Hablas español? As melhores cidades para aprender espanhol na América Latina

Hablas español? As melhores cidades para aprender espanhol na América Latina

Você sabia que o espanhol é a segunda língua mais falada do mundo, atrás apenas do mandarim? Pois é, nossos ancestrais da Península Ibérica foram bem eficientes em implementar sua língua como o idioma oficial das colônias e o resultado tá aí ainda hoje: quase todo o continente americano fala espanhol — inclusive os EUA, onde o idioma é quase que o segundo idioma.

A questão da língua é frequentemente citada como a maior barreira no intercâmbio cultural entre Brasil e países vizinhos. E, por mais que espanhol e português sejam parecidos e que a gente consiga se virar no “portunhol”, falar o idioma fluentemente não só ajuda demais o viajante como pode representar boas oportunidades de trabalho.

É comum que brasileiros já falem ou entendam um pouco de espanhol, por causa da proximidade da língua ou de algum curso ou aulas na escola. Mas, para começar a falar de verdade, a vivência é essencial. É aí que entram os cursos… e os hostels!

Diferentemente dos intercâmbios, em que a hospedagem está garantida, um curso livre requer que você defina onde vai ficar. O hostel é sua melhor opção não só por ter diárias bem mais baratas que um hotel, mas por oferecer estrutura de cozinha, onde você pode fazer sua própria comida — um dos custos mais altos no orçamento de quem vai passar um período viajando. Além disso, hostels são a primeira opção de viajantes do mundo todo, que se encontram e dividem experiências sobre suas viagens. Isso é uma oportunidade e tanto de não ficar sozinha/o numa viagem mais longa e de botar em prática o que está aprendendo nas aulas.

Abaixo, cinco sugestões de destinos para aprender espanhol, todas cidades com um bom número de escolas de línguas. Antes de fazer sua matrícula, lembre de checar a disponibilidade de locais de hospedagem e os meios de transporte até a escola.

Oaxaca – México

É verdade que no México não faltam cidades pequenas e incríveis. Porém também é verdade que Oaxaca, no sul do país, é uma das melhores. Cheia de história e de boa comida, Oaxaca é especial por sua tradição de festas de rua: é uma cidade viva, alegre e sempre cheia de coisas para fazer. Há uma boa oferta de cursos de espanhol na cidade e também hostels para todos os bolsos.  Não deixe de fazer pequenas viagens aos finais de semana, normalmente de ônibus: ruínas arqueológicas, praias, cachoeiras e vilarejos tradicionais estão a uma distância sempre curta.

📷@mrtakeiteazy 

🏠 Onde ficar em Oaxaca

Tente ficar o mais perto possível do Centro Histórico, onde tudo acontece e onde estão os mercados da cidade, que oferecem ótimas refeições a bons preços. O Hostel Central e o Casa Angel ficam bem perto do centro e ambos têm café da manhã incluso e uma boa estrutura para quem vai ficar um tempo na cidade.

Hostel Central

Cartagena – Colômbia

Cidade histórica rodeada pelo mar do Caribe, Cartagena é Patrimônio Cultural da Humanidade e uma das cidades mais visitadas da Colômbia. De clima descontraído e quente, típico de uma cidade costeira caribenha, é um bom lugar tanto para aprender sobre a história do continente  quanto para mergulhar na rica literatura colombiana. Foi aqui que os colonizadores firmaram um dos primeiros portos e fortes das Américas e onde Gabriel Garcia Marquez manteve casa de veraneio e, por isso, é inspiração de alguns de seus maiores romances, como O amor nos tempos do cólera (1985). O Centro Histórico, que fica dentro da muralha construída no século XVI, é uma bela área de casas coloniais coloridas, restaurantes animados, cafés e bares.

🏠 Onde ficar em Cartagena

No Centro Histórico há hostels super bem recomendados como o El Viajero (que oferece aulas de salsa!) e o El Arsenal (com ar condicionado e piscina).

Hostel El Viajero

Hostel El Arsenal

Antigua – Guatemala

A antiga capital da Guatemala é o principal destino turístico do país e fica bem perto da capital atual, Cuidad Guatemala – tanto que muita gente sai do aeroporto e vem direto pra cá! Antigua tem uma profusão de belas igrejas e construções antigas, além de bons restaurantes, cafés e mercados. Também é um bom ponto de partida para visitar outras áreas do país, que tem ruínas maias escondidas em selvas e praias de lagos na beira de vulcões.

📷@ktemonen

🏠 Onde ficar em Antigua

Por ser uma cidade turística, Antigua tem ótima oferta de hostels de todos os preços.  O Matiox, que fica na rua principal do centro histórico, oferece transporte gratuito para o aeroporto e tem um gramado delícia para estudar ou ficar de boa. E o Maya Papaya, também no centro, se apresenta como “design hostel” e tem happy hours nos fins de tarde e café da manhã guatemalteco típico.

Hostel Matiox

Hostel Maya Papaya

Montevideo – Uruguai

Pertinho do Brasil, Montevideo, apesar de capital, é uma cidade pequena, com menos de dois milhões de habitantes, e bastante tranquila, o que pode ser ideal para quem está querendo focar nos estudos. Também vale aproveitar as praias no litoral uruguaio por perto, que vão desde a ferveção luxuosa de Punta Del Este até as praias selvagens da região de Cabo Polônio. O Uruguai ainda tem uma tradição vinícola e gastronômica forte, merecendo destaque osdoces de leite e churrascos deliciosos!

🏠 Onde ficar em Montevideo

O Buenas Vibras e o Mediomundo, ambos perto das ramblas que servem como ponto de encontro de universitários montevideanos, são os hostels com as melhores pontuações da cidade.

Hostel Buenas Vibras

Lima – Peru

A capital peruana é uma cidade vibrante e lar de uma das cenas gastronômicas mais interessantes do mundo– o que significa que você também pode aproveitar a estadia para fazer aulas de culinária! Além do mais, Lima é de onde saem voos e ônibus para as incríveis atrações do Peru, um país fascinante onde estão as Linhas de Nazca, o Lago Titicaca, a antiga capital inca Cusco e as impressionantes ruínas de Machu Picchu.

📷@Art DiNo

🏠 Onde ficar em Lima

Quando for escolher seu hostel em Lima, procure ficar perto do Malecón, o calçadão costeiro onde acontece quase tudo na cidade. O The Point, no bairro Barrancos, é uma boa recomendação na área. O bairro mais bacana é Miraflores, a cerca de dez minutos da costa. É onde fica o Kennedy Park e a estação Metropolitana, que oferece acesso fácil a qualquer parte da cidade. O hostel mais recomendado em Miraflores é o Puriwasi.

Hostel The Point

Hostel Puriwasi 

E você? Quais suas cidades favoritas na América Latina para aprender espanhol? Deixa um comentário! 👇👇

 

📚 Sobra a autora 📚

Gaía Passarelli, 41, é jornalista e escritora. Paulistana de nascença, vive em São Paulo com o filho, dois gatos e uma crescente coleção de livros e guias de viagem. Você pode acompanhá-la em seu site How To Travel Light.

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/melhores-cidades-para-aprender-espanhol-na-america-latina/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Iami Gerbase (Hostelworld)

Hi! My (weird) name is Iami and I'm a Brazilian journalist tired of hearing "You don't look Brazilian". I love to taste street food, read at the beach and watch Naked and Afraid. 🌏 Favourite place on earth: Praia de Palmas, SC, Brazil. 🏠 Favourite hostel: Bananas Bungalows, Krabi, Thailand. You can follow my travels on Instagram: @iamigerbase.

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.