Melhores lugares para visitar na Europa: As cidades que você precisa conhecer na sua primeira Eurotrip

Melhores lugares para visitar na Europa: As cidades que você precisa conhecer na sua primeira Eurotrip

Uma viagem pela Europa. A quintessência do ritual de passagem de qualquer apaixonado por viagens, e muitas vezes, a viagem mais esperada. Mas o termo “Eurotrip” é, obviamente, muito vago para alguém que nunca colocou os pés no continente, e decidir quais países conhecer pode ser um desafio. Como sempre, seus amigos do Hostelworld estão aqui para ajudar. Nós estivemos por toda a Europa e experimentamos um pouquinho de cada país para você. Aqui está uma lista dos melhores lugares para visitar na Europa na sua primeira viagem por lá. Então, bon voyage, viel glück e olé!

Paris

Uh lá lá! Nenhuma viagem à Europa é completa sem se apaixonar pela Cidade do Amor! Paris vai muito além de duas atrações turísticas… Não é que você não deva visitar o Louvre ou a Notre-Dame ou subir ao topo da Torre Eiffel – na verdade, você estaria perdendo muito se não fizesse isso tudo! Um passeio noturno ao longo das Champs-Elysees em direção ao Arco do Trinfo iluminado contra o céu é nada menos do que mágico. Melhor ainda se você marcar a caminhada em um horário que possa ver o show de luzes da Torre Eiffel (de hora em hora, até às 5).

No entanto, Paris é uma cidade grande e diversificada, composta por vinte distritos que dividem diferenças e semelhanças em igual quantidade. Suba ao ponto mais alto de Paris, onde fica a Basílica do Sagrado Coração (Basilique du Sacre-Coeur) e tenha a melhor vista de toda a cidade. No caminho de volta pelas encantadoras ruas de Montmartre, vá ao café Led Deux Moulins, cenário do filme mais famoso já exportado por Paris, O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, onde você pode até pedir um crème brûlée à la Amélie – e não esqueça de sentar do lado de fora para aproveitar o melhor da cultura dos cafés parisienses!

Um pouco menos conhecida, mas tão digna de uma visita, é a Grande Mesquita de Paris. Situada um pouco longe dos típicos arrondissements turísticos, a Mesquita – embora pareça despretensiosa do lado de fora – é um dos edifícios mais bonitos da cidade. Após sua visita, relaxe no pátio da sala de chá logo ao lado, onde você pode desfrutar de um chá de menta e doces tradicionais.

Mas não fique muito cheio, já que a Chinatown de Paris (Quartier Chinois) fica ao virar a esquina, com muitos restaurantes e um mercado noturno cheio de comidas para aproveitar! Siga um pouco mais para o norte e entre no Wanderlust, um bar na cobertura popular com vista para o Rio Sena, que muitas vezes abriga festas com uma mistura com DJs de house e hip-hop.

Se o seu gosto musical foi mais old-school, volte para Montmartre e vá ao Au Lapin Agile, um dos mais antigos cabarés de Paris. Ao entrar na famosa casa rosa choque, você será conduzido a uma sala de piano pouco iluminada e será servido de uma taça de vinho, enquanto os outros clientes são acomodados nas mesas vazias (que já receberam visitantes ilustres como Pablo Picasso e Charlie Chaplin, sabia?). Os clientes são convidados a participar quando o show começa com os tradicionais chansons franceses, mas se você não souber acompanhar, apenas relaxe e aproveite o momento! C’est la vie!

Hostels em Paris

Best places to visit in Europe - Paris

Torre Eiffel 📷@pagosworld

Best places to visit in Europe - Mosque

Grande Mesquita de Paris 📷@waiidah.x

Londres

Londres é tão diversa quanto é icônica, com atrações conhecidas a cada esquina e os clássicos ônibus vermelhos e táxis pretos percorrendo todas as ruas. A cidade é um dos destinos turísticos mais populares da Europa, com enorme fluxo de viajantes ano após ano e um dos melhores lugares para conhecer na Europa.

E nem tudo é sobre peixes com fritas e pints de cerveja, os londrinos também gostam de festas de música eletrônica em armazéns, bares pop-up e a melhor comida do sul da Ásia que você pode comer fora da Índia. Tudo bem, o tempo parece meio triste com frequência, mas não deixe que a chuva diminua sua paixão por Londres. Passe a tarde vendo os milionários de Mayfair e a Galeria de Arte Saatchi (Saatchi Art Gallery), depois vá até a Brixton de Bowie para um ambiente mais alternativo e elétrico. A parte de Londres menos turística tem uma vibe única. Shoreditch, Brixton e Camden estão entre os bairros mais legais da cidade, e servem como ponto de encontro populares entre os jovens londrinos. Prove a comida de rua de Camden e caminhe pela sua peculiar rua principal ou descubra o que está escondido nos contêineres do Pop Brixton. Como diz o ditado, o homem cansado de Londres, é um homem cansado da vida!

Dica: Algumas das melhores vistas de Londres são totalmente grátis! Caminha ao longo do Rio Tamisa, atravesse a Ponte de Waterloo (Waterloo Bridge) e observe a London Eye, o Big Ben, as Casas do Parlamento, o The Shard, The Gherkin e basicamente todos os pontos famosos da cidade. Faça a foto perfeita do horizonte de Londres sem gastar um único dime!

Hostels em Londres

Best places to visit in Europe - London

Vista a partir da ponte Golden Jubilee 📷@pierdepe

Best places to visit in Europe - Pop Brixton

Pop Brixton 📷@zizzleblog

Lisboa

Um dos destinos turísticos mais em alta da atualidade, Lisboa é a primeira parada perfeita para brasileiros fazendo uma Eurotrip: une a facilidade da língua a voos Brasil-Lisboa com bons preços. Cada ruela da capital guarda charmosas surpresas, então, por mais clichê que essa dica seja, acredite, apenas caminhar pelo centro, sem direção certa, é um dos programas mais legais para se fazer por lá. Então, no pré-viagem, lembre-se de preparar as pernas para caminhar bastante pelas NADA planas ruas de Lisboa!

Não faltam atrações em Lisboa e o bom é que você pode optar por visitar os mais famosos cartões postais ou nem dedicar muito tempo a eles e, mesmo assim, ter uma ótima viagem. No centro, não dá para deixar de visitar a Praça do Comércio, ornamentada pelo Arco da Rua Augusta, o Castelo de São Jorge, de influência moura e construído no século 14, e, pelo menos, dois miradouros, com o da Graça e o de Santa Luzia. Também famosos são os elevadores da capital, como o de Santa Justa, e as cen-te-nas de igrejas, como a Sé de Lisboa, que guarda impressionantes capelas e escavações arqueológicas.

Ainda na região central e localizado no Chiado (um dos melhores bairros de Lisboa), o Museu Arqueológico do Carmo encanta com suas ruínas que são uma das principais marcas do Terremoto de 1755, abalo sísmico que quase destruiu Lisboa por completo. Outros museus interessantes são o Calouste Gulbenkian, de coleção internacional, o Museu do Aljube, sobre a ditadura que comandou Portugal por mais de 40 anos no século 20, e o Museu do Oriente, grandioso e moderno. Quem quer um programa inusitado pode se dirigir à Estufa Fria de Lisboa, construída no Parque Eduardo VII. Você deve estar pensando: “Eu lá vou perder tempo com estufa??”. Mas, prometemos, não é uma estufa qualquer! O local é imenso e com diferentes níveis e ambientes, que, além de impressionar até quem não tem o menor interesse por plantas, rende lindas fotos.

Já um pouco afastado do centro fica Belém, bairro muito procurado por turistas por guardar algumas das atrações mais icônicas de Lisboa, com o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém e o Padrão dos Descobrimentos, todos próximos e impressionantes. Outro fator que faz de Lisboa um destino completo é que dali é possível chegar – de forma fácil, barata e rápida – em diversas cidades das redondezas, como Sintra, Caiscais, Óbidos e Évora, essas perfeitas para viagens de um dia. Já com mais tempo dá para visitar cidades famosas, como Porto, Lagos e Coimbra, ou explorar mais desconhecidas, como Braga e Tomar.

E, para finalizar, não podíamos deixar de comentar que Lisboa apresenta outros três atributos fantásticos: gastronomia deliciosa, vida noturna agitada e hostels de altíssimo nivel! Por toda a cidade há incríveis restaurantes para provar a cozinha portuguesa e também a internacional, normalmente por precinhos bem camaradas. Não deixe de provar, é claro, o pastel de nata e o bacalhau, e de ir no Time Out Market, uma “praça de alimentação chique” criada no antigo Mercado da Ribeira. Para quem quer curtir a noite lisboeta, um dos melhores destinos é a Pink Street (parte da Rua Nova do Carvalho que foi pintada de rosa), onde se encontram diversos clubes, bares, turistas e nativos.

Hostels em Lisboa

A Rua Augusta 📷@iamigerbase

Convento do Carmo 📷@iamigerbase

Budapeste

Vamos combinar, o leste europeu não é o primeiro lugar que vem na nossa mente quando pensamos na nossa primeira Eurotrip, mas você vai ter que confiar na gente e acreditar que vale MUITO A PENA conhecer Budapeste. Se você ama história, prédios lindos, comida maravilhosa e o melhor, tudo dentro de um orçamento mochileiro, Budapeste é a cidade para você.

A primeira coisa interessante sobre a cidade é que ela é de fato dividida pelo rio Danúbio entre Buda e Peste. Você provavelmente vai passar a maior parte do seu tempo em Buda, mas vale a pena fazer uma visitinha ao outro lado do rio para conhecer o Castelo de Buda, com uma vista incrível, e o Bastião dos Pescadores. A gente também recomenda fazer um passeio de barco pelo Rio Danúbio para você ver o melhor dos dois lados!

Não deixe de visitar o Parlamento de Budapeste, um prédio ENORME, que só perde em dimensão para o Parlamento de Bucareste e o Parlamento de Buenos Aires. O prédio é lindo e fica na beira do rio, perfeito para aproveitar o dia se você visitar a cidade no verão.

Você não estava esperando por isso, mas Budapeste também é uma cidade onde você pode comer muito bem por um preço acessível, quando comparado com outras capitais européias. Se você está procurando por uma festa legal, cheia de locais, vá para o Corvin Club para uma noite de rock/indie rock.

Não tem como falar de Budapeste e não falar dos seus M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O-S banhos termais. Os mais famosos são o KirálySzéchenyi Baths  e você pode comprar o ingresso na recepção do hostel, como é o caso do Meander Hostel, ou no próprio local. Se você estiver se sentindo chique, escolha um banho termal com direito a chá verde e massagem ou opte por uma opção mais econômica que incluí somente os banhos e passe o dia relaxando. Caso você esteja mais em clima de festa, Budapeste também é famosa por as suas festas em banhos termais.

Enquanto estiver caminhando pela beira do rio você vai ver 60 pares de sapatos metalizados, uma instalação artística criada em 2005 pelos artistas Gyula Pauer e Can Togay em memória aos 200 mil judeus vítimas da Segunda Guerra Mundial em Budapeste.

Hostels em Budapeste

📷@mikatapani

Praga

Uma das melhores coisas sobre Praga é seu custo! Em uma cidade em que a cerveja custa 70 centavos de Euro e você encontra refeições de três pratos por uma nota de 20 Euros e ainda recebe o troco, as possibilidades são infinitas. A arquitetura e os edifícios enormes também são de tirar o fôlego, e ficam ainda mais bonitos ao longo de um passeio atravessando a icônica Ponte Carlos.

Nos meses de verão, alugue um barco a remo e atravesse o rio enquanto aprecia a vista deslumbrante. Depois, vá até a Casa Dançante, um edifício inclinado com arquitetura única (aproveite para comer até não aguentar mais no Pisa!). Suba ao bar do terraço e saboreie um drinque. Você vai pagar um pouco mais do que nos outros bares da cidade, mas o piso de vidro e a vista de 360º, com direito ao Castelo de Praga, super compensam os poucos euros extras.

Hostels em Praga

Best places to visit in Europe - Prague

Old Town Square, Praga 📷@annabelusher

Best places to visit in Europe - Dancing House

Dancing House 📷@miss_hydophin

Barcelona

Provavelmente, a atração mais famosa de Barcelona é a Sagrada Família. Embora ainda não esteja concluída, a primeira ideia para essa incrível construção surgiu em 1892. E como é realmente incrível, o lugar está sempre lotado de turistas e você pode ficar horas na fila até conseguir entrar. Então se livre desse drama e faça a reserva com bastante antecedência.

Com tantas cores maravilhosas, Barcelona pode parecer uma cidade de contos de fadas. A cidade inteira implora por fotos entre seus tons pastéis e cores vibrantes. Para ter uma boa ideia de todas essas cores, vá ao Parque Güel na Colina El Carmel e mantenha sua câmera pronta para muitas fotos. Essas construções incríveis ficam ainda melhores com um copo de sangria nas mãos, aproveitando o glorioso sol espanhol. (Duh!)

Barcelona tem de tudo, a vibe de cidade sofisticada, a praia de areia branca e a vida noturna agitada fazem do lugar um ponto obrigatório para os marinheiros de primeira viagem na Europa.

Hostels em Barcelona

Best places to visit in Europe - Barcelona

Park Güell 📷@_sassysadie

Best places to visit in Europe - Sangria

Sangria 📷@nomnomson

Amsterdã

Não deve ser surpresa nenhuma ouvir que Amsterdã é uma cidade que deve ser explorada de bicicleta! Graças a ciclovias largas (e planas!) alinhadas em todas as ruas, mesmo os “não ciclistas” entre nós podem aproveitar um passeio pela capital ao longo do canal. Conhecida como a “Veneza do Norte”, Amsterdã é decorada por muitos canais sinuosos – então tenha cuidado após uma longa tarde em seus famosos cafés! Alugue bike em uma das centenas de lojas de aluguel de bicicletas espalhadas pela cidade e parta em direção ao Vondelpark. Aqui, você pode relaxar ao sol, desfrutar de um picnic ou simplesmente dar um passeio por este belo parque em pleno centro da cidade, amado por turistas e moradores. O icônico Blauwe Teehuis serve almoço em seu terraço em forma de anel e fica localizado no centro do parque.

Não muito longe, o mundialmente famoso Rijksmuseum é o lar de algumas das obras de arte mais famosas do mundo, onde você pode ver trabalhos de Van Gogh e Rembrandt e finalizar com um passeio por seus jardins cheios de arte. Durante sua viagem, vale a pena visitar o Anne Frank Huis. Ver de perto o Anexo Secreto onde Anne Frank escreveu o diário que se tornaria parte integral da história mundial compartilhada é uma experiência poderosa.

Durante a noite, caminhe pelos canais e tome uma cerveja em um dos muitos bares e cafés aconchegantes antes de se aventurar no infame distrito da Luz Vermelha. Se você adora cerveja, a Heineken Experience também vale a pena. A atração turística mais famosa de Amsterdã, indiscutivelmente, vai te levar a um passeio interativo pela história da Heineken, pelo processo de fabricação da cerveja e – é claro – por seu sabor. Pegue seu copo!

Hostels em Amsterdã

📷@nicolekeys_

Best places to visit in Europe - drink

Heineken Experience bar 📷@maria.h.braun

Berlim

Berlim é uma das cidades mais legais do continente e um dos melhores lugares para visitar na sua primeira viagem à Europa. A enorme quantidade de coisas para fazer em Berlim é impressionante. Naturalmente, a cidade está recheada de história e cultura, principalmente sobre a época da Segunda Guerra Mundial e os anos seguintes. Nós recomendamos a participação em um dos passeios a pé guiados e gratuitos da cidade, para que você aprenda um pouco mais sobre sua história turbulenta e, ao mesmo tempo, conheça muitas atrações icônicas.

Berlim é famosa por sua agitada vida noturna que oferece um gostinho das festas mais badaladas do mundo, sendo que alguns são mais difíceis de entrar do que outros. Faça sua pesquisa antes e encontre a melhor festa para você, e lembre-se de fazer um aquecimento no bar do hostel para economizar o dinheiro da bebida. Berlim recebe um pouco de sol no verão, e uma das melhores coisas para fazer nesses dias é pegar uma caneca de cerveja e ir para um dos biergartens (jardins de cerveja) espalhados pela cidade. Prost!

Hostels em Berlim

Best places to visit in Europe - Berlin

📷@jeremias_182

Best places to visit in Europe - beer

Vista do Wombat’s Hostel Rooftop 📷@joaovbalmeida

Dublin

Para atividades durante o dia, mergulhe na bebida favorita da Irlanda com uma visita à Guinness Storehouse. Aqui, você vai aprender sobre a fabricação, o marketing e até mesmo os sistemas de entrega da Guinness, além de aproveitar uma cerveja com todo o seu conhecimento recém adquirido e uma vista panorâmica espetacular da cidade. Stout não está entre suas bebidas preferidas? Então visite a Destilaria Jameson’s e aprenda tudo sobre o famoso whisky irlandês.

Além desse início embriagado, a herança cultural de Dublin também apresenta uma bela arquitetura. Visite a imponente Catedral de St. Patrick  (e tente não ficar intimidado), ou faça um passeio pelos históricos edifícios universitários da Trinity College.

Quando chegar a noite, siga para Temple Bar para algumas horas de boa diversão. Não faltam ótimos pubs, bares e casas noturnas para conhecer, mas alguns bons pontos de partida são Bad Bobs, The Palace, The Stag’s Head, The Norseman and Buskers Bar.

Hostels em DublinBest places to visit in Europe - Dublin

📷@davi_laureano

Best places to visit in Europe - Guinness

📷@libationswithlaur

Roma

Parece que cada canto de Roma deveria estar em um museu. Em outras cidades, a arquitetura que seria considerada atração turística parece sem graça em comparação com a imensa Fontana di Trevi, as ruínas do Coliseu e o imponente Fórum Imperial.

E é claro que um dos maiores atrativos da Itália para seus viajantes é a comida. Pizza, massa e gelatos tão cremosos que deixam Ben e Jerry’s no chinelo; Uma das melhores coisas para fazer em Roma é simplesmente provar o máximo de comida deliciosa possível. Tudo bem, pode ser que você saia de Roma com alguns quilos a mais do que chegou, mas depois da sua primeira mordida em uma pizza italiana tradicional, você logo vai perceber que vale a pena.

Roma também é o lar do menor país do mundo, a Cidade do Vaticano. Sim, você leu certo, a Cidade do Vaticano, o centro histórico do catolicismo e casa do próprio Papa é, na verdade, um país. A beleza do Vaticano e suas pontes circundantes merecem uma visita, mas esteja preparado para enfrentar as multidões de turistas!

Hostels em Roma

Best places to visit in Europe - Rome

O Coliseu 📷@robstar23g

Best places to visit in Europe - pizza

Pizza e ruas bonitas em Roma 📷@sheesheeee

 

🚂 Agora que você já sabe as cidades imperdíveis, é hora de descobrir como economizar no seu primeiro mochilão na Europa!

Esquecemos de alguma cidade? Conta para a gente nos comentários! 👇

Porque não guardar esse artigo no Pinterest para ler mais tarde? 👇👇

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/melhores-lugares-para-visitar-na-europa/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Iami Gerbase (Hostelworld)

Hi! My (weird) name is Iami and I'm a Brazilian journalist tired of hearing "You don't look Brazilian". I love to taste street food, read at the beach and watch Naked and Afraid. 🌏 Favourite place on earth: Praia de Palmas, SC, Brazil. 🏠 Favourite hostel: Bananas Bungalows, Krabi, Thailand. You can follow my travels on Instagram: @iamigerbase.

Inspire-se

5 Responses to “Melhores lugares para visitar na Europa: As cidades que você precisa conhecer na sua primeira Eurotrip”

  1. Meu, que massa esses relatos. Fiz um mochilão ano passado e passei por esses lugares que você citou. E que legal que em Budapest você ficou no Meander Hostel. Trabalhei e morei lá por três meses como voluntário. Gostou da galera ?

  2. Filipe Esteves Responder

    A ponte de onde foi tirada a foto da London Eye e da Elizabeth Tower juntas se chama Golden Jubilee, e não Waterloo.

  3. Muito boa matéria, Gostaríamos de fazer nossa primeira viagem a Europa de preferência para conhecer Paris, gostaríamos de dicas sobre como ir e com certeza economizando no deslocamento Brasil Paris.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.