da frase, e para mulheres, ‘ka’.

A Tailândia é segura?

Thailand is deemed very safe for backpackers, but it’s still important to take precautions and know how to avoid trouble. It’s a trip of a lifetime and the last thing you want is to cut it short, fall foul to petty scams or have your valuables stolen.

A Tailândia é considerada muito segura para mochileiros, mas mesmo assim é importante tomar precauções e saber como evitar problemas. É uma viagem que você vai lembrar a vida toda e a última coisa que você quer é torná-la mais curta, cair em golpes (em inglês) ou ter seus pertences furtados.

Nas festas: Ninguém gosta de quem causa problemas em festas, mas a maioria dos incidentes acontecem quando há álcool ou drogas envolvidos. É provável que você fique tão bêbado que você esqueça esse parágrafo, mas se há algo que você deve lembrar são estes dois pontos:

  • Baldes de álcool podem ser letais: todo mochileiro que viaja para a Tailândia vai beber um ou dois baldes em uma noite – afinal, é super divertido. Mas aproveite com cuidado. Os  bares geralmente usam álcool barato, e os baldes são também uma forma fácil de alguém colocar drogas na sua bebida. Faça o mesmo que faz em casa: olhe o que estiver bebendo e não deixe ninguém comprar uma bebida para você se não estiver junto.
  • Drogas podem ser perigosas: Polícia disfarçada frequentemente tenta vender drogas aos turistas. Isto acontece muito na Festa da Lua Cheia em Koh Phangan, então tenha cuidado – você não vai querer pagar uma multa alta, ou pior, passar um tempo numa cadeia tailandesa.

No hostel: Infelizmente, pequenos delitos em hostels às vezes acontecem. Use cadeados nos armários e malas onde você guarda seu dinheiro, passaporte e pertences de valor. Traga com você seu próprio cadeado, já que nem sempre eles são fornecidos.

Nas ruas: Furtos nas ruas e no transporte público podem acontecer, mas é só ter cuidado. Carregue sua mochila ou bolsa perto de você e coloque na sua frente em áreas cheias de gente. Se você alugar uma bicicleta, não use a cestinha a não ser que você possa prender seus pertences com cadeado.  

 

Dicas de viagem para a Tailândia

O que levar para a Tailândia

Fazer as malas para a Tailândia não é tão simples quanto jogar todos os seus biquínis na mala e alguns pares de chinelo! Com clima quente e úmido o ano todo, é importante planejar o que você vai levar. Veja aqui uma lista do que levar para a Tailândia se você estiver mochilando:

backpacking thailand - what to pack for thailand

Os 10 Essenciais:

Uma toalha de microfibra: Diga adeus ao algodão egípcio e compre uma toalha de microfibra. Além de leves e compactas, elas secam quase instantaneamente. Cuide que muitos hostels na Tailândia não oferecem toalha, e se eles o fazem é bem provável que você tenha que pagar por elas.

Adaptador de tomada: Se você quiser usar seus eletrônicos na Tailândia, você vai precisar de um adaptador para as tomadas. As tomadas são de 220 voltas e as saídas tem dois pontos redondos ou retangulares.

Pochete: O que uma vez era apenas usado pelos nossos pais é agora nosso acessório favorito. Você não precisa usar o tempo todo, mas uma pochete pode ser bem útil quando viajar em transporte público, especialmente em ônibus noturnos e trens. É uma forma fácil de garantir que seu dinheiro, passaporte e cartões fiquem seguros.

Chinelos: Você pode trazê-los com você ou comprar quando chegar, mas de qualquer forma você vai precisar deles. Não somente você vai viver neles enquanto estiver viajando, eles també serão seu amigo na hora de tomar banho em banheiros comunitários.

Carregador portátil: O Spotify está acabando com a bateria do seu celular nas suas viagens de 12 horas? Ou você está postando tanto no Instagram que recebeu a notificação de que só tem 10% de bateria? Um carregador portátil vai te salvar em muitas situações. Alguns podem fornecer cerca de 10 cargas, então você jamais vai ficar sem música, mapas ou jogos.

Cachecol:  Porque levar um cachecol para um país que raramente faz menos do que 20 graus? Bem, um cachecol leve é perfeito para se cobrir para entrar nos templos – assim você pode se vestir para o calor durante o dia e ainda estar coberta quando precisar!

Lavanda: Este óleo essencial tem tantas qualidades incríveis e é uma bênção quando um mosquito de picar. Espalhe um pouco de lavanda na picada para aliviar a coceira quase que instantaneamente. É também ótimo se você estiver com dificuldade para dormir ou estressado.

Vários cadeados com código: Não há dúvida disso, cadeados com chaves são arriscados, principalmente se você estiver cansado ou beber demais. É melhor comprar pelo menos dois grandes cadeados com código. Você vai precisar deles para deixar seus pertences seguros nos hostels e durante as viagens.

Fones de ouvido: Você não percebe o quão essencial música é até passar 12 horas dentro de um ônibus. Traga seus fones de ouvido e baixe muitas músicas e podcasts antes de cada jornada.

Um celular desbloqueado: Isso significa que você pode usar qualquer chip, em qualquer lugar do mundo. Usar um chip local pode ser bem útil quando você se perder dos seus amigos na estrada Khao San ou ficar sem conexão WiFi!

Para mais dicas, veja nosso guia completo Lista do que Levar para a Tailândia (em inglês)

O que vestir na Tailândia

Os tailandeses são, no geral, bem casuais, então não há razão para levar nada na mala como se estivesse indo para uma viagem à Las Vegas. A maioria dos viajantes levam várias calças elefante baratas e usam elas todos os dias. Na praia, ficar de roupa de banho é comum, apenas respeite quando estiver nas cidades.

Em termos de roupas, você não precisa de muito. Leve apenas o necessário para uma semana já que você provavelmente vai querer comprar roupas lá. As feiras de roupas são super baratas e as peças são muito mais amadas quando vêm com memórias.

É melhor deixar seus óculos de sol caros e relógios em casa. Você pode comprar alguns nas feiras locais por quase nada. Assim, se você tiver uma noite mais intensa e perdê-los, você não vai ficar de coração partido.

Dicas de viagem na Tailândia

  • Não beba água da torneira – isso significa que você também deve evitar comprar sucos e smoothies que tenham gelo.
  • Sempre verifique o preço antes de andar em um tuk-tuk. Na maioria das vezes, os motoristas vão tentar pedir por mais dinheiro, mas fique firme e você economizará bastante.
  • Tenha cuidado com golpes – você pode ser abordado por um estranho informando que o tempo que você está tentando visitar está fechado para um feriado público. Isto é para tentar vender um tour para outra atração, então pesquise bem antes de cair em uma dessas.
  • Deixe rolar – enquanto estiver viajando pela Tailândia, você pode ter certeza que vai encontrar pessoas legais que podem se tornar grandes amigos e parceiros de viagem. Se você organizar as coisas com muita antecedência, pode ser que perca oportunidades de viajar com eles!
  • Pechinche! Nas feiras, os preços geralmente começam altos – jeito dos vendedores para atrair turistas e ganhar mais. Não tenha medo de pechinchar, mas saiba quando é hora de parar..
  • Se você planeja andar de motocicleta, use capacete, roupas longas e sapatos fechados. Se você não tem experiência dirigindo, é melhor evitar já que as estradas são tumultuadas e potencialmente perigosas.
  • O horário tailandês fica 9 horas na frente do Brasil.  

Turismo animal responsável

É muito importante estar atento ao turismo animal quando estiver viajando, e alguns lugares na Tailândia são particularmente problemáticos quando o assunto é exploração e crueldade. Pode parecer um sonho andar num elefante ou passar a mão em um tigre, mas há uma realidade sombria por trás dessas atrações. Isso não quer dizer que você deve desistir de ver os elefantes, macacos e outros animais locais, mas sim procure fazê-los com responsabilidade. Aqui tem uma lista de organizações que permitem que você veja os animais de perto e não praticam nenhuma forma de crueldade.

backpacking thailand - monkey

📷 @hopewarren

Custo de viajar para a Tailândia

O quanto mochilar na Tailândia vai custar depende de um número de fatores – por exemplo, se você vai ficar em dormitórios compartilhados de R$20 reais ou em quartos privados de R$70. Se você pretende beber bastante, é óbvio que vai gastar mais. Mas a boa notícia é que o custo de vida no país é relativamente baixo – uma das muitas razões pelas quais os mochileiros o amam tanto!

Como regra geral, permita cerca de R$ 120-150 reais por dia. Isto é uma quantia razoável que você nem vai gastar na maioria dos dias.

A moeda na Tailândia é o  baht, e o índice de conversão de baht para real é de 1 para 0.11! Alguns valores para lembrar:

  • 50 baht = R$ 5,50
  • 150 baht = R$ 16,50
  • 500 baht = R$ 56,00

Accomodação

  • Cama em dormitório compartilhado em hostel: R$25-30
  • Quarto privado: R$70

Alimentação e Bebida

  • Comida de rua: R$5-10
  • Refeição em restaurantel: R$5-10
  • Garrafa de cerveja: R$7-8
  • Balde de álcool: R$20
  • Café: R$5
  • Suco fresco: R$2.50

Transporte

  • Ônibus ou trem local: R$5
  • Transporte regional/longa distância: R$50-60
  • Vôos regionais (sem bagagem despachada): a partir de R$120
  • Tuk-tuk: o preço que você vaga depende da distância viajada. Pode ser uma forma bem barata de chegar de um ponto ao outro, mas não é aconselhado para viagens longas. Espere pagar entre R$5-25.
  • Aluguel de bicicleta: R$5 pelo dia
  • Aluguel de scooter: R$25 pelo dia

Atividades e Tours

  • Aula de culinária: R$100
  • Templos: de graça – R$8
  • Massagem tailandesa: R$8
  • Scuba diving: R$220 por um dia/ R$340 para um curso de 3 dias
  • Partida de Muay Thai: a partir de R$25
  • Excursões de um dia para as ilhas: a partir de R$120

 

Independentemente de você estar mergulhando de cara na sua primeira viagem solo ou embarcando em uma aventura da vida com seus melhores amigos, a Tailândia vai deixar você com lembranças para a vida toda e com muita vontade de voltar. Então, vá e tire do armário sua mochila, procure por vôos em conta e deixe os bons tempos virem. Afinal, nós apenas nos arrependemos das viagens que não fazemos!

Foi mordido pelo bichinho da viagem? Veja nosso guia completo para mochilar no Sudeste Asiático.

 

📚 Sobre a autora 📚

Sophie Spencer é uma blogueira de viagem australiana que vive pela aventura e adora sair da sua zona de conforto. Ela criou As Aventuras de Soph para inspirar outros viajantes a serem corajosos e mudarem o seu jeito de viajar. Mas junto com as coisas boas, ela também compartilha as partes mais chatas de viajar, falando abertamente sobre sáude mental, pequenos acidentes e os tempos mais díficis seja na estrada ou fora dela.

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/mochilao-na-tailandia/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Laura Carniel

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.