11 ideias de destinos para mochilar em 2019: os lugares imperdíveis para mochileiros

11 ideias de destinos para mochilar em 2019: os lugares imperdíveis para mochileiros

Um mochileiro sempre tem uma grande questão em mente: “qual a minha próxima viagem?”. Voltar de uma significa organizar a próxima e o início do ano é o momento de pegar o calendário e ver todas as possibilidades de fugir da rotina.

Então resolvemos ajudar a sua vida e perguntamos aos nossos colaboradores e à nossa equipe aqui no Hostelworld quais destinos eles acham imperdíveis para mochileiros em 2019. Como sempre, levamos em conta a proximidade e os valores para trazer lugares de todos os tipos e orçamentos. Vale lembrar que ficar em hostels é a melhor forma de baratear a hospedagem 😉 . Se inspire, planeje seu ano de 2019 e, quando for gastar dinheiro com lanches ou brusinhas, lembre dessas fotos e economize!

Argentina

Por Constance Laux

A Argentina é uma das preferências de muitos brasileiros que querem se aventurar em sua primeira viagem internacional. Eu não poderia recomendar uma primeira (ou segunda, terceira, quarta…) experiência melhor que essa: o país oferece uma capital intensa e culturalmente efervescente, paisagens naturais que vão de glaciares e lagos andinos a campos e serras multi cromáticas, cidades joviais e envolventes e um povo simpático verdadeiramente fascinado por brasileiros (a rivalidade fica só no futebol!). Como se não bastasse, ainda tem bifes anchos e ojos de bife suculentos, acompanhados de deliciosos vinhos malbec e dulce de leche de sobremesa.

A recente desvalorização do peso argentino deixou tudo ainda mais vantajoso para nós, brasileiros. Porém, como é costume na Argentina, os preços e a inflação logo vão elevar os custos novamente. Por isso, é bom aproveitar enquanto é tempo e já começar a planejar a viagem pela terra dos hermanos.  Confira o guia da Argentina que escrevi com informações práticas e dicas dos 9 principais destinos do país.

Confira aqui outros textos da Cons!

Descubra os melhores hostels na Argentina

Litoral do Piauí – Brasil

Por Lívia Antunes

Depois de vários anos sem ir ao Nordeste, passei o fim de 2017 e início de 2018 no litoral do Piauí. Sabe aquele papo de que “tamanho não é documento”? Pois é, resume bem esse pedacinho de terra que tem cerca de 66 quilômetros de uma ponta até outra, sendo, assim, o menor litoral de um estado brasileiro. Para você ter uma noção, é ali que fica o famoso Delta do Paranaíba, o único delta em mar aberto das Américas. Mas essa dica já não é novidade, então vamos falar de Barra Grande. Algo entre vilarejo e praia, o lugar fica a mais ou menos 1h30 de carro de Parnaíba, a maior cidade da região, e é apontado por muitos como a Nova Jericoacoara, no Ceará. Já dá para amar, né? E a melhor parte, como o lugar ainda não é tão hype quanto a vizinha mais famosa, você consegue precinhos mais em conta, além de não precisar gastar tanto com alimentação, por exemplo.

Barra Grande é conhecida como um dos melhores pontos de kite surf do mundo, com praticamente 365 dias de vento e sol por ano. Se você não se sente muito confiante para sair em uma prancha arrastado pelo vento, faça como eu e divida seus dias entre aproveitar o sol do Nordeste, dar um mergulho nas águas morninhas e cristalinas e tomar uma cerveja gelada em um dos muitos bares na beira da praia. Durante a noite, o vilarejo com ruas de terra é cheio de bares, restaurantes, lanchonetes, barraquinhas de artesanato e tudo aquilo que a gente adora para descansar de “fazer tanto nada” o dia inteiro. E quase sempre rola algum luau pela areia, também. Ah, uma dica: um passeio pela maré baixa, caminhando metros e mais metros com a água abaixo do joelho, é uma ótima maneira de começar o dia!

Confira aqui outros textos da Lívia!

Confira um hostel super diferente em Barra Grande (PI)

Colômbia

Por Manuela Hollós

A Colômbia deve ser o destino sul-americano mais em alta no momento, e não é à toa! Quer ficar de boas, tomando bons drinks em uma praia do Caribe? Vai pra Colômbia! Passear por cidades históricas, cheias de portas e janelas fofas pra fotografar? Opa, Colômbia! Isso sem falar nos desertos, nos parques naturais, e nas pessoas incrivelmente alegres e receptivas de lá. Ai, ai… Só de escrever isso já deu saudade.

Se quiser saber mais, pode ler o guia da Colômbia e as 20 coisas que fizeram eu me apaixonar pela Colômbia.

Confira aqui outros textos da Manu!

Conheça os melhores hostels na Colômbia

Praga – República Tcheca

Por Carol Guido

Ahhhh, Praga! Sem dúvida a minha escolha de dica de viagem para mochileiros em 2019 é a capital da República Checa, Praga. Deixa eu te contar os meus três motivos principais por amar tanto este lugar.

Primeiro de tudo, a sua história, tradições e cultura. É fascinante visitar uma cidade com tanto aprendizado a oferecer (os caras passaram por todo tipo de opressão nas mãos do regime nazista e seguido por uma ditadura comunista que só acabou em 1989!) e um povo muito amigável e aberto a te ensinar sobre o próprio país. Uma das formas mais interessantes de mergulhar na história deles é visitando o Museu do Comunismo e fazendo um dos tours gratuitos a pé oferecidos por empresas independentes. Isso sem mencionar a culinária, os cafés, bares, brechós e muitos outros passeios baratos que Praga oferece. Temos aqui no blog um post dando todas as dicas de Praga que você precisa ler se é mochileiro como nós.

Segundo, tem um montão de hostels em Praga e eles são incríveis, com ótimas avaliações e muita socialização (recomendo especialmente o Czech Inn, que é onde me hospedei). O preço de uma cama lá é em torno de R$45 – este valor pode variar dependendo da época do ano e da cotação.

E, finalmente, já que estamos falando de grana, meu amor por Praga finaliza com o preço das coisas! A cidade é barata se comparada aos demais destinos tradicionais europeus. É super comum encontrar copão de cerveja por 1 euro, fazer uma refeição digníssima com 5 euros ou menos, diversos passeios são gratuitos e o transporte público é barato. Isso quando você precisa usar transporte público, porque dá para fazer quase tudo a pé.

E, se você se inspirar com a minha dica, ainda pode estender a viagem pelos demais países incríveis do leste-europeu. E é claro que temos post pra te ajudar a montar seu roteiro, né?! 😉 Aqui vai: o melhor do Leste Europeu em 10 cidades.

Confira aqui outros textos da Carol!

Encontre os melhores hostels em Praga

Índia

Por Marina Walder

Nem só de Taj Mahal se vive quem vai mochilar na índia. O palácio é, sem dúvida, um lugar de marejar os olhos, mas há muitos outros encantos espalhados pelo país.

Os preços são doces para viajantes de qualquer parte do mundo. Comida e hospedagem barata como lá é difícil de encontrar por aí. E o melhor é que tem opção para todo mundo, de hotéis luxuosos a quartinhos para alugar em casa de famílias indianas (que te convidam para se reunir com eles nas refeições – melhor jeito de conhecer a culinária exótica indiana). Dá pra chegar de trem na cabine individual ou viajando 14 horas em pé. Ou de ônibus, tuk tuk, alugar carro ou moto (só cuidado com os elefantes cruzando a estrada).

Você vai sentir a Índia, independentemente de como for a tua viagem. O cheiro de curry e coentro vai entrar pelo teu nariz e te deixar com vontade de experimentar tudo que puder, com chapati claro. E essa vontade de experimentar não é só pela boca, mas também pelos olhos, nariz, ouvidos,  toque.

Em quase dois meses viajando por lá, encontrei mil razões que tornam a Índia um lugar essencial para quem gosta de se jogar no mundo. E outras mil pra voltar e explorar ainda mais a grandeza, não só de tamanho, mas principalmente de cultura que é esse país.

A cada cidade que você passa, uma nova comida, um novo idioma, um jeito diferente de se vestir. Um templo gigante e cheio de ouro, ou um pequenininho que venera ratos. A fusão de religiões impactante. A relação com os rios, com a morte e com a vida. Não tem como não se impressionar com os costumes anciãos que os indianos guardam com tanto zelo e quase intocados.

Isso te dá a impressão de que quanto mais você vê, menos você conhece. E isso te instiga. Te faz querer ficar. Andar, conversar, comer, rezar, jejuar. Índia, nem uma vida inteira seria suficiente para te descobrir por inteira.

Confira aqui outros textos da Marina!

Descubra os melhores hostels na Índia

Cabo Frio (RJ) – Brasil

Por Camila Santos

Já imaginou se hospedar em um contêiner? Inusitado não?! Ficou curioso(a)? Então vem comigo!

Em março deste ano (2018), fomos visitar a cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro e ficamos hospedadas no Hostel ContêinerUm dos maiores hostels feito com estruturas de contêineres (de navios) da América Latina. A experiência foi incrível e muito diferente do que eu imaginei que seria. Eu confesso que quando descobri o “Hostel Contêiner” eu pensei que seria um ambiente quente e claustrofóbico, mas, para a minha surpresa, foi totalmente ao contrário – e olha que nem precisei ligar o ar-condicionado. Nesse hostel, os contêineres são pintados com uma tinta especial que, em vez de absorver o calor, funciona como um espelho, refletindo a luz e impossibilitando do quarto absorver as temperaturas externas. Incrível não é?

Além de ter esse incrível hostel, Cabo Frio também guarda diversos encantos. Quando estivemos por lá, fizemos a Trilha do Farol Velho, com um visual incrível, subimos o Morro da Guia, para ver o pôr do sol e que tem uma história muito interessante, vale a pena conhecer. Fizemos um passeio maravilhoso de escuna, nas águas frias de Cabo Frio, onde pudemos observar a Ilha do Papagaio e a Ilha do Japonês. Visitamos a Praia Brava, uma praia onde adeptos do nudismo e surfistas dividem o mesmo mar. E, para finalizar com chave de ouro, jantamos no Hot Batata, um restaurante especializado em batata recheada.

Foi uma viagem inesquecível e eu, com certeza, recomendo!

Confira aqui outros textos da Camila!

Confira os melhores hostels em Cabo Frio (RJ)

Portugal 

Por Iami Gerbase

Vou ser bem corajosa e dizer: para um mochilão rápido, poucos países no mundo são tão bons quanto Portugal! Em abril de 2017 explorei o país por 20 dias e, mesmo já esperando uma grande viagem, fui bastante surpreendida positivamente. Encontrei um país pequeno, porém com muitas cidades para visitar, de muitas atrações milenares, mas com diversos toques de modernidade, de possibilidades chiques, porém cheio de opções para mochileiros de baixo orçamento.

No meu curto espaço de tempo consegui visitar nove cidades portuguesas: Lisboa, Sintra, Cascais (essas duas em viagens de um dia a partir de Lisboa), Tomar, Coimbra, Porto, Braga, Guimarães e Lagos. Parece coisa demais para 20 dias né? Pior que não foi. Acabou não sendo uma viagem corrida, nem senti que estava deixando de visitar atrações que gostaria muito porque algumas dessas cidades são pequenas e podem ser conhecidas em apenas um dia.

Fui para lá sem nenhum plano, passagem, hostel, nada! Peguei tanto trem quanto ônibus, fiquei em hostels, preparei algumas refeições nas cozinhas dos hostels, optei por atrações gratuitas… Fui organizando e vendo o que me parecia atraente e, mesmo assim, não foi estressante ou caro: prova de que o país está bem organizado para o turismo e apresenta bons preços.

Mochilar por Portugal se mostrou então uma tarefa difícil apenas em um momento: escolher onde comer! Sou apaixonada por comida e sempre quero provar o maior número possível de novidades, então fiquei muito feliz em encontrar tanto a comida tradicional em sua mais deliciosa forma, quanto restaurantes, barraquinhas de rua e mercados com cozinhas do mundo inteiro. No meio de uma refeição e outra, museus, castelos, praias, igrejas (inteiras ou em ruínas), monumentos, concertos ao ar livre… Um destino realmente interessante, barato, fácil de ser explorado, completo.

Confira aqui outros textos da Iami!

Descubra os melhores hostels em Portugal

Cuba

Por Alice Maffucci

Cuba é feito por (e para) espíritos inquietos. Parece que é lá onde as “Veias abertas da América Latina” pulsam mais fortes. Para além de praias incríveis (e muito preservadas), de noites intensas repletas de rum, do bom tabaco, do ritmo caliente da salsa e de um povo extremamente receptivo, Cuba transpira revolução. Te faz refletir, repensar e ponderar mil vezes os seus valores e privilégios. Esse país, para mim, foi a materialização do aprendizado em uma única viagem. É que é complicado (e desafiador) demais compreender a unidade e significado dessa ilhazinha no meio do Caribe, mas o bonito mesmo é ir até lá e sentir a sua essência.

Confira aqui outros textos da Alice!

Encontre os melhores hostels em Cuba

Egito

Por Laura Carniel

Entre todos os países que visitei em 2018, o Egito foi com certeza o que mais me surpreendeu e por isso mesmo é o que eu mais recomendaria para todo mochileiro visitar em 2019.  Eu sei que não é o primeiro destino que vem na cabeça quando pensamos no nosso próximo destino de viagem, mas eu vou contar aqui o que fez eu recomendar uma visita para todo mundo.

Primeiramente, eu nunca visitei um país com tanta história como o Egito e não você não precisa ir em museu para apreciar. Os templos, santuários, pirâmides e até mesmo estátuas gigantescas de um antigo faraó no meio de uma estrada, vão te ensinar muito e te ajudar a entender como o país se desenvolveu. Falando com os locais, você também vai ficar sabendo muito sobre a história mais recente do país e eu fiquei surpreendida com o quanto eles estão dispostos a compartilhar isso com turistas.

Falando nos locais, isso é outra coisa que me fez curtir demais o país. As pessoas são extremamente abertas e ficam muito felizes de compartilhar a sua cultura, se você se mostrar interessado. Eles são muito hospitaleiros e você vai acabar fazendo amigos incríveis de quem vai realmente sentir saudades. O pessoal que trabalhava em cada um dos hostels que fiquei durante o mochilão foi maravilhoso e fez questão de nos mostrar tudo que eles amam sobre as suas cidades.

Você também vai conhecer uma cultura totalmente diferente da nossa e aprender que as pessoas tem jeitos diferentes de viver a vida. Se você se abrir para conhecer quem mora por lá, você vai aprender demais e a sua percepção do país vai ser totalmente diferente do primeiro dia.

O preço também é super em conta e você vai pagar menos de cinco reais por um almoço, o que faz com que compense muito o preço da passagem!

Confira aqui outros textos da Laura!

Conheça os melhores hostels no Egito

Nova York – Estados Unidos

Por Julia Zany

Nova York pode ser a cidade que você quiser. O mais curioso é que, diferentemente de muitos brasileiros, essa não foi uma das minhas primeiras viagens. Eu precisei ir a 27 países diferentes para decidir ir conhecer essa cidade mágica que é Nova York. E o mais incrível é: a cidade pode ser exatamente o que você precisa. Está numa fase mais turística? NY tem o que você precisa – visite o Empire States, visite a Estátua da Liberdade. Se você está numa fase mais “act like a local” isso dá e sobra na cidade. Se está com grana no bolso? Aproveite para ir em alguns dos melhores restaurantes do mundo. Está com o orçamento curto? Há muitas opções de lugares baratos e deliciosos para comer. Tá solteiro? Tá casado? A cidade se encaixa no que você quiser. Não existe uma NY, existe a Nova York que você quer conhecer.

Confira aqui outros textos da Julia!

Confira os melhores hostels em NY

Búzios (RJ) – Brasil

Por Pedro Biaso

Eu sempre estou viajando por várias partes do Brasil, aliás, fazer fastpack é comigo mesmo. Porém existe um lugar que desde que comecei a fazer mochilões – seis anos atrás – é meu ponto de parada obrigatório. Búzios, mesmo sendo um destino um pouco mais caro que a média de outras cidades de praia brasileiras, faz valer cada centavo economizado e depois gastado.

Por lá existem dezenas de hostels, e cada vez que eu vou, tento conhecer um novo. Assim como as praias e as baladas. Sério, as praias são maravilhosas, mas, para que gosta de curtir a noite, o lugar é sensacional. Existem várias boates, bares e luaus que acontecem o ano todo, sobretudo no verão.

Eu só tenho que agradecer e indicar a oportunidade de passar por lá todos esses anos, acordar cedo, pegar uma praia, almoçar de frente para o mar, tomar uma cerveja no pôr do Sol e a noite curtir algumas das melhores boates do Brasil!

Confira aqui outros textos do Pedro!

Encontre seu hostel ideal em Búzios (RJ)

 

E você, para onde planeja viajar em 2019? Conte para a gente nos comentários! 👇👇

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/destinos-mochilar-2019/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Iami Gerbase (Hostelworld)

Hi! My (weird) name is Iami and I'm a Brazilian journalist tired of hearing "You don't look Brazilian". I love to taste street food, read at the beach and watch Naked and Afraid. 🌏 Favourite place on earth: Praia de Palmas, SC, Brazil. 🏠 Favourite hostel: Bananas Bungalows, Krabi, Thailand. You can follow my travels on Instagram: @iamigerbase.

Inspire-se

3 Responses to “11 ideias de destinos para mochilar em 2019: os lugares imperdíveis para mochileiros”

  1. Olá Iami,
    Eu gostaria de entender, como mochileiros conseguem dinheiro para tantas viagens? Como é a estratégia de ser mochileiro? Como funciona essa questão financeira?
    Obrigada.

    • Iami Gerbase (Hostelworld) Responder

      Oi Renata! Então, cada um tem seu jeitinho. Alguns de nossos colaboradores têm como trabalho viajar mesmo, vendendo seus textos e fotos para tal. Mas a maioria faz viagens esporádicas quando rola.
      Para isso, é claro, é preciso:
      -economizar grana (em todas as áreas da vida, o pensamento é: Preciso disso? Ou prefiro economizar para viajar?) -viajar como mochileiro (ficar em hostels, fazer os programas gratuitos, cozinhar na cozinha do hostel se for preciso, fugir dos destinos caros…) -procurar viajar fora dos períodos mais disputados -encarar todo o destino como uma oportunidade.

      Para economizar temos vários artigos legais:
      Um guia sobre como economizar dinheiro para viagens (https://bit.ly/2zT0L6Z), 55 Dicas de Viagem Geniais para Quem Está Quebrado (https://bit.ly/2rqhbz0), Como fazer viagens baratas pelo Brasil todo feriado (https://bit.ly/2CF4l7z). Para passagens, pode conferir esse aqui: https://bit.ly/2gygDVQ . O resto se vai aprendendo com o tempo mesmo 🙂 Espero ter ajudado. Abs!

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.