Como Viajar Pelo Mundo Sem Largar Seu Emprego

Duas coisas importantes antes de começar esse texto: 1 – Eu AMO viajar. Sério, eu gosto tanto dessa ideia de conhecer o mundo, que essa paixão me trouxe ao meu atual trabalho, e sou uma feliz jornalista de viagens. 2 – Eu também adoro meu trabalho, então não tenho a menor vontade de largar o que faço (bem, e nem seria uma opção, já que não nasci herdeira, mas isso é outro ponto). Dito isso, fica a dúvida: dá para viajar o mundo sem largar meu emprego, como aparece tanto pela internet? E, felizmente, é claro que sim!!

Com planos realistas, e sem dicas impossíveis do tipo “corte todas as suas despesas” ou “viaje gastando 15 reais e uma bala Juquinha por dia”, é possível, sim, ir programando suas viagens, enquanto trabalha no que gosta e curte sua vida do dia a dia normalmente. O pessoal do HostelWorld pediu uma ajudinha para provar aos viajantes durangos por aí que Yes, We Can! Então, vamos nessa!

  • Paciência é uma virtude

Vai chegando o tão sonhado mês de férias e você percebe que, ops, a grana disponível no banco e os custos da viagem não batem (normalmente é porque o dinheiro tá curto, mesmo). Aí você tem duas opções: manter suas férias marcadas e curtir muito o Netflix por 30 dias, ou pedir para adiar o descanso, segurar mais um pouquinho e continuar juntando dinheiro que lhe permita uma viagem legal. Eu não penso duas vezes antes de escolher a segunda alternativa! Perco as férias, mas não perco a viagem!

Seek Adventure

  • Pesquise. Pesquise mais. Pesquise muito!

Sempre tá rolando uma promoção de passagem maneira. Nem sempre é para o lugar que você quer, nem sempre é na data que você pode, e nem sempre você pode jogar esse gasto no cartão de crédito assim, no susto. Mas quando você cria o hábito de garimpar promoções de passagens, mais dia ou menos dia, vai aparecer aquele voo perfeito pra você, e no momento que você pode investir. E como você já vai estar super por dentro da média de preços, vai saber identificar um bom negócio sem piscar. E aí, vai nessa!

pesquise

  • Flexibilidade é a alma do negócio

Nas minhas últimas férias, o plano inicial era fazer um mochilão por Praga e pelo Leste Europeu, mas depois de toda a pesquisa, a realidade foi inevitável: não ia ter como. Alguns cálculos depois (meio por alto, já que sou de humanas, né?), vi que um passeio pelo Chile podia ser muito legal, e que ainda dava para encaixar uma semaninha em Buenos Aires. Com isso, conheci dois países novos em 20 dias, voltei renovada e foi uma das viagens mais legais da vida! Conclusão: o mais legal de querer conhecer o mundo, é que a gente tem o mundo INTEIRO como opção, e mudar de ideia pode trazer ótimas surpresas.

utBxGD6

  • Mas prioridades são prioridades

Existe uma diferença entre “sempre querer viajar” e “sonhar em conhecer algum lugar”. Você não consegue tirar uns dias incríveis na Tailândia da cabeça? Chora cada vez que aparece um relance do Sudeste Asiático na TV? Já leu tantos guias de viagens sobre lá que é capaz de andar pelas confusas ruas de Hanói sem um mapa nas mãos? Então foca, lembra da paciência, pula a viagem desse ano e economiza para realizar seu sonho! Pode ter certeza de que a espera vai valer a pena!

EBwSC34

  • Lugares novos!

Eu sou doida para voltar em alguns lugares incríveis que já conheci, e sempre que aparece uma promoção de passagens para alguns deles, eu fico tentada. Mas aí lembro do tanto de lugares incríveis que ainda NÃO conheci, e do quanto ainda quero ver do mundo. E torço para algum deles entrar logo numa promoção também!

9mQz1iz

  • Juntar dinheiro é difícil, mas não impossível

Contas, gastos diários, comida… Tá a vida não tá barata. E sugerir abrir mão daquela cervejinha no final de semana é até maldade, pelo menos pra mim. Mas sem sofrimento e com algumas coisas simples, dá sim para ir completando a caixinha das viagens. Dá uma olhada nos programas grátis da sua cidade, marca com os amigos uma noite de games na casa de alguém, troque a boate boladona pelo boteco amigo, lembra que você já tem mais roupas e pares de sapato do que consegue usar… Economiza daqui, segura dali, e guarda o que sobrou no fim do mês para o fundo de viagem. Esse mês não rolou? A gente tenta de novo no mês que vem, ué…

map

  • Lembre-se: você não nasceu agarrado a ninguém!

Férias marcadas, encontrou uma passagem super em conta para onde você quer ir, mas ninguém vai ter tempo ou dinheiro para ir com você. O que fazer? Ué, vai! Sério, V-A-I! Viajar sozinho é uma ótima chance de se conhecer melhor e de ter 24 horas por dia dedicadas ao que você quer fazer. É certo que você vai voltar uma pessoa mais independente, forte e com muitos novos amigos. Fora que não vai perder a chance de ver um pouco mais do mundo por falta de companhia, o que seria dar muita bobeira.

viajar sozinha

  • O Hostel certo pode decidir o sucesso da sua viagem

Mais uma vez, essa é com conhecimento de causa. Eu nunca achei que Hostel era muito a minha onda, e que esse papo de dividir quartos (e outros espacinhos) com estranhos ia ser bem desconfortável. Até o dia que resolvi arriscar, e o resultado não poderia ser melhor! Conheci várias pessoas legais que se tornaram companhias super agradáveis para passeios, tive contato com um monte de culturas diferentes e algumas das noites mais divertidas da minha vida. Ah, fora a importante vantagem de ser mais econômico, claro!

GEN_web_Lifestyle_181

  • Mas respeite seu jeito de ser

Para sua experiência com hostel ser legal, é importante que você encontre o lugar que combine com você. Normalmente, hostels menores e intimistas, com espaços de socialização aconchegantes, deixam os tímidos mais à vontade. Se você não suporta barulho enquanto dorme, considere escolher um quarto privativo. Já os baladeiros de plantão podem se jogar nos famosos Party Hostels.

CasaGracia029

  • Suas férias, seu tempo, suas regras

Não tem a menor vontade de ficar horas na fila de um museu? Não fique, escolha outro lugar que você vai gostar mais para passar esse tempo. Adora sentar para tomar um café com calma e observar a movimentação das ruas? Pegue seu café e tire seu tempinho. Respire. Viagens devem ser divertidas e relaxantes, e não uma maratona desesperada para conhecer todos os cartões-postais de algum lugar.

pés bike

  • Alguns gastos mais altos valem a pena

Assim como você dispensa certos passeios, conhecer um ponto em especial é essencial? De novo, não dependa de ninguém! Descubra como faz para chegar lá e segue seu rumo. É um programa um pouco mais caro? Deixe a grana já separada como parte do orçamento e não gaste com outra besteira. Poucas coisas são tão legais quanto estar naquele lugar que você sonhava em ver de perto (palavra de quem, literalmente, pulou de alegria no alto do Empire State).

NQdKeeZ

  • Considere visitar os amigos

Tem amigos morando em outros lugares do mundo? Então tá na hora de marcar aquela visita. Mesmo que você prefira se hospedar num hostel, eles vão te levar naqueles lugares que só os locais conhecem e que normalmente têm charme único e preço amigável, além de te manter informados sobre o que realmente vale a pena ser visto!

visitar os amigos

  • Mantenha o olhar de viajante

Segurar a vontade de viajar é difícil, eu sei. Mas enquanto a hora do embarque não chega, aproveite melhor o que tá por perto. Exposições de arte, museus, parques, praias, feiras gastronômicas… Procure saber o que rola de legal na sua cidade (e de graça, para economizar) e olhe para ela como se fosse tudo novidade, igual fazemos quando viajamos. Você vai se surpreender, e o tempo vai passar mais rápido!

WoszNTB

  • Cada um é cada um. Calma!

“Ahhh, mas o Fulaninho largou tudo para dar a volta ao mundo e não para de postar fotos incríveis!” Olha, parabéns para o Fulaninho, que teve a oportunidade de fazer isso num momento que cabia na vida dele. Mas cada um tem sua vida, seus limites e suas escolhas. Tá na hora de investir na vida profissional? Tá sem grana? Não vai poder ver-o-mundo-todo-de-uma-vez-só? Zero problema! Pode ter calma, que o mundo vai continuar lá, assim como sua vontade de viajar. Aos poucos, a gente vai conhecendo mais e novos lugares, e outros vão entrando na Wishlist. Afinal, tão legal quanto aproveitar cada uma das viagens, é sonhar com a próxima.

rXZ8YxW

Obrigada pelas belíssimas fotos do Flickr Wolfgang Staudt, Hernan Pinera, Falcon Photography, Cristian Bortles, Kosala Bandara, Andres Nieto Porras, Roman Boed,Nicolas Raymond, Thomas Tolkien, e Rushen.

E pela foto em destaque, @ic.theworld.

Share The World!
INSTAGRAM
EMAIL
Facebook
Facebook
GOOGLE
GOOGLE
/blog/como-viajar-pelo-mundo-sem-largar-seu-emprego/?lang=pt-br
Youtube
Pinterest
Pinterest

19 Responses to “Como Viajar Pelo Mundo Sem Largar Seu Emprego”

  1. Mto legais as dicas. Acho que quem gosta de viajar de verdade acaba aprendendo tudo isso – no meu caso, escolher Hostel é minha especialidade, modéstia a parte, hehehehe.
    Só discordo da ideia de não revisitar lugares. Minha próxima viagem vai ser pra lugares que ja conheço e os planos prometem coisas muito boas. Acho que depende muito do que você quer e como cada um curte uma viagem… até porque, no caso de cidades grandes, existem mtos lugares q não da pra conhecer em um só dia.

    • Concordo Daniel. Tem lugares que fazem o coração da gente bater mais forte, outros são simplesmente bons e pronto, valeu. Eu visitei Santiago no Chile e não vejo a hora de ir novamente, desta vez para mais dois dias em Santiago e o resto para Pucón e/ou Atacama.

  2. Ivisson Rafael Reply

    Amei a matéria , lendo eu conseguir abrir mais a minha mente para as possibilidades de viagens!

  3. Nossa! Nossa! E nossa! Que texto incrível, adorei as dicas! Essa última me ajudou a superar meu desespero de viagem! 😂😂

  4. Amei as dicas e tudo! Mas uma coisa me deixou encucada, pois esse ano eu termino minha escola e não tenho a mínima certeza do que fazer! Amo viajar, escrever, tirar fotos e por isso me interessei por jornalismo mas o problema é o mercado de trabalho. Você citou no texto que é herdeira e isso deve ter ajudado pra caramba mas eu não tenho nenhuma referencia ou indicação, você acha que vale a pena? Uma palavrinha iria me ajudar bastante! Obrigada ❤️

    • Livia Antunes Reply

      Oi, Marcella! Aqui é a Lívia, que escreveu o texto. E rolou uma pequena confusão aí, porque não sou herdeira, não!! Hahaha quem me dera!! E por isso mesmo que sei que não é nada fácil juntar essa paixão por viajar, que sempre tive, com o dia a dia, mas a gente chega lá.
      Agora, sobre o Jornalismo: eu sou meio suspeita, pois sou apaixonada pelo que faço, e sempre soube que era isso o que eu queria. Também não tinha referência ou indicação, e, como tantas outras carreiras, não é fácil, e já tive que escrever sobre muita coisa chatinha por aí! haha Mas nunca tive dúvidas de que era o meu caminho. Te aconselho a pesquisar um pouco mais sobre as áreas dentro da profissão, para ficar mais por dentro. E se achar que é mesmo a sua, mete a cara! Boa sorte e sucesso!

  5. Que texto delícia!
    Era tudo o que precisava ler no momento. De verdade. ❤
    Esse monte de post sobre “casal-largou-algo-que-eu-não-posso-largar-pois-pago-aluguel” sempre me deixavam com a sensação de que eu era a pessoa mais sem talento pra viajar. Agora vejo que, realmente, não há problema em ir com calma. rs

  6. Adorei esse post. Me identifiquei com tudo. Lembrando que tem um grupo para quem esta sem companhia para viajar no facebook. Parabéns

  7. Maravilhoso, a gente sempre tem aquela coisa “Quero viajar o mundo, mas não tenho nenhum plano” o momento de planejar é já, para efetivamente conseguir realizar;
    Muito obrigada 🙂

  8. Adorei o texto !!
    Tenho muita vontade de viajar , mais …
    Sempre pensava que tinha que ter alguém pra ir comigo , e pelo que eu li não precisa , se tiver vai ser ótimo mais sozinha vou ganhar minha independência !!

  9. Isabela Samara Fernandes de Souza Reply

    oiii, meu amei o blog queria saber mais sobre vocês como a Livia Antunes que escreveu esse texto, estou cursando jornalismo e sempre tive essa ideia também de ser jornalista de viagem ou turística hahaha, então queria saber mais sobre vocês mais fotos vcs tem instagram, facebook,twitter?
    Tambem AMOO viajar é sensacional voce ter um tempo so pra relaxar !

    Estou lendo outros textos aqui a galera escreve super bem e é muito convidativo ! sucesso haha

  10. Parabéns pelo texto Lívia. Poxa, é bom ver gente como a gente por aí. Não posso e nem quero deixar meu trabalho, mas adoro viajar. Também acho que apertando aqui e ali dá.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Os campos marcados com * são obrigatórios. Required fields are marked *