A grande batalha: Edimburgo vs. Glasgow

A grande batalha: Edimburgo vs. Glasgow

Esse post é uma contribuição do The List, publicação referência para o que acontece no universo cultural escocês.

Não é de hoje que Glasgow e Edinburgo, as duas maiores cidades escocesas, alimentam certa rivalidade entre si. Embora as razões não sejam muito claras, é possível que se trate de uma questão de percepção. Quem vive em Edimburgo tende a achar que os moradores de Glasgow são “um pouco duros”, enquanto os cidadãos de Glasgow, os “weegies”, achem seus compatriotas um tanto “esnobes”.

Essa visão remonta ao passado das duas cidades: embora ambas sejam “cidades universitárias” (cada uma conta com três instituições), Glasgow se firmou como um centro industrial graças à era dourada da produção de navios vivida durante a 1ª e a 2ª Guerras Mundiais. Edimburgo, por outro lado, sempre foi reconhecida por formar profissionais de elite, como médicos, advogados e políticos – nesta categoria, figuram os ex-primeiro-ministros Tony Blair e Gordon Brown.

Isto posto, vamos à disputa.

1º round: Vida noturna

2_O7rBgw3

As diferenças aqui refletem os hábitos culturais de cada cidade. O estereótipo Glasgowniano estabelece que seus cidadãos prefiram relaxar em shows apertados, na companhia de fãs suados. Não por acaso, a cidade tem duas das melhores casas de show da Escócia (quiçá do Reino Unido): King Tut’s Wah Wah Hut(foto) e Barrowlands, além de uma cena de casas de show de menor porte que está sempre em expansão (bons exemplos são a 13th Note, The Garage eNice’n’Sleazy). Ainda como parte dessa tradição, é possível encontrar bons shows em casas maiores e mais populares, como a O2 Academy e a O2 ABC. Entre as bandas que ganharam popularidade tocando na cidade estão Belle and Sebatian, Biffy Clyro, Snow Patrol, Franz Ferdinand e The Fratellis.

Já Edimburgo sedia ótimas casas para shows ao vivo, entre elas Liquid Room,Sneaky Pete’s e Cabaret Voltaire. As festas do Hogmanay (o mega Réveillon local) atraem gente do mundo todo ávida por dançar numa boa casa noturna. Nesta seara, Glasgow contra-ataca com casas noturnas históricas: Optimo, Numbers eSoma Records (esta, onde o Daft Punk estourou pela primeira vez).

2º round: Literatura

3_gJrFALe

Edimburgo, como boa cidade refinada, tende a parecer mais livreira que Glasgow. O Edinburgh International Book Festival (foto) atrai centenas de autores e milhares de fãs de livros todo mês de agosto (os festivais International, ArtFringe também acontecem na mesma época do ano). Além disso, a capital escocesa é cidade natal tanto de autores clássicos (entre eles Sir Arthur Conan Doyle, Sir Walter Scott e Robert Louis Stevenson), quanto de contemporâneos (como Irvine Welsh, J.K. Rowling, Ian Rankin e Alexander McCall Smith), o que contribui para manter viva a herança literária da cidade.

Glasgow, no entanto, não pode ser deixada de lado: nasceram ali autores como Alasdair Gray, Liz Lochhead e a poeta Carol Ann Duffy.

3º round: Comédia

4_miFoIum

O festival Fringe, mencionado acima, traz a Edimburgo comediantes e artistas de todo o mundo em agosto. Ao longo do ano, teatros como Lyceum, TraverseFestival atraem os grandes nomes em cartaz pelo Reino Unido e recebem também as peças locais.

Glasgow, por sua vez, se orgulha de uma geração ali nascida (e ainda em atividade) formada por nomes como Billy Connolly, Frankie Boyle e Kevin Bridges. Espaços como Tramway, Citizens, Arches e Tron  (foto) recebem constantemente talentos que estão se firmando na cena cultural.

4º round: Filmes

5_WRJtmuv

Edimburgo foi pano de fundo para inúmeros filmes, incluindo Trainspotting, O Ilusionista e o clássico A Primavera de uma Solteirona.

Já Glasgow se orgulha de, recentemente, ter recebido Brad Pitt (Guerra Mundial Z), Halle Berry (Cloud Atlas) e Ewan McGregor (O  Jovem Adam)para filmagem de filmes que estrelaram.

5º round: Arte

6_5Z7Hbh2

Quando o assunto é artes visuais, as duas cidades podem se orgulhar das importantes instituições que abrigam. A Glasgow School of Art e o Edinburgh College of Art são ambos responsáveis por formar futuros indicados ao Turner Prize, importante premiação inglesa.

As National Galleries em Edimburgo (rede que inclui o National Galleries Complex, a Dean Gallery (foto), o Scottish National Gallery of Modern Art e a recém-reformada Portrait Gallery) recebem algumas das mais refinadas obras de arte do país e de fora, assim como fazem o Hunterian e a GoMA (Gallery of Modern Art), em Glasgow. Em paralelo, as duas cidades contam com galerias independentes (como The Collective, Axolotl e Ingleby em Edimburgo; e Markete Kendall Kope em Glasgow), que exibem novos nomes do mundo das artes.

E a vencedora é…

Não se pode negar que, para cidades a apenas 45 minutes de trem uma da outra, Glasgow e Edimburgo apresentam muitas diferenças, seja no sotaque, nas relações sociais ou no comportamento em geral.

Ambas são, cada uma à sua maneira, extremamente amigáveis. Moradores de Edimburgo podem delicadamente discordar de você a respeito do melhor lugar para se sentar no Cameo ou na Filmhouse durante um filme do Scorcese; enquanto cidadãos de Glasgow vão se sentir no direito de tratá-lo como um amigo de longa data caso esteja sentado por perto no Arches ou caçando um bar na Ashton Lane.

As duas cidades são muito eficazes em constantemente estimular uma cena cultural vibrante – seja na literatura, nas artes visuais, no cinema, teatro ou música. O melhor é mergulhar em Edimburgo e Glasgow sem preconceitos – e, se alguém perguntar qual sua cidade preferida, pensar bem na resposta.

E a dica extra: ficar hospedado em um hostel em Glasgow ou um hostel em Edimburgo é, claro, a melhor pedida – para além de economizar e curtir as atrações da cidade, receber dicas de quem conhece tudo por lá e conhecer gente deveras interessante.

Obrigado a Jesús Gorriti, Michael Gallacher, Edinburgh  International Book Festival, Steve Greer e Spencer Means pelas fotos do Flickr (com Creative Commons).

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/a-grande-batalha-edimburgo-vs-glasgow/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Inspire-se

One Response to “A grande batalha: Edimburgo vs. Glasgow”

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.