10 lugares em Londres que todo fã de Harry Potter vai amar

10 lugares em Londres que todo fã de Harry Potter vai amar

Londres é um dos destinos mais badalados e está na lista de muitos viajantes, mas se você é fã de Harry Potter assim como eu, essa cidade ganha um toque ainda mais mágico. Todo potterhead tem vontade de visitar a terra da rainha, e felizmente consegui realizar esse sonho.

Enquanto planejava meu roteiro, fiz uma lista de lugares relacionados a Harry Potter que desejava conhecer. Porém, a grana da mochileira fã de HP estava curta e eu não poderia ir ao famoso estúdio Warner, então comecei a pesquisar lugares que poderia visitar de forma gratuita ou gastando o mínimo possível.

O resultado é essa lista que compartilho agora com vocês, com 10 lugares incríveis e que te farão se sentir totalmente no universo de Harry Potter. Bora conferir?

1. Plataforma 9¾

Nossa primeira parada é na Estação King Cross, onde fica a Plataforma 9¾. Para todos que já sonharam em embarcar para Hogwarts, esse lugar está no topo da lista de visitações. Chegando em King Cross logo você encontra a plataforma, a estação não é muito grande e você vai reconhecer o local da plataforma facilmente, pois sempre tem uma fila enorme.

Há uma equipe que organiza a fila e tira as fotos. Na hora você pode escolher o cachecol da sua casa de Hogwarts (a minha foi Sonserina, claro!), escolher a sua varinha e tirar a foto. A equipe te dá instruções de poses e movimentos para a foto ficar bem divertida. No final, você pode comprá-la por 9 libras na loja oficial que fica ao lado da plataforma. Convenhamos que o valor não é muito barato, e se você não quer gastar essa grana toda, a dica é dar o celular para alguém tirar suas fotos. A galera da fila sempre colabora e quase todo mundo faz isso, assim você tem o registro desse momento mágico sem precisar pagar.

Se você não está muito afim de encarar a fila, pode ir na estação à noite. Porém, a lojinha estará fechada e terá somente o lugar da plataforma com sinalização. Você pode aproveitar que não tem ninguém para tirar suas fotos, mas os acessórios como as varinhas, coruja e cachecol só estão durante o dia. Mesmo assim, é uma experiência mágica!

2. Leadenhall Market

Vamos para o beco diagonal? Nossa próxima parada é no Leadenhall Market, um lugar com várias lojinhas, que foi usado para as gravações de “Harry Potter e a Pedra Filosofal”. Sua arquitetura é simplesmente impressionante, toda em estilo vitoriano e que te faz mergulhar em muita arte e história, afinal, esse é um dos mercados mais antigos de Londres.

Se você também quer encontrar a entrada para o “Caldeirão Furado”, saiba que a portinha hoje está pintada de azul e ali funciona uma ótica. Não é raro passar por lá e ver algumas pessoas tentando encontrar a parede de tijolos, até eu mesma tentei e outros fãs também rs.

Infelizmente não encontrei uma loja de vassouras ou de corujas, apenas lojas normais de trouxas e restaurantes sem cerveja amanteigada. Mas, mesmo assim, a visita valeu muito a pena, e para chegar é bem fácil, basta descer na estação Leicester Square e seguir à esquerda da rua Charing Cross.

3.Tower Bridge

📷@lindasaidmeow

A Tower Bridge, com certeza, é um dos pontos mais icônicos de Londres e de Harry Potter. Em uma cena “Harry Potter e a Ordem da Fênix” há uma cena em que o Harry passa por ela enquanto voava sobre o rio Tâmisa.

Atenção: a Tower Bridge e a Ponte de Londres são diferentes, então não confunda uma com a outra. A Tower Bridge fica ao leste, e em minha opinião é a mais bonita, aliás fica a dica: no pôr do sol a vista é ainda mais incrível! Para chegar nela você pode descer nas estações de metrô “London Bridge” ou “Tower Hill”.

4. Millenium Bridge

Falando em pontes, outra que também deve entrar na sua lista é a Millenium Bridge, que aparece na cena de abertura do “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”. Se você for um potterhead, talvez se lembre dela sendo destruída durante o ataque dos comensais da morte.

Ver essa ponte e lembrar dessa cena é simplesmente de arrepiar, sendo assim, durante a sua visita à Londres não deixe de andar sobre ela, aproveitar a vista e viver essa emoção dos livros e das telonas por inteiro. A Millenium Bridge fica pertinho da estação de metrô Mansion House (Circle e District Line).

5. Westminster Tube Station

Pertinho de vários pontos turísticos como London Eye e Big Ben está a Westminster Tube Station. Nela foram gravadas as cenas de “Harry Potter e a Origem da Fênix”, quando Harry e o Sr. Weasley estavam indo para o Ministério da Magia.

Certamente você passará por essa estação por conta da sua localização, e claro, lembrará com um calorzinho no peito do nosso bruxinho favorito. Mas fique atento hein, tente não se complicar para passar com o ticket como o Harry.

6. Piccadilly Circus

A Piccadilly Circus é uma das áreas mais movimentadas de Londres, cheia de turistas e multidões o tempo todo. Nessa região, estão localizadas diversas lojas, afinal, este é um grande centro comercial e a vida noturna costuma ser bem agitada também.

É na Piccadilly Circus que temos a cena de Hermione, Ron e Harry fugindo do casamento do irmão do Ron enquanto os comensais da morte os perseguiam. Aliás, nosso bruxinho foi quase atropelado por um ônibus de dois andares nessa cena, você lembra?

Andar pela Picaddilly Circus é uma emoção enorme, a região é lindíssima e bem movimentada, e nem preciso dizer que é parada obrigatória, não é mesmo? Você pode chegar lá descendo na estação de metrô de mesmo nome.

7. Trafalgar Square

📷@lindasaidmeow

A Trafalgar Square é um lugar bem especial, é nela que aconteceu as festividades de estreia do último filme da saga em 7 de julho de 2011 (data que ficará marcada para sempre). No local foi colocado um palco em que os atores apareceram para a multidão ansiosa que os aguardavam.

Saindo da praça, os atores e a JK Rowling seguiram para a Leicester Square, onde o filme foi exibido. A Trafalgar Square também aparece na mesma cena dos comensais da morte em “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” que citei no tópico da Millenium Bridge,

A praça é incrível e cheia de vida, seja de dia ou de noite está sempre lotada de pessoas que passam ali para admirá-la. Ela está localizada a apenas 400 metros da Picaddilly Circus, então você pode ir a pé até lá. Mas, se preferir ir de metrô, a estação que você deve descer é a Charing Cross, que também está pertinho do beco diagonal.

8. Banco Gringotes

Lembra do Banco Gringotes (Gringotts Bank)? O banco usado no mundo bruxo e administrado por duendes fica pertinho do Beco Diagonal. Podemos ver com detalhes seus orçamentos de ouro e cofres no primeiro filme da saga e no último.

O prédio que inspirou a fachada do Banco Gringotes na verdade pertence a embaixada sul-africana. Os detalhes e arquitetura do edifício foram usados pelos designers do filme como esboço para o banco do mundo bruxo.

Você pode ver o prédio quando for para a Leadenhall Market, pois estão localizados bem próximos. Infelizmente, não é permitido entrar, mas não custa nada conferir a fachada, que é realmente belíssima, tirar uma foto e dar uma espiada!

9. St Pancras Renaissance Hotel

Ao lado da King Cross está o hotel mais famoso de Londres, o St Pancras Renaissance. A fachada do prédio foi usada no filme “Harry Potter e a Câmera Secreta” como a entrada para a Estação King Cross na cena em que Ron e Harry estacionaram o carro voador.

O hotel é dono de uma arquitetura belíssima e foi inaugurado em 1873, porém em 2011 ele passou por uma nova reforma. Além de Harry Potter, o local já foi cenário para a série The Crown da Netflix, e para os filmes “Diário de Bridget Jones” e “Batman Begins”. E, se você tem mais de 25 anos provavelmente deve se lembrar do clipe “Wannabe” das Spice Girls, que foi filmado também dentro do hotel. Ao sair da Estação King Cross, não perca a oportunidade para dar uma passadinha em frente ao hotel.

10. Grimmauld Place

A casa em que Sirius Blake foi criado e serviu como sede da Ordem da Fênix quando este foi para Azkaban também está próxima da estação King Cross. O número 12 não é visível para os trouxas, e o endereço que você deve procurar no mapa é a Claremont Square 23-29 no bairro Islington.

As casas do bairro são todas em estilo georgiano, e realmente lembram muito o universo criado por Rowling. Além de se sentir dentro do mundo de HP, ver essas casinhas charmosas e andar pelo bairro é conhecer e vivenciar um pouco da vida londrina longe das grandes atrações turísticas. Para chegar na Claremont Square você pode descer nas estações de metrô Angel (Zona 1) ou King’s Cross (Zona 1).

Dica extra

Em Londres existe um “Free Harry Potter Tour”, um walk tour gratuito que você pode fazer com um guia. Como o próprio nome já diz, você não precisa pagar nada, apenas fazer a sua reserva no site. Ao final do tour você pode contribuir com o valor que desejar, mas não é obrigatório.

O guia fala em inglês e passa por diversos lugares que citei aqui. Essa é uma boa opção se deseja um tour guiado sobre as curiosidades que envolvem Harry Potter, e ainda conhecer uma galera fã do bruxinho como a gente.

Melhor época para visitar Londres

Londres é uma cidade altamente turística o ano todo, sendo assim, independente do mês que você escolher visitar saiba que a cidade estará sempre lotada. O período que mais recomendo para visitar a terra da rainha é na primavera, entre os meses de março e junho, pois já não está mais tão frio e os preços das passagens são um pouco mais baratos.

Onde ficar em Londres

Palmers Lodge 

Você pode se sentir ainda mais por dentro da magia de Harry Potter se hospedando em um hostel estilo vitoriano. O Palmers Lodge é um hostel conhecido carinhosamente como “adorável mansão antiga”, mas fique tranquilo que as instalações estão em ótimo estado e são bem conservadas. Toda construção é em estilo rústico, tem um ambiente bem aconchegante, e fica a apenas 200 metros da estação de metrô Finchley Road, que garante fácil acesso a London Eye (20 minutos) ou do Palácio de Buckingham (10 minutos).

O Astor Hyde Park também tem um estilo vitoriano e mescla bem a decoração tradicional com instalações moderna. O hostel é bem aconchegante e fica em uma ótima região da cidade, pertinho do Hyde Park e do Museu de História Natural. A localização também é muito boa, dá para visitar diversos lugares a pé, tem diversas paradas de ônibus próximas e a estação de metrô Gloucester Road fica a apenas 10 minutos. Além disso, tem vários bares que você pode aproveitar.

Enquanto a carta para Hogwarts não chega, que tal se jogar pelos cenários de Londres?

📚 Sobre A Autora 📚

Daiane Jardim é redatora de conteúdo e professora de português para estrangeiros. Tem sotaque do interior paulista e atualmente mora na França. Coleciona histórias sobre viagens e se considera um verdadeiro camaleão se adaptando aos mais diversos cantinhos do mundo. Confira suas aventuras no Instagram e no blog Viaje com a Dai

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/10-lugares-em-londres-que-todo-fa-de-harry-potter-vai-amar/?lang=pt-br
Youtube

Sobre o Autor

Laura Carniel

I'm Laura, Brazilian, and I'm obsessed with dogs, films, sharing good stories with friends and discovering quirky places. Social Media & Content Executive and #HostelworldInsider at Hostelworld. 🌏 Favourite place on earth: London, UK. 🏠 Favourite hostel: Oki Doki Hostel - Warsaw, Poland. Follow my travel adventures and loads of dogs on Instagram @astaclivo 🐶✈️

Inspire-se

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Campos obrigatórios são marcados com *

Aplicativos de Celular Hostelworld

Faça a reserva no caminho com os novos aplicativos móveis da Hostelworld.

Download on App Store Download on Play Store

Pesquise e reserve mais de 33.000 propriedades em 170 países, onde você estiver.