Como fazer um mochilão de carro por Portugal

Como fazer um mochilão de carro por Portugal

Procurando um guia que possa realmente te ajudar a fazer uma viagem econômica de carro por Portugal? Quando vocês estão vindo com a farinha, a gente tá voltando com o bolo prontinho, amigos.

Meu nome é Carol, trabalho aqui no Hostelworld, e neste post vou abordar todas as questões práticas pra te ajudar a fazer sua viagem por Portugal de carro a mais incrível (e econômica) de todos os tempos!

Como planejar o seu roteiro

Vamos começar pelo começo: o planejamento do seu roteiro. Ele vai determinar as prioridades da sua viagem e, mesmo que você queira ser espontâneo, é importante ter pelo menos uma ideia do que fazer para não se perder – tanto no caminho quanto no orçamento. As três perguntas chave a se fazer neste momento são: quantos dias você tem? Qual o seu estilo de viagem (praia, cidade, montanha)? Quanta grana você tem?

Tire um tempinho para refletir sobre estas coisas, colocar as ideias no papel mesmo.

Vou usar a minha viagem como exemplo e responder as três perguntas só para te dar uma ideia de como funciona e como você não precisa ter uma resposta 100% certeira neste primeiro momento.

  • Quantos dias você tem? Entre 12 e 15 dias – contando os dias da viagem de avião.
  • Qual o seu estilo de viagem (praia, cidade, montanha)? Praia! Mas também quero visitar algumas das principais cidades.
  • Quanta grana você tem? Ainda não sei, mas algo em torno de R$5.000 sem contar as passagens de avião.

Tendo suas respostas em mente, já dá para começar a criar um roteiro que combine com você. A partir disto você pode planejar onde dormir, qual carro pegar e se você quiser focar em praias e algumas cidades chave como Porto e Lisboa. No final do post eu te dou o caminho das pedras de onde ir exatamente eu fui todos os dias. É uma baita mão na roda. Então continua lendo que vai valer a pena.

Acomodação: como escolher seu hostel em Portugal

Arrisco dizer que encontrar um bom hostel em Portugal vai ser a missão mais fácil da sua viagem mochileira. Os portugas têm uma oferta incrível de hostels nas principais cidades para ninguém botar defeito. Então, para começar a sua pesquisa, dê uma olhada no neste post – Portugal de ponta a ponta: seu guia definitivo dos melhores hostels em todo o país.

Para quem curte uma recomendação mais pessoal, o meu hostel predileto é o Lisbon Poets, em Lisboa. Já fiquei lá nas duas vezes, uma vez em quarto compartilhado e outra em um quarto privado no Lisbon Poets Privates.

Quarto do  Lisbon Poets Privates

Nos dois casos eu tive uma ótima experiência. O pessoal do staff é solícito e gente boa, a localização é super central e é tudo muito limpo e arrumadinho. O Lisbon Poets Privats foi uma das melhores paradas da minha viagem de carro por Portugal. O quarto era espaçoso, limpo, bem decorado e tinha ar condicionado (muito importante para os dias de muito calor em Lisboa). Reserve aqui pelo Hostelworld: Lisbon Poets Privates.

Áreas comum e dormitório do Lisbon Poets

E para quem quer ter acesso às áreas comuns (no Privates não tem): Lisbon Poets.

Planejamento de viagem: documentação e dicas práticas

Antes de sair do Brasil para qualquer viagem internacional, programe-se com antecedência para as burocracias. No caso de Porugal é até tranquilo – então se liga nas regras abaixo e pontos de atenção.

Visto para brasileiros em Portugal

Se a sua viagem for turística e por menos que 90 dias, você não precisa de visto para entrar em Portugal. Você só precisa de um passaporte com validade mínima superior a três meses da data da sua volta ao Brasil. Preferencialmente seis meses.

Confira sempre as informações no site oficial do Consulado Português.

Imigração

Se o seu vôo for direto ou se não tiver escalas internacionais você vai passar pela imigração somente na chegada em Portugal. O que é importante levar para os policiais?

  • Passaporte (respeitando a validade recomendada – falei disso logo ali em cima)
  • Passagem de ida e de volta
  • Comprovante de reserva do seu hostel
  • Comprovante de que você trabalha no Brasil
  • Comprovante de que você tem dinheiro para se sustentar durante a estadia em Portugal. Podem ser saldos bancários e fatura do cartão mostrando o seu limite, por exemplo.
  • Seguro de viagem obrigatório

No site oficial do Consulado Português tem informações mais completas e detalhadas. Aqui está o link. Não deixe de ler!

Caso tenha escalas em outros países da União Europeia antes do seu destino final em Portugal, você vai precisar passar pela imigração deste país também. Em geral os documentos são os mesmos, mas não deixe de pesquisar as regras específicas do país no site do Consulado ou Embaixada deles. É melhor previnir do que remediar.

Dinheiro

A moeda em Portugal é o euro. A opção mais barata é levar em sua grana em dinheiro vivo já que o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é 0,38%. Além disso, você controla melhor a cotação já que você pode ficar de olho nas oscilações do euro com antecedência e ir trocar seu dinheiro no dia que estiver mais baixo. Fique atento pois o limite para levar a sua grana viva é de R$10.000 – caso seja maior você tem que declarar na Receita Federal.

Já o cartão de crédito internacional e os travel moneys tem um IOF de 6,38%. Além disso as suas compras só serão convertidas para o real no dia do fechamento da fatura e se a cotação estiver cara neste dia não há muito que possa ser feito. Este é um valor que pode pesar no orçamento de um mochileiro como eu. Mas por outro lado é bem mais seguro.

No caso do dinheiro vivo, se acontece algo, você não pode ligar pro banco e cancelar como faria com um cartão. Por isso, pondere as opções. Será que é melhor levar uma parte em dinheiro, guardada em diferentes lugares ou/e em doleira, e outra parte em cartões? Eu particularmente prefiro assim. Outros viajantes preferem só cartões. Outros preferem só dinheiro. Pesquise e decida qual funciona mais para você.

Passagem de avião para Portugal

Muitas companhias aéreas fazem voos do Brasil para Portugal, o que é uma boa notícia para nós, mochileiros. Mais oferta significa mais chances de encontrar bons preços. As duas que fazem voos diretos são a TAP e a Azul. Mas com escala tem Iberia, LATAM, Air France, British Airlines, KLM e por aí vai…

Temos um post todinho sobre como encontrar passagens baratas em qualquer lugar do mundo. Segue estas dicas que você vai se dar bem: Os 10 Mandamentos de Como Encontrar Voos Baratos

Como alugar um carro em Portugal

Ok, já planejamos o roteiro, orçamento, acomodação, burocracias, passagens… chegou a hora de pensar no aluguel do carro em Portugal e tomar mais algumas decisões ponderadas.

Comece sua pesquisa comparando preços em sites especializados como o RentCars.com ou RentalCars.com.

Relação custo benefício: empresas low cost ou tradicionais?

A princípio você vai ficar encantado com o preço do aluguel de carro em Portugal. Isso porque existem um monte de empresas low cost que cobram muito barato pelo aluguel exclusivamente, mas não incluem nada além disso. E você precisa levar em consideração o combustível, pedágio, seguro e etc.

O que levar em consideração, exatamente?

  • Locadoras

As mais conhecidas são a Alamo, Europcar, Sixt, Hertz, Avis, Budget e Enterprise. Tem preços melhores em locadoras low cost, mas eu sou meio conservadora nestas coisas e preferi ir com a Enterprise, que está entre as mais conhecidas.

  • Antecedência

Alugar um carro na hora, espontâneamente, parece ser legal, mas sempre sai mais caro. O quanto antes você fizer a sua pesquisa e alugar, melhor. Além de bons preços você também garante o carro da sua preferência vai estar disponível.

  • Partida e chegada

Pegar o carro na mesma cidade que vai devolver é uma mega economia. Eu não tive esta escolha pois meu vôo chegava no Porto e partia de Faro, mas se você puder programar seu roteiro para devolver no mesmo lugar que chegou, faça isso e economize!

  • Quantas pessoas vão dividir

O ideal é ter outros viajantes para dividir o custo do aluguel. Assim vocês podem garantir coberturas como o seguro completo e dividir o valor por todo mundo.

  • Seguro

Existe o seguro básico, que normalmente cobre batidas e roubo, e, em geral, já está incluso no orçamento. Esta é a opção mais barata e vale a pena principalmente se você não vai fazer um roteiro pelo meio do mato, optando sempre por rodovias pavimentadas, e se tem um lugar seguro para deixar o carro quando não está usando. O que acontece é que eles vão precisar bloquear um valor alto no seu cartão de crédito para o caso de ter algum prejuízo no carro que eles tenham que abater no final da viagem. Este valor vai depender de quantos dias você vai ficar, mas no nosso caso eram quase 1,000 euros então leve o cartão com muito limite.

Existe também o seguro completo, que cobre absolutamente tudo, até um arranhadinho no vidro. Optar por isto é uma tremenda tranquilidade, mas é também um buraco no orçamento. No nosso caso o valor do seguro completo era quase 400 euros porque é o cálculo é feito por dia e a minha viagem foi relativamente longa, 15 dias. Se você vai ficar cinco dias ou menos, aconselho demais esta opção, principalmente se tiver uma galera para dividir.

  • Pedágio

A melhor opção para quem está alugando carro em Portugal é já pedir o serviço de pedágio incluído. O carro vem com um adesivo no topo do vidro da frente que te dá acesso a todas as estradas do país sem ter que parar para pagar ou ir juntando papéis para pagar depois. No final da sua viagem a locadora vai calcular todos os pedágios que você utilizou – muito mais prático. No caso da Enterprise, a que eu escolhi, eles bloqueam 120 euros no seu cartão para pedágios. Se você gastar menos, eles te devolvem. Se gastar a mais, eles te mandam a fatura e assim que você autorizar o pagamento eles tiram o valor do seu cartão de crédito.

Como é dirigir em Portugal?

As estradas são muito boas, os motoristas são educados. Em geral é bem fácil!

Precisa de carteira de motorista especial para dirigir em Portugal?

Não. A CNH brasileira + passaporte válido são tudo que você precisa se for ficar lá menos que 90 dias.

O meu roteiro

Aqui está um mapinha interativo (só clicar na imagem!) e a lista completa de todos os lugares por onde passei durante a minha viagem de 15 dias.

Dia 1,2 e 3:

– Porto

Dia 4:

– Aveiro

– Figueira da Foz

Dia 5:

– Peniche (surf)

– Óbidos

Dia 6:

– Azenhas do Mar

– Parque Natural de Sintra-Cascais (Sintra, Palácio Nacional da Pena, Quinta da Regaleira)

Dias 7, 8 e 9:

– Lisboa

Dias 10, 11 e 12:

– Parque Natural da Arrábida (praia Portinho da Arrábida)

– Zambujeira do Mar (e praia)

– Praia do Carvalhal

– Praia Odeceixe

– Praia Aljezur

– Sagres

Dias 13, 14 e 15:

– Lagos

– Portimão

– Caves de Benagil

– Praia da Marinha

 

Essa foi a minha viagem e as minhas dicas! E você, já fez um mochilão por Portugal? Quer fazer um? Conta para a gente nos comentários 😉

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/mochilao-de-carro-por-portugal/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Carol Guido

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.